Ipê Amarelo

(CLIQUE NAS FOTOS PARA VÊ-LAS EM RESOLUÇÃO MAIOR).

Nome científico: Tabebuia chrysotricha (Mart. ex DC.) Standl.

Família das Bignoniáceas.

1) Aspecto Geral (plantas jovens) :

ipe_amarelo_1

Exemplares encontrados na estrada de acesso ao Cachoeirão, município de Terenos.

2) Floração:

Para ver outras fotos da floração do Ipê Amarelo, clique aqui .

3) Flor:

Como as demais Tabebuias, a flor do Ipê Amarelo tem 4 estames (elementos masculinos, com suas anteras imitando um acento circunflexo) e 1 estilete (elemento feminino, aqui visto mais ao fundo).

4) Fruto (vagem) :

ipe_amarelo_4

Foto de exemplar existente defronte à sede da OAB-MS (Avenida Mato Grosso).

.

ipe_amarelo_4a

Vagem começando a abrir para a liberação das sementes.

.5) Sementes :

ipe_amarelo_4b

As sementes são voadoras ( vejam as asinhas laterais). O tamanho varia bastante de um exemplar para outro.

.6) Folhas:

ipe_amarelo_6b
Cada folha de ipê é formada por 5 folíolos, dispostos, numa comparação forçada, como se fossem os dedos de uma mão aberta. Notem que há dois folíolos, os dois primeiros, bem menores que os outros três. Exemplar na entrada de condomínio defronte ao Parque das Nações Indígenas, Av. Antonio Maria Coelho.

.
ipe_amarelo_6a

Outra foto tirada defronte à OAB.

ipe_amarelo_6f

FFolha de exemplar jovem, no Parque NI. Essa folha acaba de atingir a maturidade (em dimensão; quanto à cor, deve escurecer mais).

ipe_amarelo_6g

Da mesma folha, o folíolo maior, da ponta.

ipe_amarelo_6h

O mesmo folíolo, visão da parte posterior (“de baixo”)..

7) Tronco:

As quatro primeiras fotos referem-se a um exemplar (30 cm de diâmetro) da Av. Mato Grosso, em Campo Grande, próximo ao Hipermercado Comper. Nas três fotos seguintes, primeiramente mostro um grupo de 7 ipês amarelos, de tamanhos diversos, e depois me concentro no exemplar de tronco mais grosso (cerca de 20 cm de diâmetro).

8) Outras informações:

Fenologia (conforme fonte bibliográfica abaixo) : “Floresce durante os meses de agosto-setembro, geralmente com a planta totalmente despida de folhagem. Os frutos amadurecem a partir do final de setembro a meados de outubro”.

Pode ocorrer, entretanto, florada “fora de época” (geralmente depois de chuva que sucede 3 ou mais semanas de tempo seco), ou antes do período acima citado, ou depois. Digo isto com base em fatos observados na região de Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

Bibliografia consultada:

“Árvores Brasileiras”, de Harri Lorenzi, vol. 1, Ed. Plantarum, pág. 48.

344 Respostas to “Ipê Amarelo”

  1. Lucimar Says:

    Olá!!!
    Adorei a pagina sobre o ipê, Gostaria de ter uma foto do tronco, mais detalhes. Seria possível?
    _____
    Oi, Lucimar !
    Providenciado. As fotos estão no item 7, acima.

  2. ANA MARIA Says:

    Olá, achei muito interessante esse Blog e a idéia da distribuição dos livros gratuitos foi espetacular. Gostaria de saber se esse Blog é de alguma Editora? Achei mesmo uma boa inciativa, porque nos dias de hoje não se recebe mais nada de graça

    Cumprimentos

    Ana

  3. Juliana Says:

    Boa tarde,
    Gostaria de saber como faço para plantar? Qual a quantidade de semente necessária.
    Juliana
    _____
    DO BLOG:
    Juliana: as sementes de Ipê Amarelo geralmente têm uma boa germinação (uma irmã minha “cansou” de fazer mudas, quando era mais nova, em Dracena-SP. Eu trouxe uma delas para minha chácara em Campo Grande, há uns 10 anos). Colha as sementes quando as vagens as estiverem soltando naturalmente. Depois, siga estas instruções, do livro “Árvores Brasileiras”, de Harri Lorenzi: “Colocar as sementes para germinar logo que colhidas, em canteiros semi-sombreados, com substrato [terra] rico em matéria orgânica [uma parte em humus de minhoca serve]. Cobrir apenas levemente as sementes com substrato peneirado, e irrigar levemente 2 vezes ao dia. A emergência ocorre em 8-14 dias e a germinação das sementes frescas [novas] geralmente é superior a 60%. O desenvolvimento das mudas transplantadas para embalagens individuais é rápido, ficando prontas para plantio em local definitivo em menos de 5 meses. O desenvolvimento das mudas no campo é apenas moderado, podendo alcançar 3,5 metros aos 2 anos.”

  4. aires Says:

    amei sua materia sobre o [ipê] .
    perto de minha casa tem duas espécies, T. Chrisotricha e T. Craiba.

    gostaria de saber se é necessario retirar a semente que fica dentro da casca alada,ou se enterramos com asas e tudo?
    _____
    DO BLOG: Pode semear com as asinhas. Brota facilmente.

  5. Thiago Says:

    Olá, gostaria de saber mais sobre as sementes de ipe branco, fotos…!
    _____
    do blog: Thiago, vou ver se acho frutos maduros.
    Quando achar, te mando um e-mail avisando e informando o link para as fotos. Valdir

  6. Thiago A. Zardo Says:

    Parabens pelo blog, muito legal! hoje em dia fica cada dia mais dificio conseguir informações uteis sobre esse tipo de assunto, peguei hj umas sementes de ipe amarelo, quero plantar em frente a minha casa, vc sabe me dizer se tem alguma forma de acelerar o crescimento dele?? nao preciso de nada especial pra plantar né?? basta um saquinho com uma terra boa, com bastante esterco bem curtido e basta né!??? obrigado!
    _____
    resposta do blog:
    Obrigado pelas palavras, Thiago!
    A forma de acelerar o crescimento (um pouco, pois a Natureza tem os seus limites) é regar a sementeira diariamente, levemente, para não deslocar a semente). E quando do plantio definitivo no solo – quando a mudinha estiver com uns 5 meses de idade -, alguns cuidados: 1) o solo deve estar desimpedido de entulhos ou pedras até pelo menos meio metro de profundidade. 2) ao redor da futura árvore deve ser reservado um bom espaço para a infiltração da água da chuva; pelo menos 2 metros quadrados de área devem estar livres de calçada, devendo gramar (pode ser uma faixa estreita de meio metro por quatro, ou, melhor ainda, 1 por 2).

  7. Dicler Says:

    Obrigado pela orientação – Valeu!!! – Tinha problemas de fazer as sementes de ipês roxos germinarem – Estou fazendo mais de 1000 mudas .
    Depois falo como foi a experiência
    grato
    _____
    do blog: Dicler, é disto que o Brasil precisa: gente que arregace as mangas. Melhor ainda se depois compartilhar a experiência…

  8. Guaracira Says:

    Estou maravilhada!!!!!!
    Fui presenteada pela “mãe natureza” com um árvore maravilhosa dessa. Até ter certeza absoluta se estava fazendo o certo, deixei crescer, e agora deu lindas flores.
    Só estou preocupada em relação ás raízes, se poderia prejudicar a estrutura da minha casa, não fica próxima, dica uns cinco metros da varanda, podem me responder, se tiver que retirar ficarei doente, amo plantas, flores, tudo que Deus nos deu.
    Obrigada
    Cira
    _____
    resposta do blog: Guaracira, o Ipê Amarelo normalmente presente em nossas cidades (tabebuia chrisotricha) não fica muito grande. As raízes não irão prejudicar a construção se puderem se infiltrar normalmente no solo. Para que isto ocorra, e se o solo não estiver poluído com entulhos de construção ou pedras, basta deixar, em torno do tronco, um “espaço vital”, sem calçamento (apenas gramado ou com plantas pequenas), com pelo menos 2 metros quadrados, para a infiltração da água da chuva. Mas quanto maior esse espaço, melhor.

  9. Leyriane Says:

    Olá! Gostei muito de sua página! Estou planejando fazer um caminho de ipês em meu sítio e gostaria de saber qual distância devo deixar entre uma árvore e outra e quanto tempo após o plantio ela começará a florescer.
    Um abraço!
    _____
    resposta do blog:
    Leyriane: suponho que você vá plantar o Ipê Amarelo mais comum (Tabebuia Chrisotricha). Acho que uma boa distância entre as árvores seria 4 metros. Nos primeiros 3 ou 4 anos, vai parecer muito distante, mas depois, quando as árvores estiverem mais perto de sua plenitude, elas precisarão desse espaço individual mínimo…
    Os Ipês Amarelos florescem cedo. Acho que com 2 anos de idade, com sorte menos, eles já possam dar o seu espetáculo.

  10. sebastiao rocha Says:

    Sintome feliz em ver essas divulgaçoes sobre plantas, de um modo geral ja percebeu qdo fala de planta as pessoas sente mais entusiasmadas, e passam por todo aquele momento sem se estressar! e monta ate uma historia dela plantando uma arvore, e mais do que tudo e´ o que mais precisamos fazer. PARABENS amo toda as planta ate mesmo as que nunca vi. Pois sao todas iguais, mais amo muito mais o frondoso IPE, quero tomar mais conhecimento sobre. Bom dia.
    _____
    do blog:
    Realmente, Sebastião, cada planta nova que conhecemos é uma caixinha de boas surpresas. A criatividade da Natureza é assombrosa!…

  11. Guaracira Says:

    Estou agradecida pela resposta e realmente como pude observar , na unidade de saúde em que trabalho as raízes não interferem em nada e no meu terreno o Ipê que é rosa (lindo), fica perto da piscina, um espetáculo sem igual.
    Obrigada mesmo.

  12. Alinne Says:

    Oi, ganhei sementes de ipê amarelo e gostaria de plantar na minha casa. Minha grande preocupação é com as raízes, pois fiz uma busca pela internet e percebi q as raízes são profundas. Gostaria de saber qual a pronfundidade média das raízes e se elas são predominantemente verticais ou horizontais (ou mistas).
    Obrigada!
    _____
    resposta do blog:
    Alinne: também somos aprendizes nesse maravilhoso mundo das árvores. Mas veja bem: se as raízes são profundas, isto significa que não danificarão imóveis vizinhos, cujos alicerces se aprofundam muito pouco no solo. Significa também que a árvore não será arrancada do solo “com as raízes”, causando danos materiais à sua volta.
    Mas confessamos que não podemos responder à sua pergunta específica (profundidades médias), que poderia muito bem gerar uma tese de doutorado em Botânica.
    Mas, da nossa experiência prática com árvores, podemos dizer que o importante é que as raízes realmente se aprofundem no solo o máximo possível, de acordo com o seu código genético. E se houver, em torno da árvore, um espaço mínimo (digo uns 4 ou 5 metros quadrados) de absorção da água da chuva (portanto sem calçamentos), as raízes não invadirão o subsolo da casa vizinha, à procura da umidade dos encanamentos.
    Importante também é que o solo onde a muda será plantada seja realmente um solo, isto é, livre de entulhos e piçarras.
    No mais, boa sorte com as suas sementes; elas devem germinar em percentual muito bom…

  13. Jair de Lima Pereira Junior Says:

    Olá!!! Boa tarde,fiquei bastante satisfeito com as informações contidas no site;Mas gostaria de saber qual o mês do ano que há o florecimento,e também porque as folhas caem neste periodo?desde já agradeço atenção.
    _____
    resposta do blog:
    Jair: aqui no Brasil, as folhas de um grande número de espécies caem por medida de sábia “economia” da Natureza: no período seco (geralmente entre maio/junho e agosto/setembro) não há umidade suficiente para manter a planta num nível fisiológico ótimo. Deixando as folhas cairem, numa espécie de hibernação, a árvore reduz o consumo da pouca água existente no solo ou subsolo, e reduz ao mínimo (fechando as “saídas” via estômatos das folhas) a perda de água existente no organismo.
    Quanto à época de florescimento, vou consultar os livros disponíveis e, acatando a sua idéia, irei aos poucos completando os estudos com essas importantes informações. Começo com este estudo do Ipê Amarelo, onde acrescentei o ítem 8) Outras Informações.

  14. papi Says:

    ola, gostava que me dessem algumas informações para o trabalho que tiu a fazer, será possivel.
    obrigado por vossa atenção.
    (K) bjs
    _____
    resposta do blog:
    Papi: colaboraremos no que for possível. De que informações você precisa? Se quiser pode mandar os quesitos para o meu e-mail: valmar@top.com.br .

  15. Cássio Says:

    Olá Pessoal! Gostaria de primeiro parabenizar a Vcs por este site e pela iniciativa tão importante q vem valorizar a flora de ipês tão pouco estudada em nossa país.
    Gostaria de saber como adquirir o livro q Vcs estão distribuindo pois sou pesquisador desta área de ipês e este é assunto de minha tese na UFLA.

    Desde já agradeço.
    Cássio de Oliveira
    _____
    resposta do blog:
    Cássio: Obrigado pelas palavras. Quanto aos livros citados na bibliografia, não temos qualquer vínculo com a editora. Mas você pode acessar o site dela (Instituto Plantarum) clicando aqui .

  16. Tiago Veras Says:

    Boa noite.

    Parabéns pelo blog. Queria saber a profundidade das raízes do ipê amarelo pois ganhei uma muda recente e queria plantá-la na frente da minha casa.

    Abraço
    _______
    do blog:

    Tiago: não conheço nenhum estudo técnico sobre esse tema. Assim, não posso fazer afirmações categóricas, mas apenas palpites. Há uma suposição de que as raízes, em condições de solo ideais, reproduzem o desenho da copa da árvore. O ipê amarelo, assim, teria várias raízes principais, saindo em direções diversas, como os raios de uma roda, procurando abranger a maior área possível para a coleta de nutrientes. O máximo que uma raíz alcançaria seria, então, a distância correspondente à altura da árvore (no caso do ipê adulto, uns 5 metros).

    Mas acontece na maioria das vezes, na cidade, que é deixada uma área não-calçada muito pequena em torno da árvore, impedindo que o solo receba quantidade suficiente da água da chuva (a maior parte desta escorre pela calçada até a sarjeta). Nesse caso a maior parte das raízes, que deveria se aprofundar no solo, não faz isto, pois só encontra umidade junto ao tronco, e superficialmente. Assim, as raízes, pouco espalhadas, não conseguem sustentar a estrutura arbórea adequadamente, e a árvore tende a tombar num dia de tempestade. Deixando em torno do tronco uma área livre de calçada e entulho, de pelo menos 2 metros quadrados (em qualquer formato: redondo, quadrado, comprido), creio que o problema estará resolvido.

  17. thiago Pires Nunes Says:

    gostaria de saber se posso fazer as mudas de ipê em sacos plasticos, normal? colocando as sementes sobre um substrato.

    atenciosamente; thiago pires nunes
    _____
    resposta do blog:
    Thiago:
    Sem problemas. As sementes dos ipês geralmente germinam fácil e não exigem cuidados especiais. Só não esqueça de fazer alguns furos nos fundos do saco plástico, para saída de eventual excesso de água. E deixe em lugar semi-sombreado, mantendo o substrato um pouco úmido.

  18. Claudia Freitas Says:

    Parabens pelo Blog, esta perfeito.
    Sou apaixonada por ipê. Gostaria de saber quanto tempo ele leva para crescer,
    e florescer pois estou ansiosa para ver esta maravilha ao abrir minha janela.
    Agradeço a atenção..Claudia Freitas
    _____
    do blog:
    Claudia: há variação de exemplar para exemplar, dependendo dos cuidados, da maior ou menor fertilidade do solo, etc. Mas, por informes do livro de Harri Lorenzi, e relativamente ao ipê amarelo mais conhecido, o Tabebuia Chrisotricha, acho que com dois anos ou dois anos e meio a árvore já pode lançar a primeira floração. Mas quem sabe a sua não floresce primeiro? Eu também acredito que as plantas são sensíveis ao carinho e bons tratos dos humanos…

  19. LAURA Says:

    Parabéns , pelo brilhante trabalho, gostaria de solicitar autorização para uso das fotos em minhas aulas de propagação de espécies florestais no curso de técnico florestal aqui em Marituba-Pará.
    _____
    do blog:
    Professora Laura:
    Autorização concedida. Aliás, todas as fotos do blog podem ser utilizadas por professores, estudantes e pesquisadores, ressalvada, no caso de trabalhos acadêmicos ou profissionais, a condição de anotar, nos créditos do trabalho, a origem das fotos utilizadas. E obrigado pelas palavras de incentivo…

  20. Mônica Says:

    Parabéns pela homenagem aos ipês, há uma característica muito especial no seu post que me encantou: a presença das fotos com closes das folhas, tronco e da vagem. A maioria das fotos disponíveis que enocntrei na minha pesquisa destacam as flores (de beleza impressionante, não nego), mas por falta de infomações como a deste blog, acabamos sem poder identificar um ipê que não esteja na época da floração. Agradeço por você ter preenchido esta lacuna… Parabéns pela excelente iniciativa!!!
    _____
    do blog:
    Obrigado pelo incentivo, Mônica. Realmente, em Botânica, como em vários outros campos, os detalhes é que fazem a diferença…

  21. Marcelo Mega Says:

    Meu ipê amarelo floresceu como nunca no ano passado (2008). A árvore tem cerca de 30 anos. Muitos insetos apareceram (parece percevejos) e agora as folhas estão caindo, tem marcas marrons, muitos furinhos. Acho que está doente.

    o que fazer?
    _____
    resposta do blog:
    Marcelo: Quanto aos percevejos e pulgões, uma calda de fumo de corda desfiado pode resolver. Compre 50 gramas de fumo desfiado (geralmente nos mercadões) e deixe de molho em alguns litros de água por 24 horas. Coe e aplique com um desses vaporizadores de jardim.

    Manchas podem ser causadas por fungos (geralmente trazidos por formigas pequenas) ou por insuficiência nutricional. Neste último caso, uma adubação completa (NPK + micronutrientes) pode ajudar, a médio prazo (siga a bula do produto). Se houver longas carreiras de pequenas formigas subindo pelo tronco da árvore, ache as “casas” dessas formigas e tape-as com areia peneirada seca (formigas não sabem lidar com a extrema secura das areias). Elas vão ficar vários dias, talvez semanas, abrindo saídas alternativas; tape diariamente cada uma delas… Quanto aos fungos, talvez a calda de fumo ajude (nesse caso, não tenho certeza)…

    Verifique também se a árvore tem recebido no entorno do tronco boa infiltração de água da chuva. Ou se não há algum vazamento tóxico nas vizinhanças (esgoto, produtos químicos)…

    Boa sorte!

  22. Claudia Says:

    Moro no litoral de Pernambuco, Nordeste brasileiro, e gostaria de saber se poderei plantar um Ipe amarelo aqui e obter sucesso com seu crescimento e floracao!
    Agradeco a atencao,
    Claudia Costa
    ______
    resposta do blog:
    Claudia: De acordo com Harri Lorenzi, em seu livro “Árvores Brasileiras”, vol. 1., a maioria dos ipês amarelos ocorre naturalmente do sul da Bahia até o Paraná, incluindo Goiás e Mato Grosso do Sul. Ao meu ver essas espécies podem se desenvolver normalmente nos outros Estados do Nordeste, desde que não sejam submetidos a longa estiagem (mais de 2 meses). Questão, portanto, de irrigação complementar. Não esquecer que o solo deve estar desimpedido de entulhos, e o entorno da árvore deve ter área de pelo menos 2 ou 3 m2 de solo permeável à chuva e irrigação. Boa sorte, e mande-nos notícias da árvore…

  23. giseli Says:

    ola adorei a matéria, mas não é bem isso que eu quero saber, ou seja estou fazendo uma pesquisa para a terceira série do fundamental e o que eu preciso saber é: como são suas raízes; com são seus caules e altura; como são suas folhas, flores e frutos. nobrigada pela ajuda e espero que me respondam.,
    _____
    resposta do blog:

    Giseli:

    Ipê Amarelo. A altura do exemplar adulto varia de 4 a 10 metros.

    Folha: composta, contendo cada uma 5 folíolos.
    Folíolos: pubescentes (isto é, peludos) em ambos os lados, ásperos, coriáceos (isto é, não são folíolos macios, mas um pouco firmes), medindo de 5 a 10 cm de comprimento por 3 a 5 cm de largura.

    Flor: composta por cálice e corola.
    Cálice (a parte de baixo da flor, unida ao ramo): turbinado-campanulado (lembranco um tubo ou um sino de igreja), pubescente, cor de ferrugem.
    Corola (a parte de cima, que sai do cálice): campanulada, infundibuliforme (isto é, suas pétalas são “fundidas” entre si, formando um só tecido, em forma de sino).
    Ainda fazendo parte da flor, temos os 4 estames visíveis (órgãos masculinos) e provavelmente mais um atrofiado, e 1 estilete (parte do órgão feminino).

    Fruto: vagem, contendo muitas dezenas de sementes.
    Sementes: elípticas e aladas (isto é, com “asas” que facilitam a sua dispersão pelo vento).

    Tronco: reto, cilíndrico, com casca apresentando protuberâncias rugosas longitudinais. O exemplar adulto tem tronco com diâmetro de 30 a 40 cm.

    Raízes: não temos informações sobre esse ítem…

  24. Érica Cisterna Says:

    Amei este blog, ipê é a árvore que eu mais gosto. Sou apaixonada por árvores. Tenho uma chácara e há mais de um ano fiz mais de cem mudas de ipê amarelo. Já estão com mais de dois metros, no ano passado um pé deu uma flor, quase chorei de emoção, tirei foto. Estou na expectativa que neste ano floresçam todas.
    Só que percebi que as folhas estão todas enferrujadas, o que posso fazer para curá-las, estou com medo que isto as prejudique. Aguardo uma resposta.
    Obrigado.
    _____
    resposta do blog:
    Érica: As folhas do Ipê Amarelo (e de qualquer outra árvore), quando novas, são muito bonitas. Mas vão “ficando velhas”, com manchas escuras, e acabarão caindo. É normal as folhas do Ipê caírem todos os anos, ou até mais de uma vez a cada ano, depois de um período de estiagem mais longa. Caídas as folhas, total ou parcialmente, começarão a sair as magníficas flores. E dias depois, novas e belas folhas que protegerão os frutos (vagens) que vingaram da floração…

  25. Patricia Says:

    olá,Estou com sementes de Ipé Branco, e quero plantar em São Roque
    mas não sei como, devo jogar direto na terra e cultivar? ou Colocar no copo descartável com algodão igual faziamos na escola?

    Obrigada pela atenção, estou preocupada se as sementes vão aguentar esperar rssr

    Patricia
    _____
    resposta do blog:
    Patrícia: faça assim:
    1) Pegue uma embalagem de leite longa-vida; corte a parte de cima e corte os quatro cantos de baixo (para sair o excesso de água) da rega.
    2) Encha o recipiente com uma mistura meio-a-meio de terra comum e humus (ou esterco curtido). Regue o suficiente para deixar a mistura molhada, mas não enxarcada.
    3) Coloque duas sementes do ipê branco e afunde-as na mistura. Em seguida, cubra com um pouco da mesma mistura.
    4) Deixe em lugar semi-sombreado e mantenha o substrato (mistura) úmido, mas não enxarcado.
    5) As sementes devem germinar em uma semana ou pouco mais. Espere crescer até a altura de 40 cm (demora alguns meses), e então estará pronta para ir ao lugar definitivo. Quando for para esse lugar definitivo, antes deixe um ou dois dias sem molhar. Corte cuidadosamente a o recipiente de longa-vida e coloque num “berço” cavado no solo. Depois preencha o espaço vazio em torno da muda com a mesma mistura que tinha na caixinha de leite. Boa sorte.

  26. Pedro Allan Says:

    Prezados, tomei conhecimento destas paginas da internet, somente e tão somente quero parabeniza-los; referente aos tabebuia chrisotricha, Ypês
    sou ademirador destas arvores e aqui na minha cidade fiz um compromisso com a natureza, criei um projeto denominado”ONTEM, HOJE, AMANHÃ REFLORIR” A Onde plantei 10.120 mudas em todo o meu municipio.
    CAMAPUÃ-MS.
    _____
    do blog:
    Obrigado, Pedro Allan, pelas palavras.
    E que ótimo o seu projeto! Você distribui as mudas ou planta diretamente (onde? em parques, propriedades particulares, estradas?). Parabéns pela iniciativa…

  27. Mucio de Biagio Rebelo Says:

    Olá, adorei este blog!
    Tenho uma dúvida. Comprei um Ipê Roxo de uns 2 metros de altura no CEAGESP, bom plantei em casa + ele sentiu muito o plantio e quase morreu. Fiz uma poda radical até achar vida nos galhos. Já faz 3 anos e ele esta enorme porem nunca vi suas flores lindas! Alguém sabe me dizer o que acontece? Existe Ipê que não da flor?
    _____
    do blog:
    Mucio: Plantei em minha chácara, há muitos anos, uma muda de ipê (só que rosa). Passou 10 anos, ele tornou-se grande, com tronco de 30 cm de diâmetro, e nada de flores. Achei que era por causa da terra, arenosa, muito fraca. Andei “ajudando” com uma adubação leve, e muita rega nos meses de estio (já que terra arenosa seca muito rápido). Acabou dando flores, e agora repete isto a cada ano, às vezes mais de uma vez ao ano.
    Talvez uma adubação leve, de NPK + micronutrientes (na dose recomendada pelo fabricante) ajude também no seu caso. Não esqueça que para dar uma floração abundante o Ipê Amarelo deve, antes, perder as folhas; assim, não elimine totalmente (apenas não deixe prolongar por mais de mês e meio) os períodos de estio…

  28. Rodrigo Says:

    Parabéns pelo trabalho!

    Tenho dois ipês amarelos, de 5 anos mais ou menos e uns 6m de altura. Ano passado um deles do nada secou. E agora inicio do ano foi a vez dou outro. Sabe o que pode ter acontecido?
    Tem alguma chance deles nao estarem mortos?

    Obrigado!!

    E outra coisa, quanto tempo eles demoram para crescer?
    _____
    do blog:
    Rodrigo:

    Obrigado pelas palavras. Quanto aos ipês, na cidade as árvores podem morrer por vários motivos: 1) falta de infiltração de água no solo, ou infiltração permanentemente em quantidade insuficiente; 2) solo composto apenas por entulhos de construção; 3) doenças ou ataque de parasitas (fungos); 4) presença no solo, por acidente ou não, de elementos químicos tóxicos.

    Pesquise nas redondezas e veja a situação de outros ipês amarelos que porventura existam. Se os outros exemplares continuam vivos, acho que pode ser descartada a hipótese de doença ou parasitas. Verifique se havia boa infiltração de água da chuva (pelo menos dois metros quadrados (de preferência mais) de água livre de calçamento em torno do tronco. Pesquise também o tronco, desde o solo, para ver se há marcas de ataque humano (furos com furadeira, etc.).

    O normal, nos Ipês, é cairem totalmente as folhas, uma ou mais vezes no ano, e logo em seguida surgir a sua magnífica floração…

    De acordo com Harri Lorenzi, plantada no lugar definitivo a muda, talvez com meio metro de altura, daí 2 anos a planta já poderá atingir 3 metros ou mais de altura, e poderá já ocorrer a primeira florada. Se a muda for maior, o processo naturalmente será acelerado um pouco.

  29. karla Says:

    Olá,

    Adorei saber mais sobre essa arvore tão encantadora. Eu comprei uma casa em um condominio fechado chamado Bosque dos Ipês, e a minha alameda é de Ipê amarelo. Tenho uma duvida, como saberei se a arvore q colocaram na frente de minha casa é ipe amarelo?
    _____
    Karla: há várias espécies do gênero Tabebuia que atendem pelo nome de Ipê Amarelo. Há, por exemplo, a Tabebuia chrisotricha, a Tabebuia ochracea, a Tabebuia alba, a Tabebuia aurea. A mais comum, nas cidades, é a chrisotricha, espécie originária da Mata Atlântica. As quatro espécies citadas têm flores praticamente iguais, diferenciando-se mais pelas folhas e principalmente pelos frutos. A vagem do chrisotricha é a única que tem vagens bem “peludas” (pubescentes), parecendo, ao toque, uma camurça. As folhas novas são também pubescentes.

  30. Pedro Says:

    Gostaria de saber, com quantos anos em média uma Ipê começa sua floração?

    brigado.
    _____
    resposta do blog:
    Pedro: Harri Lorenzi, em edição anterior à 4ª do seu livro “Árvores Brasileiras”, Editora Plantarum, dizia que o Ipê Amarelo poderia atingir, com 2 anos depois do plantio da muda no lugar definitivo, cerca de 3 metros e meio de altura (dependendo, naturalmente, do solo e dos cuidados). Aqui em Campo Grande temos visto Ipês Amarelos bem mais baixos, com até 2 metros de altura, já florindo. Por dedução, uma estimativa de floração inicial seria para 2 anos após o plantio definitivo. Mas uma estimativa é uma estimativa; não temos dados seguros quanto a esse ítem…

  31. Vinicius Says:

    Olá… gostei muito da página, e favoritei! Principalmente pela preocupação com detalhes morfológicos, difícil de vermos por aí.

    À Karla, que comentou logo aí acima. Se vc estiver falando do Bosque dos Ipês da Serra-ES, conheço o condomínio. Há muitos Ipês rosas lá, mas há alamedas todinhas plantadas com Ipês Amarelos. Há alguns brancos e roxos também, em menor número. Os Ipês rosas são aqueles de folhas bem grandes, de aspecto mais liso e “suculento”. Os amarelos são árvores mais “secas”, folhas pequenas, ásperas… olhe de perto, os brotos nas pontas e bifurcações dos galhos no Ipê Amarelo são peludos, cor de ferrugem. Daqui a 1 ou 2 anos acredito que aquelas mudas já começarão a dar o seu espetáculo.

  32. Beatriz Rocha Says:

    quantos anos vive um ipe
    _____
    do blog:
    Boa pergunta, Beatriz! Mas não conhecemos nenhum estudo a respeito. Se algum leitor souber de algo, solicitamos que informe, à Beatriz e a nós…
    “No chute”, achamos que deve facilmente passar dos 50 anos. Mas “passar” quanto?!…

  33. Vinicius Says:

    Vi umas fotos no flickr de um Ipê Roxo enorme, e a descrição diz “Ipê de mais de 80 anos”, numa praça no sul do Brasil, acho.

  34. Ademilson de A. Nabo Says:

    Gostaria de orientação para plantar Ipê Amarelo em casa e como conseguir mudas ou sementes.
    Um abraço.
    _____
    resposta do blog:
    Ademilson:
    Leia, acima, as respostas às perguntas análogas formuladas por Juliana (terceiro comentário) e Patrícia (25º comentário).

  35. isabel Says:

    Gosto muito do ipê. Plantei um na frente da minha mas ele não floresce. Já comparei as folhas dele com estas que vocês mostram neste blog e são iguais. O tronco também.. mas fico apreensiva: por que não floresce? Demorará muito tempo ainda? Ele já têm uns 5 anos de plantio e está com uns 4 metros de altura.
    Obrigada pelas informaçoes.
    _____
    do blog:
    Isabel: as exemplares de árvores podem variar muito quanto ao desenvolvimento e à floração, dependendo das condições do solo e do clima vigente na região. Acho importante que a planta tenha um bom aporte de água na época das chuvas (para isso, é necessário que em volta do tronco exista um espaço (livre de calçamento) de pelo menos 2 metros quadrados para infiltração das águas pluviais. É preciso também verificar se a planta está em solo verdadeiro (terra), e não em lugar com muito entulho de construção (como às vezes acontece nas cidades). Os Ipês necessitam também, para florescer, de um período seco (pelo menos dois meses), em que as folhas (todas ou parte delas) secam e caem.

    Se as condições do seu Ipê satisfazem esses ítens, e se a árvore não apresenta sinais de doenças, então é só questão de tempo e paciência: ele vai florir; quem sabem já na próxima primavera? É o que esperamos!…

  36. Junior Says:

    Bem primeiro parabens, adorei o blog e todos os comentários, comprei minha primeira casa e resolvi plantar uma arvore e adivinha qual eu escolhi rssrsrs
    _____
    do blog:
    Excelente escolha! E logo vão aparecer os pássaros…

  37. Selma Dias Says:

    Plantei algumas mudas de ipê amarelo a aproximadamente 4 anos, e até hoje não houve florada.
    O local do plantio esta a 1.100 metros de altitude. Isto interfere na florada?
    Ou será que o soloprecisa de uma adubação especial?
    Parabens pelo blog.
    _____
    do blog:
    Selma: acho que a altitude não impedirá a florada, pois vi no mês passado, em Congonhas – MG, que tem aproximadamente a altitude citada por você, belas florações de Ipê Rosa, ou Ipê Roxo (esses ipês geralmente florescem 1 mês antes dos Ipês amarelos).
    Mas a floração dos ipês dependem do desfolhamento da árvore, fenômeno natural que decorre da existência de um período seco (dois ou três meses). Quanto ao solo, tenho um Ipê Amarelo (Tabebuia chrisotricha) num solo extremamente fraco (inclusive ácido) e arenoso; e a árvore está, agora, belamente florida.
    Acho que no caso da sua árvore, é só uma questão de tempo (quanto ao início das florações, as árvores variam, mesmo)…

  38. Elizabeth Says:

    Parabéns pelo maravilhoso trabalho neste site, sobre esta árvore tão bela como o ipê.
    Plantei um ipê branco de 2 metros de altura na minha casa de praia e o solo é de areia. Fizemos uma cova de 1m de diâmetro com uma mistura de barro, um pouco de areola, terra preta adubada, 1k de farinha de osso e torta de mamona. Já se passaram 2 semanas e notei que a árvore não sentiu. Estou pensando em abrir um anel ao redor desta cova para retirar a areia. Devo colocar a mesma mistura que utilizei antes? Qual a largura do anel, lembrando que já possui 1m de diâmetro.

    Obrigada e aguardo sua resposta!
    _____
    Elizabeth: você diz que o Ipê, 2 semanas depois de plantado, não sentiu. Mas acho que esse tempo é pouco para se esperar uma reação da planta, principalmente se, como acontece na maior parte do Brasil, esse período foi seco ou com pouca chuva (umidade do ar baixa). Normalmente nesta época o Ipê está numa “estação de muda”, com queda natural das folhas (todas ou parte delas), seguida de floração e nascimento de novas folhas. Acho que você poderia esperar mais algum tempo, mais 30 dias. Se a árvore reagir bem, deixe o solo em volta como está; se mais à frente surgirem indícios de insalubridade, aí sim compensa alargar o anel com solo diferenciado.

  39. antonio Says:

    fenomenal…………tenho os dois tipos aqui no meu vizinho , o amarelo e o rosa, so nao consigo colher sementes, gostaria de ganhar algumas sementes pra que mesmo plantasse no meu terreno , deve ser muito emocionante……
    _____
    do blog:
    Antonio: as sementes dos ipês são todas voadoras. Quando amadurecerem, provavelmente cairão algumas em seu quintal, e você poderá fazer as suas mudas. A frutificação dessas plantas é intensa, dando muitas vagens, e cada vagem tem no mínimo umas cinquenta sementes voadoras…

  40. Rejane Garcia Says:

    Gostei muito dos depoimentos acima. Tenho uma pergunta: é possível cultivar o ipê amarelo em vaso grande, mais ou menos como banzai? Ele vai poder florescer com esse tipo de cultivo??
    Abrços.
    Rejane
    _____
    do blog:
    Rejane:
    O princípio do bonsai é minimizar o crescimento através do controle dos nutrientes, espaço para expansão das raízes e outras técnicas. Há inúmeras árvores que podem dar bonsais, e acredito que não há, quanto a isto, restrições ao Ipê Amarelo. Aplicando as técnicas do bonsai, creio que você obterá um belo Ipê Amarelo de vaso. Mas não esqueça que o Ipê exige, mesmo no vaso, um período de estiagem, ou sem rega (pouca rega), para que aconteça a floração e a substituição das folhas velhas anuais. E providencie um período de sol direto para ele…

  41. Evelyn Says:

    OLÁÁÁ…
    Gostei muito do blog, me ajudou muito com minha pesquisa…
    a única coisa que não descobri até agora é a idade adulta de um Ipê – amarelo… será que podem me ajudar?
    obrigada!
    _____
    do blog:
    Evelyn: vou ver se descubro algo e te informo.

  42. Danielle Seixas Says:

    Oi Boa noite gostaria de saber como é a germinação e o tempo do Ipê amarelo.
    _____
    do blog:
    Danielle:
    Sementes de Ipê Amarelo germinam facilmente, desde que recém-colhidas. Enterre as sementes, levemente, em canteiro ou em saquinhos de plástico ou tetrapak cheios de terra misturada com esterco ou humus. Regue todos os dias, também levemente, para não deslocar as sementes. A emergência deve ocorrer entre 8 e 15 dias, de acordo com Harri Lorenzi, que também diz: “O desenvolvimento das mudas é rápido, podendo ser plantadas [depois] de 5 meses”.

  43. tathyane sangalli Says:

    Olá
    Ganhei recentemente uma muda de ipe amarelo de minha sogra com aproximadamente 2 anos, que está muito pequeno em virtude de ter sido plantado em xaxim.
    Posso plantar esta muda em um vaso grande? Com os devidos cuidados ele floresceria? Qual deverá ser a periodicidade da rega e quanto de sol deverá receber?

  44. sergio emiliano uchoa barros Says:

    No verão, quando todas as outras árvores morrem, somente os Ipês reinam.
    Chegam abrindo suas flores amarelas no silêncio da tarde morna, contrastando com o céu azul sem nenhuma nuvem branca. A cor cinza da caatinga, a inviolável terra ressequida, o mandacaru junto à cerca, tiram a solidão da tua beleza.
    Tua sombra escassa protege as flores caídas dos galhos retorcidos e incrivelmente vivos.
    Deus escolheu o amarelo e o lilás para colorir as tuas flores, mostrando que o sertão também é digno de beleza, apesar da cantoria triste de um velho vaqueiro sem destino.
    Tudo parece inatingível, lento e sem brisas, quando olho incrédulo, a tua opulência junto às estradas asfaltadas.
    De dentro de um carro refrigerado, sorrio a cada novo ipê que encontro no caminho.
    Uma paixão que não quero por fim, uma alegria divina vinda sem saber de onde, uma lembrança feliz dos tempos de menino.

    Sergio Emiliano.
    _____
    do blog:
    Valeu, Sergio Emiliano. Obrigado pela inspirada colaboração…

  45. Thiago Says:

    Vi a resposta sobre a profundidade da raiz do ipê amarelo mas tenho que plantar uma arvore num jardim o qual tem um subsolo abaixo, e gostaria de saber pelo menos se é contra-indicado neste caso ou se tudo bem. E se possível uma medida para uma margem de segurança.
    Obrigado
    _____
    do blog:
    Thiago: pelo que entendi, o seu jardim tem uma camada fina de solo fértil, e abaixo dela logo se encontra um subsolo “hostil” ou pedregoso. Acho que não haverá problema, pelo menos nos primeiros 8 ou 10 anos (já que o Ipê Amarelo parece crescer em ritmo mais lento do que outras Tabebuias). Depois disto, será preciso fazer um monitoramento para ver se as raízes não estão concentradas demais junto ao tronco, ou invadindo exageradamente as áreas sob as construções…
    Acho que vale a pena plantá-lo na área.

  46. Flávia Oliveira Says:

    OLá,
    Parabéns pelo blog. Estamos iniciando um projeto de viveiro de mudas para recuperação da mata ciliar. O Ipê pode ser plantado nessa área? A vegetação aqui é cerrado e caatinga, clima semi-arida. Obrigada pela atenção!!

    Flávia Oliveira
    _____
    do blog:
    Não vejo problemas quanto aos ipês (talvez seja necessário irrigar esporadicamente as plantas jovens, encurtando um estio longo). Mas não esqueça das outras espécies; uma boa diversidade vai criar um ambiente mais saudável e sustentável…

  47. david cordeiro pereira Says:

    gostaria de saber + sobre o cultivo de ipê.
    plantei uma muda de ipê amarelo no meu quintal, e gostaria de saber qunto tempo leva para ele florescer a primeira vez ?????
    um abraço
    OK !!!!!
    _____
    do blog:
    David:
    Depende do tamanho da sua muda. Se for pequena, por exemplo com 50 cm de altura, deve demorar, com sorte, no mínimo 2 anos. Mas a espera vale a pena, pois é uma árvore magnífica…

  48. eduardo Says:

    só faltou falar sobre as raizes com fotos bem detalhadas.
    _____
    do blog:
    Isto é problemático, Eduardo. Para fazer esses estudos (adotando métodos normalmente usados em arqueologia) teríamos de sacrificar uma ou mais árvores. O ideal seria examinar um exemplar com raízes expostas por alguma erosão…

  49. Inês Says:

    Gostaria de dicas de como proceder com as sementinhas – dessa linda árvore totamente brasileira – para obter mudas. Tenho um exemplar amarelo e gostaria de fazer mudas dele e das outras espécies também.

    P.S.
    Sou totalmente leiga na arte do “dedo verde” e realmente preciso de todas as instruções.

    Um Abraço
    Inês
    _____
    do blog:
    Inês:
    Dê uma olhada no comentário mais acima, da Patricia ( ou clique aqui ) As instruções ali expostas servem para todos os Ipês…

  50. Fernando Galdiano - Ribeirão Says:

    Olá, gostei muito deste blog. Parabéns pelo assunto, tão bem abordado e pela atenção com que vocês tiram as dúvidas dos seus leitores.
    Sobre o Ipê, eu gostaria de saber : Ouvi falar que o IPê Amarelo é o símbolo nacional da flora brasileira. È isto mesmo ?
    Já ouvi falar que o IPê Rosa possui 3 folhas , o Branco possui 4 folhas e o Amarelo possui 5 folhas nas astes. Existe essa maneira tão fácil de identificar a cor da flor , apenas contando quantas folhas existem nos ramo floral ?
    A semente do IPê , quando deixada no solo, sem que seja enterrada, ela “morre” e não floresce mais ? Pra fazermos uma muda, a semente tem que ser colhida rapidamente ? Posso retirar uma vagem quando ela está rachada e as sementes estão sendo liberadas ? As sementes que ainda não se “soltaram” da vagem estão maduras ou imaturas ainda para germinar ?

    Existem IPês Amarelo, Branco e Rosa ou Amarelo, Branco e ROXO ? O IPÊ roxo é o rosa ou são ipês diferentes ?

    A floração dos Ipês Branco e Roxo são menores que os do Amarelo, não é ? Vejo muitos amarelos nas estradas, mas os brancos são raros.

    Obrigado novamente pela atenção.
    _____
    do blog:
    Fernando:
    1. Pelo que sei, o Ipê Amarelo é a árvore-símbolo do Brasil.
    2. Alguns Ipês Rosas podem ter, no mesmo exemplar, folhas com 3 folíolos e folhas com 5 folíolos. Exemplo: Tabebuia pentaphylla, originário da América Central e talvez sem ocorrência natural no Brasil (segundo informação de uma doutora do projeto Flora Brasiliensis Revisitada). Há espécies de Tabebuia que têm 5 folíolos, e espécies que têm 5 ou 7 (exemplo, Tabebuia heptaphylla).
    3. Ipês Amarelos: a espécie mais comum, presente nas cidades, geralmente é Tabebuia chrisotricha, com 5 folíolos. Tabebuia Ochracea, mais presente nos Cerrados, tem geralmente 5 folíolos. Tabebuia Caraiba (o Paratudo) tem 5 ou 7 folíolos.
    4. Ipê Branco (Tabebuia roseo-alba) tem apenas 3 folíolos.
    5. Ipês com 4 folíolos seria, para as espécies citadas, anomalia (talvez uma ou algumas folhas numa árvore). Ainda não sei explicar, mas o número 4, para pétalas (e talvez folíolos) é característica de certas famílias (não a das bignoniáceas – família dos Ipês).
    6. Sementes precisam de umidade para germinar. Deixadas soltas, ao ar livre, uma eventual umidade logo desaparecerá, e a semente não vai germinar. Pode germinar ao ar livre se ocorrer um período de excepcional e constante umidade alta do ar.
    O enterrio da semente visa assegurar umidade suficiente, mantida pela terra.
    7. Vagem rachada (e portanto iniciando o processo de liberação das sementes) já pode ser colhida; as sementes já estão maduras. No caso dos Ipês, você já pode semeá-las.
    8. As flores dos Ipês Amarelos (os citados, que são os mais comuns), Rosa (também os citados) ou Branco variam muito pouco em tamanho.
    9. Ipê Rosa ou Ipê Roxo? São nomes populares, e portanto subjetivos. Onde eu vejo um lilás claro, muito próximo do rosa, outra pessoa pode ver “roxo”. De fato, um lilás não deixa de ser um roxo muito suave. Pessoalmente, acho que roxa mesmo são as flores do Jacarandá (da mesma família dos Ipês). Assim, se alguém chamar Tabebuia heptaphylla de Ipê Roxo, não tenho argumentos para dizer que está errada, a não ser que antecipadamente cheguemos a um acordo sobre o que significa “roxo”…
    10. Acabei de postar matéria (e fotos) sobre Ipês Brancos ( clique aqui para ver ).

  51. Andre Ermenegildo Says:

    Olá, gostei muito deste site, das perguntas e principalemte das respostas.

    moro em um condominio que tem muitas arvores e sinto falta da preferida, Ipê amarelo. Minha sogra conseguiu algumas mudas que gostaria de plantar proxima as arvores existentes, local com bastante sombra. O solo deste local é meio arenoso, ha necessidade de prepará-lo antes? posso plantar junto as outras arvores? A melhor, aquando eu abrir a janela do apartamento e ficar curtindo a minha preferida, preferencialmete toda amarela.

    Muito obrigado

    André
    _____
    do blog:
    André:
    1. Não há problema se o solo for arenoso; o importante é que a muda fique numa posição que lhe permita receber sol direto pelo menos algumas horas por dia. Assim, seria bom deixar uma distância de pelo menos 2 metros da árvore mais próxima.
    2. Cuide para que a planta possa aproveitar bem a água da chuva; para isso, não faça um “montinho” de terra ao redor da planta, mas sim, uma “bacia” – onde a água possa acumular enquanto chove, e depois infiltrar no solo.

  52. Dalton Says:

    olá,
    primeiramente parabeniza-los pelo blog…
    e agora sim vamos ao assunto.
    Preciso fazer um trabalho de faculdade onde o mesmo visa a germinação do ipê em diferentes tipos de solo.
    Primeiro: terra+esterco+areia (tanto na sombra, como no sol)
    Segundo: terra+ areia (tanto na sombra, como no sol)
    Terceiro: substrato comercial (tanto na sombra, como no sol)
    OBS: ambos com quatro repetições cada (Primeiro, Segundo e Terceiro) e 25 sementes cada repetição.
    Não sei se faço em tubetes, em sacos plásticos ou canteiros.
    _____
    do blog:
    Dalton:
    Lido pouco com sementeiras, mas me parece que, qualquer que seja a sua escolha, as informações obtidas serão interessantes, pois haverá igualdade de condições de acondicionamento e/ou vizinhança para todos os 3 substratos estudados…

  53. Paulo Says:

    O blog é muito bonito, mais eu gostaria de saber sobre o tipo de raiz que o Ypê Amarelo tem se para os lados ou para baixo.

    Obrigado Marcelo pelas lindas fotos do YPÊ AMARELO.

    Atenciosamente:
    Paulo

  54. Augusto Says:

    Estou com 70 mudinhas de ipê Amarelo que plantei de brincadeira. Agora vou cuidar delas até poder plantar em local definitivo… Experiencia interessante. Nunca tinha plantado nada.. rs… Sou de BH Minas Gerais.. Abraco..

  55. Luiz Felipe Says:

    Maravilhoso esse blog.
    Gostaria apenas de mais fotos da folha.
    Obrigado.
    _____
    do blog:
    Vou providenciar, Luiz Felipe. Aguarde um ou dois dias…

  56. valdecir nunes Says:

    È de grande importância essas informaçôes, parabèns. Eu gostaria de saber se é possível plantar dois exenplares de ipê na mesma cova trançando um ao outro?OBS: amarelo com branco. obrigado e sucesso a todos!
    _____
    do blog:
    É possível, já que na natureza duas árvores de espécies diferentes muitas vezes crescem junto, naturalmente competindo pelo mesmo espaço e pelo mesmo campo de nutrientes. Entretanto, no caso dos ipês amarelo e branco, normalmente a floração de um e de outro ocorre em períodos diferentes, e não ao mesmo tempo (mas a concomitância pode, eventualmente, ocorrer, sendo porém rara).

  57. Eduardo Says:

    Olá, tenho 3 ipês amarelos aqui em casa, e nas três arvores surgiram aquela vagem. Como faço para criar novas mudas? Minha duvida é quanto o tamanho do recipiente e a quantidade de sementes que coloco em cada um deles. As sementes parecem ser tao frágeis. Um abraço, Eduardo.
    _____
    resposta do blog:

    Eduardo:

    1. Espere as vagens começarem a abrir, pondo à mostra as sementes.
    2. Recolha algumas sementes que estão se soltando.
    3. Um bom recipiente seria uma embalagem de leite longa vida. Corte a tampa e corte os quatro cantos da parte de baixo (para que eventuais excessos de água saiam do recipiente). Misture em quantidades iguais terra comum, de quintal, com humus ou terra vegetal (que você acha em lojas de produtos agropecuários).
    4. Encha quase até à boca cada embalagem com a mistura supracitada. Jogue água com regador, de tal modo que a mistura fique úmida. Em cada embalagem coloque 2 sementes de Ipê (algumas sementes podem não germinar), espaçadas. Cubra com um pouco da mistura, também úmida.
    5. Mantenha as embalagens em lugar semi-sombreado e que não receba chuva. Verifique uma vez ao dia se a terra está úmida. Ao regar, aproxime bem o regador para que a água caia suavemente sobre a terra que contém as sementes.
    6. Depois disto, é só aguardar a emergência das primeiras folhas e partir para o abraço.
    7. Emergindo as primeiras folhas, continue cuidando como dito acima, até a planta ficar com uma altura de uns 30 cm acima da embalagem. Aí, se for Primavera ou Verão, você poderá plantá-las no lugar definitivo (e no primeiro ano, dê uma olhada de vez em quando, e “corrija a natureza”, fazendo uma irrigação em torno, se ocorrer algum período mais longo de estio).

  58. Paulo cesar Says:

    boa noite .
    eu estou maravilhado com tão boa matéria sobre uma árvore Tao bonita
    eu sou um apreciador da natureza como vocês e acredito que juntos possamos fazer um planeta melhor!!!!
    gostaria também de tirar uma duvida eu ganhei duas mudas do ype e queria plantalas em um vaso no meu terraço { e claro que seria um recipiente grande } gostaria de saber se ele pegaria e como cuidar para que não morra ?? OBS!! como saber a cor das flores se eu ganhei as mudas ja com 10cm de altura e sem identificação ??

    desde já agradeço pelo otimo trabalho feito e por poder tirar algumas duvidas que tinha tenha um bom final de semana tchau.
    Paulo cesar.
    _____
    do blog:
    Obrigado pelas palavras, Paulo Cesar.

    Para saber o tipo do seu Ipê, examine as folhas. O Ipê Rosa, ou Ipê Roxo, tem normalmente 5 ou 7 folíolos e sua superfície é lisa, até meio brilhante quando nova ou adulta. Os Ipês Amarelo e Branco têm as folhas novas, ou pelo menos não muito velhas, “peludinhas”, que podem ser verificados pela vista e pelo tato. Para decidir entre Ipê Branco e Ipê Amarelo: o Branco tem geralmente 3 folíolos (três “folhas” formando um pequeno leque); o Amarelo, 5 folíolos, formando desenho aproximado ao de uma palma de mão aberta.

    Nada impede, ao nosso ver, que o Ipê se desenvolva num vaso. Apenas, pela restrição do espaço para as raízes, o seu crescimento será menor, como se fosse um bonsai gigante. Cuide para que a planta pegue sol direto pelo menos numa parte do dia, e não deixe a terra do vaso ficar úmida demais por longos períodos…

  59. margarete Says:

    Olá! Sou de São Roque e adorei seu blog, gostaria que você visitasse o meu blog que tem fundo educacional e também incentiva o cultivo do Ipê amarelo.
    Obs. Ví que alguém de São Roque também se interessou pelo assunto e fez um comentário no seu blog.
    (Patricia Disse:
    Junho 4, 2009 às 12:24 pm)
    Espero que esta pessoa também visite o meu blog.
    _____
    do blog:
    Ok, Margarete; passaremos a frequentar o seu blog!

  60. carlos augusto Says:

    Bom dia caro editor,tenho uma casa no rio de janeiro em jardim sulacap e plantei em volta da casa 6 coqueiros anaos e duas palmeiras barril tudo ao redor da casa sendo as duas palmeiras no meio dos seis coqueiros em um terreno de 452 m2 e ainda tenho um espaco para plantar o ipe amarelo,irei plantar duas mudas ou tres que comprei,gostaria de saber se a raiz dela se espalha muito podendo vir a destruir o muro ou comprometer as outras plantas,sendo que irei plantar aproxidamente uns 10 metros do muro.e com relaçao ao site vcs todos estao de parabens é otimo ! aguardo atenciosamente a sua resposta ? grato pelas informaçoes do conteudo do site ja me ajudaram bastante ! muito obrigado !
    _____
    do blog:
    Carlos Augusto:
    Obrigado pelas palavras de estímulo. Quanto ao Ipê Amarelo, suas raízes não são invasivas, principalmente mantida uma certa distância dos muros e construções. Cuide apenas para que em torno da árvore haja uma área plana ou em forma de bacia, onde as águas da chuva possam infiltrar facilmente, evitando assim a formação futura de raízes superficiais…

  61. machado Says:

    gostaria de elementos para identificar os Ypes: roxo, amarelo e rosa com um metro, um metro e meio de altura.Um está a um metro do muro, outro a boa distancia, o terçeiro bem proximo ao tronco de uma velha árvore a qual irá substituir(2 metros da casa) solo dos tres arenoso. Problemas ? Help-me.
    _____
    resposta do blog:
    Machado:
    1. Ipê “roxo” e Ipê Rosa: nomes populares diferentes para árvores iguais. Na nossa opinião, roxas mesmas são as flores do Jacarandá, “parente próximo” dos Ipês. Os Ipês Rosas são compostos por 5 ou 7 folíolos (que se abrem em leque), e esses folíolos são lisos e, quando as folhas são novas, brilhantes. Os Ipês amarelos têm geralmente 5 folíolos, também abertos em leque, mas esses folíolos são “peludos” nas folhas novas.
    2. O exemplar perto (2 m) da casa preocupa um pouco: pode exigir limpeza periódica do telhado. Cuide para que a água da chuva infiltre bem no solo do lado afastado da casa, e nada, ou quase nada, na parte fronteira à construção. Quanto aos outros exemplares, se você deixar em torno deles um bom espaço para infiltração da água da chuva, as raízes vão se desenvolver normalmente, expandindo-se solo adentro, sem prejudicar as construções…
    3. Quanto ao solo arenoso, nenhum problema. Mas você pode, uma vez por ano, fazer uma pequena adubação (atendendo às recomendações do fabricante) com NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) mais micro-nutrientes.

  62. zezinho Says:

    Plantei um ype branco na frente de minha casa acho éssa arvore muito bonita sera que fiz uma boa escolha, me falaram que faz muita sujeira que vou me arrepender mais tarde, mas toda arvore faz a sua sujeira, mas acho que as flores compenção, meu espaço é pouco devido a fiação elétrica sera que se podar ela para não crescer muito mesmo asim ela vai florecer normalmente.
    _____
    do blog:
    Zezinho:
    1. Não pode o seu Ipê. Poda é mutilação, que sempre prejudica um pouco o desenvolvimento normal das plantas. Só faça a poda de algum galho seco. O Ipê branco demora muito (muitas décadas) para atingir um tamanho que possa interferir na fiação elétrica. Não se preocupe quanto a isto.
    2. Pelo menos uma vez por ano o seu Ipê vai perder as folhas. É um processo natural, que ocorre depois de estiagem prolongada. Aí vai dar algum trabalho varrer e juntar as folhas, durante alguns dias. Mas a beleza e a sombra da árvore valem a pena, largamente. A propósito, tudo na vida tem um senão; por exemplo, ar condicionada resseca o ambiente (e a pele dos frequentadores desse ambiente); e nem porisso os “inimigos das folhas” pensam em livrar-se desse aparelho…

  63. Fabio Mota Says:

    IPÊ AMARELO

    Tenho 3 pequenas mudas de iPê Amarelo, a coisa mais linda, porém coloquei um fertilizante 10-10-10 nessas mudas e no outro dia notei que as folhas de verde ficou marrom escuro….o que aconteceu? As folhas mudaram de cor porém o pé não morreu e as folhas não murcharam…..o que aconteceu e o que faço para a muda não morrer?
    _____
    do blog:

    Fabio:

    1. As raízes não absorvem diretamente os nutrientes colocados no solo. Numa primeira etapa, esses nutrientes combinam com colóides (matéria orgânica microscópica, argilas, etc), e numa segunda etapa as raízes interagem com os colóides, absorvendo os nutrientes já devidamente “processados” ou “amaciados”.

    2. Parece que no seu caso as raízes das mudas entraram em contato direto com os nutrientes, sofrendo uma espécie de intoxicação (é como se nós, seres humanos, tomássemos uma quantidade excessiva de um composto qualquer). Com o tempo (provavelmente mais de 1 mês) os nutrientes vão combinar com os colóides, e o problema ficará resolvido. Enquanto isto, acho que ajuda você fazer uma irrigação abundante (uma só), fazendo que boa parte dos nutrientes desçam para a camada inferior do solo ou saiam do recipiente que contém as mudas…

    3. No caso de mudas, o ideal seria misturar a terra original coletada com matéria orgânica (terra vegetal, humus, etc.), e não com nutrientes químicos.

  64. michel figueira Says:

    ola!!gostaria de saber como faço para adquirir uma semente ou muda de ipe branco,grato
    _____
    do blog:
    Michel:
    Mudas de Ipês, sejam eles branco, amarelo ou rosa, são bastante comuns nos viveiros de mudas. Outra opção seria você comprar mudas pela internet. Pesquisando no google “mudas ipê branco” aparecem várias opções, por exemplo esta

  65. elaine torres Says:

    é verdade que a arvore de ype chama raios por que os mais antigos falam isso e tem uma avenida que passa em frente da minha casa e gostaria de plantar arvores de ypes porque é uma arvore linda mas tenho medo de plantar porque não moro sózinha no bairro e muitos dizem isso, que chama raio em dia de tempestade, quero que esclareçam essa minha duvida e quanto a fiação elétrica atingem muito rapido porque nesse canteiro também passam os postes de iluminação publicas , desde ja gradeço por sua atenção e mais ainda se puderem esclarecer essas minhas duvidas, obrigada
    _____
    do blog:

    Elaine:

    1. Toda árvore pode “atrair” raios se o alto de sua copa estiver acima de plantas ou construções vizinhas. Não há estudos que comprovem que com o Ipê esse risco é maior. Pessoalmente já vi várias árvores (angico, pau-terra, eucalipto) que foram atingidas por raios, mas nenhum Ipê.
    2. Postes de iluminação pública costumam ter de 7 a 8 metros de altura, ficando assim mais altos que as árvores (inclusive Ipês) que se vêem nas cidades. Os raios, portanto, normalmente “preferirão” os postes, até porque muitos deles têm para-raios.
    3. Em calçadas e canteiros urbanos, as árvores não encontram condições ideais (como seriam as da mata) para se desenvolverem plenamente. Assim, os seus ipês não irão crescer tanto assim. Aconselhamos, entretanto, que consulte a Prefeitura de sua cidade indagando se não há restrições para o plantio de árvores nesse local específico…

  66. marcilio fontes Says:

    desejo adquirir sementes de ype, alguem pode me auxiliar? muito grato.
    _____
    do blog:

    Marcilio:

    É muito fácil obter sementes de Ipê na época em que as suas vagens amadurecem. As sementes voadoras são abundantes. Mas agora, fora de época, creio que só através de firmas especializadas que atuam na Internet. Deve haver várias, mas cito uma, encontrada numa pesquisa superficial ( clique aqui ).
    Acho melhor você obter mudas, facilmente encontradas em qualquer viveiro de plantas.

  67. Valmir Ribeiro dos Reis Says:

    Companheiros, gostaria muito de plantar um ipê branco em minha calçada, existe ipê branco, semente, etc. Posso deixá-la do tamanho que quero, se positivo como devo proceder. Abraços.Valmir
    _____
    resposta do blog:

    Valmir:

    1. Sementes de Ipê Branco (e de outros ipês) são fáceis de obter na época em que essas árvores frutificam (geralmente em outubro). Fora dessa época, só em firmas especializadas na venda de sementes de árvores nativas (ver na Internet).

    2. Mudas de Ipê Branco, creio que são fáceis de encontrar em qualquer viveiro de mudas.

    3. Você pode controlar o crescimento de uma árvore, aplicando, mutatis mutandis, as técnicas do bonsai. Mas normalmente não seria necessário, pelo menos nos primeiros 10 anos: o crescimento desse Ipê, nas cidades, é relativamente lento.

  68. martha Says:

    Olá!!!como é bom encontrar pessoas com os mesmos interesses!!
    Estou a procurar muda de ipê amarelo!Já entrei em alguns sites,mas eles vendem em graaande quantidade!
    Será que posso planta-lo em apto?em um vaso?Tenho um Manacá da serra pequeno q comprei no Carrefour.
    Obrigado!
    _____
    do blog:

    Martha:

    1. Mudas de Ipês, sejam amarelos, brancos ou roxos/rosas, se encontram facilmente em qualquer viveiro ou floricultura.

    2. Você pode plantá-la em vaso, no apartamento, seguindo, ainda que adaptativamente, técnicas de bonsai. Procure colocá-lo num lugar que receba um pouco de luz solar.

  69. Ana Lúcia Catão de Carvalho Says:

    Boa tarde! Moro em Belo Horizonte – MG e comprei as sementes de Ipê amarelo no nosso Mercado Municipal, em loja especializada (pacote com 300). As instruções que obtive para plantio foram: plantar aproximadamente 5 sementes diretamente em sustrato (nestes saquinhos pretos, próprios para plantio de mudas), a aproximadamente 0,5 cm de profundidade. Manter o substrato sempre úmido e aguardar um prazo de 10 a 15 dias para as sementes brotarem. Fiz exatamente desta maneira, mas o máximo que aconteceu foram as sementes “estourarem”, mas sem crescer muda nenhuma. As instruções estão erradas, ou será que o problema está nas sementes?
    Aguardo o retorno de vocês ansiosamente, pois as sementes de ipê farão parte de um kit que distribuirei como lembrancinha de nascimento da minha filhinha, na primeira quinzena de abril.
    Muito Obrigada!!
    _____
    do blog:

    Ana Lúcia:

    1. Harri Lorenzi, em seu livro “Árvores Brasileiras”, vol. 1, recomenda que as sementes das plantas nativas sejam semeadas “logo que colhidas”; mesmo assim, a taxa média de germinação seria de 60% (podendo variar de acordo com o lugar e condições climáticas). Por essa taxa, plantando 5 sementes poderiam germinar 3. Para sementes armazenadas (como foi as do seu caso), essa taxa de germinação pode cair drasticamente.

    2. Por outro lado, me parece que, se as sementes “estouraram”, elas estavam aptas a germinar normalmente, uma vez que iniciaram uma resposta biológica. Pode ser que, nas regas, essas sementes em processo de brota tiveram suas raízes iniciais deslocadas, abortando o processo de germinação. Se foi esse o caso, na próxima vez, quando a semente iniciar o “estouro”, na rega faça com que a água escoe, não sobre a futura muda, mas ao lado, fluindo mansamente como um filete de água.

  70. Ana Lúcia Catão de Carvalho Says:

    Obrigada pela resposta tão rápida! Outra dúvida: para o plantio definitivo fui informada que a muda deveria estar com 15 cm e ser plantada no solo, em uma cova, de maneira que a divisão entre a raiz e o início do caule ficasse na linha da superfície. A informação procede?
    Muito obrigada mais uma vez!
    Ana
    _____
    do blog:

    Ana Lúcia:

    A muda pode ser plantada com essa altura, na forma especificada. É preciso, entretanto, fazer uma cerquinha de proteção, para a planta não ser pisoteada inadvertidamente por pessoas ou animais. Seria bom também: a) protegê-la do sol excessivo (sombreamento parcial) no primeiro ano de seu novo habitat; b) manter ao seu redor um círculo não calçado, se possível de 2 metros quadrados, para infiltração natural da água da chuva; c) esse círculo deve inclinar-se levemente para o centro, para maior retenção dessas águas.

  71. Ana Lúcia Catão de Carvalho Says:

    Muito obrigada mais uma vez!!!

  72. Elaine Says:

    Eu adorei o blog! Parabéns e queria uma ajuda… Quero plantar Ipe Amarelo em vaso, eu consigo?? vai florir, sou apaixonada por essa arvore porem não tenho quintal com terra.

    Queria saber também se o vaso precisa ser muito grande eu queria planta-lo em uma caixa dágua que hoje está desativada.

    _____
    resposta do blog:

    Elaine:

    Você pode realizar esse projeto. Haverá limitação ao crescimento das raízes, o que fará com que a árvore não cresça tanto nem tão rápido como uma plantada em solo. Você obterá algo entre um Ipê normal e um Ipê-bonsai.

    O Ipê, depois de atingir a idade adulta, floresce quando perde parte ou a totalidade de suas folhas, num período de estio – geralmente entre julho e setembro. Assim, o “seu” Ipê, quando estiver adulto, deve receber irrrigação mínima nesse período, para que as folhas velhas caiam e a floração aconteça.

    Outra coisa: providencie para que a planta receba sol, ou pelo menos o seu mormaço e claridade, pelo menos uma parte do dia.

  73. Aurifrania Nunes de Sousa Says:

    Gostaria de plantar duas mudas de ipe amarelo na calçada da minha loja,
    isso é possivel, pois morro na cidade de Icó no interior do ceará e na calçada leva sol a tarde toda. Quanto tempo leva para dá sombra e para florir.
    _____
    resposta do blog:

    Aurifrania:

    Não creio que haja restrições a esse plantio, a não ser que a calçada seja muito estreita. Há exemplares de Ipê que florescem dois ou três anos após o plantio no lugar definitivo, mas isto pode variar muito, de acordo com o tipo de solo e o clima. Em todo caso, é importante deixar, em volta do tronco, uma área livre, mais baixa do que a calçada, que possa empoçar a água da chuva (que depois, logicamente, irá infiltrar no solo).

  74. Talita Says:

    Olá! Vi que o foco do blog está no Ipê Amarelo… Mas, e quanto ao Rosa, ou Roxo, é mais difícil de crescer e florescer? Gostaria de plantar um ipê rosa…
    _____
    resposta do blog:

    Talita:

    Há no blog, também, matérias sobre o Ipê Rosa ( clique aqui ) e o Ipê Branco ( clique aqui ).

    O Ipê Rosa (ou Roxo) se desenvolve tão bem quanto o Ipê Amarelo. Se for plantar em lugar público, proteja a muda com uma “cerquinha” de bambu ou outro material, e cuide para que em torno da muda haja uma boa área não-calçada (ou gramada) que possa acumular água da chuva (as águas vizinhas devem se encaminhar para o tronco da árvore).

  75. Elaine Says:

    Muito obrigada pela resposta!!! :D já vou atrás de uma muda daqui um tempo quando florir mandarei as fotos!!!
    _____
    do blog:

    Ficaremos felizes de receber notícias e fotos, Elaine!

  76. Ligia Says:

    Tenho plantado em vaso os ipês branco, rosa e amarelo, mas somente o amarelo deu duas flores, uma em cada ano. A cidade onde moro é muito quente, temperatura média 30ºC, li em um comentario seu que deve ficar um tempo com irrigação mínima qual é esse mínimo… o que mais devo fazer pra obter uma planta linda.???
    Parabéns pelo blog …. ainda bem que alguem se preocupa com os ipes
    cultivo mudas e dou de presente….

    uma dica;;; eu germino as sementes de ipe em bandejas de isopor forrada com toalha de papel e as sementes cobertas com a toalha de papel e as mantenho umina 24 hs…
    sucesso
    _____
    do blog:

    Ligia:

    O ideal, no caso dessas plantas, é imitar a Natureza. Na Natureza, geralmente ocorre um período de estio, a partir de junho, julho ou agosto, onde a um ar seco se junta a baixa umidade do solo. O ar seco você vai ter naturalmente em torno dos seus vasos; quanto ao solo, basta não irrigar demais, tentando “compensar” essa secura, que é boa para a planta. A floração dos Ipês depende da queda natural das folhas; sem folhas caidas, sem flores; poucas folhas caidas, poucas flores…

  77. Ligia Says:

    Obrigada por me atender , vou cuidar para que meus ipes consigam florir esse ano….
    Esqueci de comentar, tenho um ipe rosa plantado na frente de minha casa, como não tenho mais espaço no chao, e gostar muito dos ipes, decidi planta-los em vaso….
    Sucesso pra voces
    _____
    do blog:

    Obrigado, Ligia!

  78. Kelly Says:

    Sou estudante de arquitetura e estou projetando uma casa que possui um ipê amarelo adulto no terreno. Gostaria de saber a altura desse ipê, o diametro de sua copa (folhagem) e a partir de qual altura começa essa copa. Agradeço desde já, e aguardo resposta via e-mail. E parabéns pelo site.
    _____
    do blog:

    Ok, Kelly!

  79. elaine Says:

    ola eu tenho um ipe e um pau brasil so que eu acho que esta faltando adubo o que eu posso colocar neles para fortalecer o ipe ja tem 6 anos e ainda nao floriu nem uma vez e o pau brasil esta ficando amarelo

    obrigado
    _____
    do blog:

    Elaine:

    Verifique, no caso do Pau-Brasil, se em torno da árvore há uma área sem calçada, que possa acumular água da chuva (se a área for inclinada, a água escorre quase toda, infiltrando muito pouco no solo).

    Quanto ao Ipê, a floração só ocorre se as folhas cairem, nos meses de estio. A primeira floração varia, de planta para planta; mais cedo ou mais tarde as flores vão aparecer…

    Quanto a adubo, compre um pouco de adubo para árvores, escarifique o solo fazendo uma circunferência que acompanhe a copa da planta, jogue os grãos de adubo (pouco) e recubra com terra.

  80. Jacintho Says:

    Bom dia….

    Eu comprei sementes de ipes na NEt….
    Coloquei para germinar naquelas bandeijas de isopor para germinar as sementes ( em torno de 300), só que não germinou nenhuma..
    Ultilizei um substrato comprada em lojas agropecuarias (especifico para sementes)..
    As sementes estavam em um viveiro com sombrite..
    Coloquei pouca terra em cima….. muito pouca, só uma camadinha..
    O que pode ter causado a não germinação das sementes???
    Qualidade das mesma, o substrato não é recomendado..
    è recomendado aqui em Brasilia plantar nessa época, por causa do frio??
    Elas germinan no Frio do Cerrado no Planalto Central??
    _____
    resposta do blog:

    Jacintho:

    1. As sementes da maioria das árvores brasileiras têm a maior taxa de germinação quando recém-colhidas. Com o tempo, essa taxa vai decaindo até chegar (ou quase chegar) a zero. Se as sementes estão acondicionadas em embalagens herméticas, de papel aluminizado, o processo de deterioração é contido ou reduzido.
    2. No seu caso, o clima não deve ter influenciado, e nem o substrato. A não ser que você deixou que o substrato desumidecesse (o ressecamento, mesmo que por apenas 1 dia, interrompe o processo de germinação). A movimentação da semente no substrato, movimentação provocada por gotas grandes de água, também pode interromper o processo.
    3. Fique de olho na próxima floração dos Ipês, que pode ser temporã. Os frutos aparecem logo depois, e amadurecem rápido. Colha as sementes que caem das árvores em abundância, e semeie-as em seguida…

  81. Sabrina Lehmkuhl Says:

    Olá!
    Gostei muito do site de vcs, e principalmente das respostas completas…

    Eu comprei uma muda de ipê com mais ou menos 30cm e pretendo fazer um bonsai com ela. Gostaria de saber qual é o período que não devo molhar, por quanto tempo, e se posso podá-lo na parte apical da planta sem que ela morra. E se há mais algum cuidado específico com a árvore do ipê amarelo.

    Obrigada
    _____
    do blog:

    Sabrina:

    1. Sabemos pouco sobre técnicas de bonsai, mas não deve haver problemas com essa poda apical, desde que a “intervenção” não ocorra junto ou logo após outra intervenção, como por exemplo a mudança de ambiente (do recipiente provisório para o vaso). Tenha a certeza de que a planta se adaptou a uma intervenção antes de fazer uma outra intervenção.
    2. No tempo seco, que varia de região para região, os Ipês perdem naturalmente as folhas, o que dará início, caso tenham maturidade suficiente, à floração. As condições do solo não devem contradizer frontalmente as condições do ar no entorno. Assim, parece-nos que nessa época seca você deve apenas providenciar para que o substrato do vaso não fique muito úmido.

  82. Tamires Says:

    +/- pq naum achei td q queriia Mais ta bom
    :D *-*

  83. Johnson Says:

    Olá,
    Também sou apaixonado por ipês.
    Plantei uma muda do ipê-roxo na porta da minha casa. Passaram 03 meses e ele já está com mais de 1 metro de altura. Está bem bonito, folhas grandes e de cor saudável.
    Acredito q esteja desenvolvendo-se bem. Rego diariamente e adubei bem com esterco, palha, folhas e cascas de ovo. (é adequado?)
    Fico só imaginando quando ele florir.
    Podei alguns dos galhos mais antigos que ficam da parte de baixo, não sei se devo continuar fazendo isso. O que o senhor me recomenda?
    _____
    do blog:

    Johnson:

    Quanto à adubação e irrigação, tudo OK. Quanto às podas, evite fazer, a não ser que algum galho esteja atrapalhando a passagem de pedestres ou estiver seco. A poda pode
    retardar o processo de crescimento (quanto mais folhas, mais absorção de luz, mais clorofila, mais raízes, etc.).

    Por outro lado, não esqueça que os Ipês perdem as folhas normalmente 1 vez por ano, depois de um período de estio. As folhas vão perdendo o viço da juventude, ficam escuras e acabam caindo. Não se preocupe que é normal e necessário para que haja floração (esta, depois que a árvore ultrapassar um certo patamar – variável – de idade e crescimento).

  84. michel Says:

    oi!! tenho um bonsai de ipê amarelo de 2 anos +ou- e reparei que as folhas dele possuem um tipo de ferrugem oque devo fazer?
    _____
    resposta do blog:

    Michel:

    Nesta época do ano, quando começa o estio, as folhas dos Ipês começam a perder o viço da juventude, ou até mesmo a adquirir os ranços da velhice. Isto é ocorrência normal, e precede a queda das folhas. Nesta fase, cuide para que o solo ao redor da planta não fique excessivamente seco, mas fracamente úmido; não umedeça demais.

    Ferrugem é causada por fungos. Esses fungos não conseguem chegar às plantas a não ser que sejam transportados pelas formigas pequenas, não-cortadeiras, pretas ou marrom escuro. Se você percebe “correição de formigas” no caule da planta, trate de isolar o Ipê (por exemplo, com um daqueles vasos circulares com o centro vazio, próprios para deixar um fosso com água ao redor das plantas).

    Se não há formigas, não há fungos causadores de ferrugem. Neste caso, trata-se, como disse acima, do envelhecimento normal das folhas. Aguarde algum tempo, e verá o seu Ipê perder as folhas e depois recuperá-las belamente, talvez (dependendo da evolução natural da planta) já com algumas flores…

  85. Valdi Rocha Says:

    Adquiri algumas sementes pelo mercado livre do ipê amarelo (Tabebuia chrysotricha), porem não consegui faze-las ir pra frente, germinavam e morriam, depois de algumas pesquisas descobri que talvez poderia ser algum problema genético na semente, minha intuição me revelou que a semente talvez só deveria vigorar na região de origem da mesma, como aqui o clima é totalmente diferente não deu certo, foram diversas tentativas em épocas do ano e substrato diferente mas não vigorou a mudinha. Em um sonho que tive um duende me falou que talvez uma muda já crescida poderia se adaptar.

    Há um ditado que diz que incutido é pior que doido, então eu que moro no interior da Bahia, comprei três pequenas mudas deste ipê amarelo há exatamente 21 meses pela internet, essas mudas incrivelmente vieram do Rio Grande sul por Sedex, passaram 5 dias viajando dentro de uma caixa abafada de correios. Chegaram murchas e desnutridas, segui as orientações do vendedor para o revigoramento das mudas. Depois de um mês, olha as mudas brotando. Fiquei tão feliz feito um pinto no lixo.

    Então essas três mudas depois de 5 meses [estavam] com quase um metro: – plantei uma na varanda da minha casa, uma eu dei para uma índia, outra plantei numa praça perto de onde moro. Semana retrasada fui visitar a muda doada para a índia, e vi que esta mudou pouco, apenas alguns brotos novos, infelizmente poucos cuidados. Já a que eu plantei na praça está mais desenvolvida, contratei um menino para regar todo santo dia no final da tarde, deve ter crescido uns 45Cm de quando plantamos. Já a que eu plantei na varanda da minha casa é outra historia, está enorme com 2,5m, repleta de ramificações, já a considero uma arvore adulta. Deu duas flores fora do período normal de floração semana passada, e está com muitos botõezinhos, parecendo que daqui a alguns dias ou meses ira se encher de flores.

    O único adubo externo que o ipê recebe é o coco dos meus dois filas brasileiro, que só fazem ali no pé do tronco e eu deixo uma parte lá pra se tornar materia orgânica. Porem meu trato com essa planta é como se fosse um membro da família: regas constantes, atenção, preocupação. Por exemplo há alguns meses o ipê encheu de uma mancha amarelada nas folhas, descobri que era um fungo trazido por uma formiga, decidir então fazer um curral ao redor do tronco da planta para ali alojar um sapo Cururu, comedor profissional de formigas, e deu certo. Hoje este Cururu vive solto aqui no meu jardim fazendo este trabalho.

    Meus átomos cerebrais estão em sintonia harmônica com as arvores da minha casa, e este ipê como é o mais novo morador, é especial. O relato desta experiência é pra mostrar que existem muitos segredos alem de só plantar e dar uma ragadinha, as plantas precisam de algo mais do ser humano, talvez sensibilidade, não sei… Como pode, três mudas da mesma idade em terrenos idênticos, tendo o básico que é a malhação crescerem tão diferentes. Esta é a grande interrogação? Acho que nos estamos muito longe ainda de compreender as plantas, mas uma coisa é certa, elas são muito mais do que a ciência pensa.

    Quem se interessar pelas fotos dos ipês me mande email.

    Valdi Rocha
    _____
    do blog:

    Excelente experiência e excelente depoimento, Valdi! Outras pessoas poderão se interessar pelas fotos, e podem comunicar isto através desses comentários, que faremos a ligação com você. Mas o blog também se interessa muito por essas fotos. Ainda mais se você mandar, além das da “sua” árvore, uma da árvore da praça e uma da árvore da índia (se for possível). Solicito que mande para o e-mail valmar@top.com.br .

  86. Valdi Rocha Says:

    oukey, tou mandando…
    .
    Ipê amarelo plantado junto à casa do Valdi.
    .
    O mesmo ipê, 1 ano depois.
    .
    Ipê amarelo plantado em praça de Irecê - Ba.

  87. Valdi Rocha Says:

    a primeira foto e a segunda é do mesmo ipê, depois de exatamente 1 ano de cuidados…

  88. Lais Fonseca Says:

    OLá, pretendo plantar umas mudas de Ipê na casa de minhas avós. Gostaria de saber em que época do ano é melhor pra plantá-las…com chuva, mais seco?? Também queria saber quanto tempo depois que as sementes germinarem eu posso transferi-las para o solo e como deve ser a irrigação dela no começo. Desde já agradecendo pela atenção e parabenizando pelo belo blog!
    _____
    do blog:

    Laís:

    Creio que a melhor época seria no início da Primavera, quando começa o período chuvoso. As mudas mais novas devem ser plantadas no local definitivo quando estiverem com pelo menos 5 ou 6 folhas (lembrando que cada folha do ipê é composta geralmente por 5 folíolos), ou 30 / 40 cm de altura. Cuide para que o solo permaneça moderadamente úmido (sem excesso) na fase de adaptação da muda ao novo “berço”…

  89. Aloisio Ferraz Says:

    Tive a felicidade de plantar mais de dez árvores até agora e a mais nova é o ipê amarelo, está com 1,5 ano de idade e 2 mts de altura,
    estamos em junho e nestes ultimos meses apareceram na folhagem manchas morrons, do tipo ferrugem.
    Gostaria de saber o que fazer, como cuidar para que esta árvore tenha uma perfeita saúde.
    Será que falta adubagem, para equilibrar melhor a terra?
    E na folhagem, como acabar com estes fungos?
    Qual o melhor produto para pulverizar?
    Alguém pode me ajudar?

    Aloisio Ferraz
    _____
    do blog:

    Aloisio:

    Aqui no Centro-Oeste o clima vai ficando muito seco, e os ipês começam a ter suas folhas ressecadas, amarelecidas, processo natural… Aí em São Paulo, onde você mora, imagino que as características desta estação sejam diferentes. Em todo caso, em determinada época do ano, mais cedo ou mais tarde, conforme a região, as folhas dos ipês vão ficando feias, ressecadas, escuras ou com manchas, prenúncio da queda que virá. Mais tarde, quando recomeçam as chuvas, vem a bela floração (caso a planta já tenha atingido a maturidade), a frutificação e nova folhação.

    Uma das causas do ressecamento, escurecimento e aparecimento de manchas nas folhas é, portanto, a mudança da estação.

    Pelo meu conhecimento de árvores em geral, os fungos nas folhas aparecem quando trazidos por pequenas formigas (3 a 5 mm de comprimento), pretas ou marrons. Se você notar, no tronco da árvore, uma correição dessas formigas, provavelmente haverá nas folhas fungos pastoreados por elas. Nesse caso, você pode usar areia bem seca e peneirada para tapar os olheiros dessas formigas, no solo ou nos vãos da calçada. É trabalho para vários dias, em que você pode vencer as formiguinhas pelo cansaço. Paralelamente a isto, pode arrancar as folhas mais afetadas, afastando-as da árvore.

    Verifique também se o solo não está muito seco, e se há em volta do tronco espaço livre de calçamento, plano ou côncavo, onde a água da chuva possa se infiltrar naturalmente.

    Se o seu ipê não estiver novamente bonito na primavera, então pode começar a pensar em adubação moderada…

    Se algum leitor tiver outras receitas, alternativas, favor informar…

  90. Aloisio Ferraz Says:

    Moro em um lugar bastante arborizado e tem muitos pássaros: sanhaços, sabiás, papagaios, piriquitos verdes, saíras, etc
    Quero plantar uma árvore na calçada, porém quero uma árvore que ofereça frutos para pássaros. Preciso saber também onde comprar esta muda.
    Alguém pode me ajudar?
    Estou na cidade de São Paulo
    Obrigado
    _____
    do blog:

    Aloisio:

    Sempre visito um site ( clique aqui ) que noticia as atividades de uma chácara especializada em frutas brasileiras, em Campina do Monte Alegre – SP. O proprietário, Helton Josué, me parece pessoa extremamente séria e dedicada, e acredito que poderá, se você mandar e-mail para ele (explicando o espaço disponível na calçada), recomendar uma planta frutífera adequada. O site envia mudas pelos Correios.

  91. Solange C. Cabral Says:

    Sou apaixonada por ipê amarelo,ganhei uma muda e procurei saber como cuidar dela ,pois só poderei planta-la só em janeiro em minha chacara.Eu tb gostaria de saber quanto tempo posso ficar com ela plantada em um vaso de planta.Obrigado pela sua atenção e aguardo sua resposta.
    _____
    do blog:

    Solange:

    O Ipê Amarelo, pelo que tenho visto, aguenta bem longos períodos em condições adversas. Assim, creio que a sua muda estará ainda muito bem em janeiro de 2011. Cuide apenas de manter o substrato (“terra”) do vaso ligeiramente úmido (evite enxarcamento). Na época do estio (em pleno vigor aqui no Centro-Oeste, mas talvez não em outras regiões) as folhas da sua muda irão ficar ressecadas e eventualmente cair. É processo natural nos ipês, e haverá rebrota quando as chuvas voltarem (e a umidade do ar voltar a níveis melhores).

  92. Ronaldo J. R. Silva Says:

    Saudações.

    Me chamo Ronaldo, tenho 58 anos, sou casado a 30 anos, não tivemos filhos, somos aposentados.
    Resido em Petrópolis, Estado do Rio.

    Por favor, leia o relato que faço antes de lhe as pedir informações que farei mais abaixo.

    Muitas vezes em nossas vidas recebemos de uma maneira ou de outra, avisos, pedidos e alertas da Mãe Natureza…

    Eu sempre admirei a beleza de uma semana por ano, de um pé de Ipê.

    Estava eu no terraço da minha casa, que tem o piso de cerâmica e encontrei a semente caida lá. Eu já a conhecia, se parece com uma asa de mariposa.

    Despretenciosamente, eu a plantei num pequeno vaso, a quatro meses.
    E eis que a Mãe Natureza está fazendo a sua parte, com a minha pequena contribuição.
    Só quem não tem sensibilidade não concordará comigo:
    É LINDO O PEQUENO PÉ DE IPÊ!!!
    Tão frágil ainda, com quatro meses de vida mas que se transformará uma grande árvore, que apenas uma semana por ano ficará florida, ficando durante o ano apenas com folhas bem verdes parte deste ano e até mesmo sem folha alguma durante outros meses.
    Ainda não sei qual será a cor da flor deste Ipê, que naturalmente deverá ser: Rosa, branca, roxa ou amarela, que são as cores existentes de Ipê.

    O interessante é que nas redondezas da minha residencia, se existe, eu ainda não observei a existencia de alguma árvore de Ipê. Então não sei ainda de onde veio a semente e automáticamente não sei de que cor serão as flores do pé de Ipê que plantei.

    Ainda não estudei nem pesquisei nada sobre o Ipê, mas espero estar vivo ainda para poder ver este Ipê florido um dia.
    Na minha residencia não existe quintal, e ainda não tenho o local definido de onde o plantarei, mas creio que encontrarei este local e terei a possibilidade de visitá-lo sempre que eu quiser.

    Bem amigos, nós quase sempre compartilhamos histórias escritas por pessoas inteligentes que as colocam na internet e nós trocamos as mensagens entre nós quando as achamos interessantes, bonitas, emocionantes, etc… Mesmo que sejam ficção.

    Eu quiz dividir com este pequeno momento que estou vivendo e que ainda está sendo só de surpresas e emoção, que é real.

    Minhas dúvidas:

    1 – Com que tamanho devo tirá-lo do pequeno vaso? Qual o formato das raízes? No pequeno vaso com quantos meses ele terá problemas para crescer e se desenvolver?

    2 – Posso deixá-lo em um grande vaso (tipo um vasão mesmo), no meu terraço? Acho que não devo fazer isto, me oriente por favor.

    3- Existe algum cuidado em especial que devo dar ao pequeno pé de Ipê, enquanto eles estiver comigo?

    4 – Quantos anos ele levará para se tornar uma árvore adulta, qual o tamanho aproximado ele atingirá e com quantos anos ele terá a sua primeira florada?

    Tenho as fotos dele em março e atualmente, posso enviá-las, apenas me passe um endereço de e-mail para que eu assim o faça.

    Grato. Abraços. Ronaldo.
    _____
    do blog:

    Ronaldo:

    1. Os ipês, uma vez firmemente enraizados, aguentam condições adversas durante tempo indefinido, desde que o solo onde ele se fixa conserve sempre um mínimo de umidade (às vezes não detectada pela vista ou tato). O vaso pequeno vai funcionar como um bonsai, impedindo a expansão da planta.
    2. Num vaso grande, as condições para o ipê serão bem melhores. É necessária alguma claridade (se de sol direto, melhor), nem que seja numa parte do dia.
    3. Nenhum cuidado especial. Para formar o substrato do vaso grande, misture terra comum de quintal com esterco curtido ou terra vegetal (humus de minhoca). Regue com certa regularidade, evitando que a terra fique enxarcada.
    4. Temos visto ipês amarelos florirem com três anos e 2,5 metros de altura. Das outras cores demora mais, aparentemente. Mas o tempo depende da adaptação da planta ao ambiente.
    5. Pode mandar as fotos, como anexo de e-mail, para valmar@top.com.br . Acrescentarei elas ao seu depoimento.

  93. Meire Says:

    Gostaria de saber para que serve o cha de ype feito com as folhas dela.
    Muito obrigada
    Meire
    _____
    do blog:

    Meire:

    Há quatro ou cinco espécies de Ipê Amarelo. O mais comum é o Tabebuia chrisotricha. O livro “Plantas Medicinais no Brasil”, de Harri Lorenzi e F. J. Abreu Matos, editora Plantarum, fala apenas do Ipê Amarelo do Cerrado, ou seja, o Tabebuia aurea, que tem folhas com folíolos bem diferentes dos outros ipês: “Suas folhas são consideradas purgativas e anti-sifilíticas”.

    Os ipês roxos ou rosas têm, de acordo com o mesmo livro, propriedades medicinais mais acentuadas: o Handroanthus impetiginosus, bem como o Handroanthus avellanedae, seria “antiinfeccioso, antifúngico, diurético, adstringente, e ajudariam no combate ao impetigo e alguns tipos de câncer, lupus, doença de Parkinson, psoriase e alergias. Foram confirmadas farmacologicamente sua eficácia no tratamento de infecções da pele e das mucosas (gengiva, garganta, vagina, colo do útero e ânus). Em dose elevada o chá é tóxico. O livro recomenda preparar o chá com três colheres das de sopa da entrecasca (casca sem a parte de fora) picada, Tomar 2 xícaras médias, por dia, do cozimento das cascas em 1 ou 2 litros de água.

  94. Arlete Nunes Says:

    Meu caro amigo,
    Gostaria de perguntar se vc já viu um ipê rosa, em um determinado ano florescer totalmente com as flores brancas???
    Vi isso aqui onde moro, só tinha percebido pois quando vi o ipê florescer branco, fiquei ansiosa para ver a repetição do fato e o que me deixou plerplexa e que este ano floresceu rosa, então não tinha percebido isso antes, pois so me dei conto quando vi branco. Fui lá e pequei as sementes para plantar ja que para mim era uma raridade, e para minha supresa não sei o que tenho aqui branco ou rosa. Este acontecimento é normal ou é uma raridade???
    Por favor me responda para o meu email.
    Sou apaixonada por essa árvore, acho-a uma das mais lindas, nem sei se é originária daqui.
    Abraços
    Arlete
    _____
    do blog:

    Ok, Arlete!

  95. elizabeth Says:

    Tenho em meu jardim perto de uma rua muito movimentada um enorme ipe amarelo com mais de 65 anos, estou preocupada pois notei um buraco em sua base, cutuquei com um cabo de vassoura e parece bem oco no centro, será que ele oferece perigo de cair? Quanto tempo esta árvore vive?
    _____
    do blog:

    Elizabeth:

    1. quanto à parte oca, seria bom raspar e retirar a matéria morta. Em seguida, tapar o buraco com massa cimento-areia ou cal-areia.

    2. Se: a) a parte oca se limita a uma parte da base da planta, podendo portanto ser isolada;
    b) se as outras ramificações (raizes mais grossas) que saem do tronco se apresentam saudáveis;
    c) se essas ramificações saem do tronco e se infiltram no solo, não se concentrando, grossas e salientes, junto ao tronco,
    acho que a árvore poderá ser salva, continuando sua vida normal, que pode chegar aos 100 anos.

    3. Talvez seja necessário manter a planta sob observação durante alguns meses, para poder avaliar melhor.

    4. Se as respostas aos quesitos do item 2 forem negativos, a situação da árvore é preocupante, e nesse caso seria bom procurar o setor responsável da Prefeitura da sua cidade, pedindo-lhe uma avaliação e a conveniência de, com muita pena, substituir a árvore…

  96. marcelino Says:

    Parabens pelo site.

    Comprei uma casa com uma arvore que todos da família queriam derrubar, por parecer uma arvore fraca e sem flores. Agora descobri ser um IPE AMARELO. Gostaria de dar um reforço / ajuda / apoio para o IPE. Que tipo de adubo poderia colocar? Como? Quanto? etc…

    Obrigado

    Marcelino
    _____
    resposta do blog:

    Marcelino:

    Nesta época (julho) de estio os ipês estão, mesmo, “feios”. Mas, mais importante do que adubação é verificar se a planta está recebendo, nas épocas de chuva, irrigação natural adequada. Explico: se em torno da árvore toda a área está calçada, quando chove a água escorre para a rua ou para o fundo do quintal, e só uma pequena quantidade alcança o solo onde o Ipê está enraizado. Consequência: as raízes da planta se concentram junto ao tronco, grossas e disformes, tornando a árvore instável e sujeita a cair numa ventania mais forte; além disso, provoca o rompimento da calçada em torno da árvore. Toda árvore precisa ter em torno de si um espaço (no mínimo de 2 metros quadrados) não-calçado, rebaixado e plano (ou côncavo), para reter a água da chuva.

    Se essas condições favoráveis à planta já existem, você pode fazer uma adubação leve (concentração de adubo provoca “queima” das raizes). Procure nas lojas agropecuárias a combinação NPK adequada para árvores. O ideal é fazer uma adubação em círculo, acompanhando as bordas da copa da árvore. Isto será possível se a árvore estiver num quintal, sem calçamento.

    Normalmente, havendo irrigação adequada, as árvores se adaptam bem a praticamente todo tipo de solo, excluídos apenas os que apresentam poluição química. Mas um solo normal e livre de entulhos de construção fará a árvore enraizar melhor, e portanto crescer mais saudável e mais rápido…

  97. Eduardo Says:

    Olá, primeiramente parabéns pelo blog.

    Eu tenho um Ipê no meu jardim, porém ele não floresce. O que posso fazer? Ela já tem uns 2,5 metros e 7 anos. O que posso fazer?

    Obrigado
    _____
    do blog:

    Eduardo:

    Normalmente, o que pode impedir um ipê de florescer é o excessivo sombreamento. Outro fator é a ausência de clima seco (estio), ou seja, regiões onde não existe diferença significativa de umidade do ar no inverno.

    Se nenhuma das hipóteses ocorre com o seu ipê, tente fazer uma adubação moderada (excesso pode “queimar” as raízes e matar a planta), num círculo que demarca a sombra da árvore ao meio-dia. Use adubo NPK, e siga as instruções do rótulo da embalagem.

  98. kátia Says:

    parabéns pelo blog, adorei. Na casa que compramos tem uma árvore enorme (deve ter uns 6 metros ou mais) dentro do quintal, e agora descobri que se trata de um ipê verde com mais de 18 anos, então queria saber se os cuidados com ele são os mesmos de outros ipês, já que o verde é mais raro aqui na minha região (triangulo mineiro – minas gerais), o antigo proprietário disse que ele dá flores, mais ainda não vimos, ele agora tá caindo bastante folhas, e parece que tem algum bichinho comendo elas, pois caem cheias de mordidas, mais não consigo ver nada, gostaria de ajuda, quero que o meu ipê fique forte e bonito. obrigada.
    _____
    resposta do blog:

    Kátia

    Nesta época de estio (início de agosto), é normal os ipês perderem as folhas secas. É a primeira condição para o aparecimento, alguns dias depois, de uma bela floração.

    Se as folhas ainda estão verdes, e caindo em quantidade, com marcas, deve ser ou coisa de lagartas ou de formigas cortadeiras (saúvas, quenquéns). Essas formigas geralmente só atacam à noite; verifique o tronco nesse período, e se elas estiverem subindo em grupos, compre um inseticida tipo “isca” em casa agropecuária, e coloque no trieiro delas.

    Creio que o seu ipê verde não vai precisar de nenhum cuidade especial a não ser a proteção contra formigas cortadeiras. E veja se em torno do tronco há um espaço vazio, sem calçamento, onde as águas da chuva possam infiltrar abundantemente…

  99. alex Says:

    Meu Ipê Amarelo tem mais de 6 anos e nunca floresce de verdade so algumas flores e nunca completo o que pode ser?
    _____
    resposta do blog:

    Alex:

    Os cachos de flores dos Ipês só aparecem nos galhos que perderam as folhas. Perder as folhas todo ano, para os Ipês e grande parte das árvores brasileiras, é natural. Você não informou o lugar do Brasil onde mora, mas se em sua cidade o estio (período sem chuvas) foi curto, brando, a sua árvore não “sofreu tanto” e perdeu apenas uma parte das folhas.

    As primeiras florações anuais dos Ipês jovens são menos intensas; nos anos seguintes, a tendência é aumentar a floração.

  100. Joao Aprendiz Says:

    Ha 3 anos plantei muitas mudas de ipes, e nao floraram, ainda. Gostaria de saber se existe algum metodo que pode ser usado para estimular a floracao de ipes.
    _____
    do blog:

    João:

    Os ipês abrem flores naqueles galhos que perderam naturalmente as folhas (por causa do período de estio, geralmente de junho a setembro, de acordo com a região do país). Os seus ipês, apesar de jovens, devem estar prestes a apresentarem a primeira floração.

    Orquidófilos costumam usar um preparado que estimula a floração, mas não sei se alguém tentou fazer o mesmo com árvores…

  101. Mary Trindade Says:

    Adorei este site, sempre procuro algo sobre Ipês, gostei muito das fotos do Ipê amarelo, se vcs. puderem me mande fotos da folha, semente e flor do Ipê Roxo.
    Obrigada
    _____
    resposta do blog:

    Mary:

    Você pode ver essas fotos clicando aqui . Por enquanto, ficamos devendo fotos das sementes, que por um lapso ainda não colocamos.

  102. Manoel Alves de Oliveira Says:

    Boa noite.
    Gente, como estou feliz por conhecer vocês, o Blog é simplesmente excelente Parabéns! Continue assim.
    Gostaria muitissimo que você me enviase material sobre: coqueiros suas doenças e o que devo colocar para eles ficarem bonitos e com agua gostosa.
    Desde já obrigado
    _____
    do blog:

    Manoel:

    Obrigado pelas palavras de incentivo. Quanto aos coqueiros (Coco da Bahia), não temos estudos a respeito. Mas você pode consultar a EMBRAPA, através do site ou procurando uma unidade regional. Eles devem ter todas as informações de que você precisa.

  103. Daniele Says:

    Ganhei uma muda de Ipê mais não sei a cor. Fiquei sabendo que pela aparência das folhas é possivel saber, poderiam me orientar?
    Obrigada e parabéns pelo Blog!
    _____
    do blog:

    Daniele:

    O Ipê amarelo mais comum, o Tabebuia chrisotricha, tem folhas novas bem “peludas”, perceptíveis visualmente e pelo tato. São menores do que as folhas dos Ipês Rosa (ou Roxo) e Branco. Tem geralmente 5 folíolos (isto é, divide-se em 5 partes formando um leque).

    As folhas do Ipê Branco têm apenas 3 folíolos.

    As folhas do Ipê Rosa ou Roxo têm 5 ou 7 folíolos e são lisas, brilhantes quando novas.

  104. Expedito P. Santos Says:

    Olá Sr(a)s,

    Já houve algum estudo da composição química das Flores e Sementes e da casca das arvores dos Ipês: Amarelo, Branco e Roxo com o foco na produção de óleos essências como matéria primas para a indústria de cosméticos, perfumes, fármacos…etc.
    _____
    do blog:

    Expedito:

    Desconhecemos estudos científicos objetivando aproveitamento dos ipês na cosmética e na perfumaria.
    Quanto a fármacos, Harri Lorenzi e F. J. Abreu Matos, em seu livro “Plantas Medicinais no Brasil” (Editora Plantarum, 2ª edição, 2008) informa que foram extraídos vários compostos químicos interessantes, tanto da casca do Ipê Rosa, ou Roxo (Handroanthus impetiginosus, anteriormente Tabebuia impetiginosa) quanto da serragem de sua madeira, compostos como lapachol, lapachona, lapachenol, quercetina e ácido hidroxibenzóico. Relativamente ao Ipê Amarelo, há alguns estudos (pouco conclusivos) quanto à Tabebuia aurea (Ipê Amarelo do Cerrado, ou Paratudo, ou Caraibeira, etc).

  105. cristiane Says:

    encontrei uma flor muito parecida com a de ipe, so que ela se mistura com a cor branca e rosa e na parte interna da flor é amarela. Há possibilidade de ser alguma especie de ipe?
    _____
    do blog:

    Cristiane:

    A gente precisaria ver uma ou mais fotos da flor, para estabelecer se é ou não de Ipê. Os Ipês rosa têm, na parte interna, uma parte amarela ( ver aqui )

  106. oziel Says:

    Me apaixonei pelo ipe amarelo. As informaçoes adquiridas aqui foram excepcionais. obrigado.
    _____
    Ficamos felizes com isto, Oziel!

  107. hudson Says:

    oi, gostaria de saber como faço para pegar muda ou semente do ypê amarelo. Hoje 8/set/2010 o ypê está lindo, com muitas flores, tem algum mês para isso ? minha intensao é aproveitar a beleza dele hoje e replantar em outra area. Ou onde posso encontrar outro ypê. Obrigado. Forte abraço ‘a vocês.
    _____
    do blog:

    Hudson:

    1. Mudas de Ipê Amarelo podem ser encontradas em qualquer viveiro de mudas. Provavelmente você vai poder escolher o tamanho da muda, se pequena ou maior.

    2. Se você quiser fazer mudas de Ipê, proceda assim: a) espere as vagens da árvore abrirem e recolha sementes caídas no chão; b) pegue embalagens de leite longa vida, corte a tampa e corte os quatro cantinhos de baixo; c) preencha as embalagens com uma mistura de terra de quintal e esterco curtido (ou humus); d) coloque 2 sementes em cada embalagem, e cubra as sementes com uma fina camada de terra (cerca de 1 cm); e) coloque as embalagens em local semi-sombreado e irrigue todos os dias, com o regador bem perto da embalagem para as gotas de água não deslocarem as sementes. As sementes devem brotar em 15 dias, ou menos.

  108. hudson Says:

    olá, nessa árvore não tem vagem, quando esta sem flor. apenas folhas verdes. Me diz uma coisa na flor amarela, existe semente onde possa retirar e fazer algum procedimento.
    _____
    do blog:

    Hudson:

    Clique na 5ª foto, que mostra a parte de dentro da flor do Ipê Amarelo.
    Observe que há 4 estames, cada um deles tendo na ponta duas tecas. Estes são os órgãos masculinos.
    Mais ao fundo aparece o estilete, parte do órgão feminino. Esse estilete é meio amarelado, terminando com uma cabecinha, como se fosse a ponta de um cotonete.
    Quando o ovário é fecundado, as pétalas da flor caem, e caem também todos os 4 estames, só ficando o estilete. Esse estilete começa a crescer e engrossar, e vai se transformando numa vagem cheia de sementes.
    Na sua árvore, as vagens vão aparecer depois que as flores (pétalas e estames) cairem. As vagens levam 1 mês ou pouco mais para ficarem maduras. É só esperar esse tempo…

  109. geovanna bonfim Says:

    cara gostei muito eu ja sabia um pouco sobre o ipê mais aprendi mais um pouco adorei as fotos beijos
    _____
    do blog:

    Obrigado pelas palavras, Geovanna !

  110. RITA MARIA Says:

    LINDO ESTE SITE!
    MORO EM UMA CHACARA, EM CURITIBA, PARANÁ.
    AQUI OS IPES AMARELOS DÃO UM VERDADEIRO SHOW TODOS OS ANOS, NO INICIO DA PRIMAVERA.
    TENHO VÁRIOS IPES ROXOS E ROSAS, TODOS NATIVOS.
    PLANTEI UM AMARELO HÁ US DOIS ANOS, A ÁRVORE ESTÁ ENORME MAS NÃO FLORESCE DE JEITO NENHUM!
    O QUE DEVO FAZER?

    GRATA,

    RITA
    _____
    do blog:

    Rita:

    Os Ipês, de qualquer cor, inclusive o amarelo, florescem naqueles galhos que perderam as folhas (fenômeno natural que ocorre na época de estio). Por outro lado, se a muda que você plantou era pequena, significa que ele tem pouco mais de 2 anos de vida. Acho que no próximo ano ele vai dar uma primeira floração, talvez tímida, mas já encantadora…

  111. Nelci Aparecida bernardi Says:

    POR FAVOR GOSTARIA DE SABER, POR QUE TENHO PLANTADO IPE O BRANCO JA DEU FLORES , MAS TENHO DOIS PÉS QUE NAUM FLORECE NUNCA, A FOLHA É SEMELHANTE AO IPE AMARELO.
    _____
    do blog:

    Nelci:

    Os Ipês lançam flores naqueles galhos que já perderam as folhas. Não sabemos em que região do Brasil você mora, mas em grande parte do país o estio está anormalmente intenso.

    Se os seus Ipês Amarelos estiveram com folhas novas, acho que só no próximo ano poderão florescer. Se estiverem sem folhas, irrigue bem em torno das árvores, para ver se elas reagem…

  112. ana oliver Says:

    como faço pra fazer novas muda de ipe . posso plantar aquelas sementes da vagens q nascer
    _____
    do blog:

    Ana:

    1. Pegue uma embalagem vazia de leite longa vida.
    2. Corte a tampa de cima. Corte os quatro cantos da parte de baixo.
    3. Encha a embalagem com terra comum.
    4. coloque duas sementes e cubra-as com um pouco de terra ou areia.
    5. Regue todos os dias, deixando a embalagem em local meio sombreado (com claridade).
    6. Daí a uns 15 dias, ou menos, a semente irá brotar, transformando-se aos poucos numa muda.
    7. Quando a muda estiver com 50 cm de altura, transfira-a para o local definitivo, no solo.

  113. ney legg Says:

    pergunta: plantei uma muda de ipê amarelo pois me apaixonei pela especie, a muda tem aproximadamente 80cm de altura, fiz um canteiro de 50cmx 50cm, porem o calçamento da minha rua é ecologico ( que permite a absorção de agua) a calçada tbm quero saber como abudar minha amiguinha, para que ela em breve me dê um lindo tapete amarelo. grato
    _____
    do blog:

    Ney:

    Técnicas de “apressamento” requerem estudos científicos profundos, demanda para vários anos ou décadas de trabalho acadêmico e de campo. Enquanto isto não ocorre, atente para dois pontos: 1) o espaço em torno do tronco do Ipê deve ser rebaixado em relação à calçada e à guia, de modo que permita a acumulação momentânea da água da chuva (que depois logo se infiltrará no solo); 2) o solo onde a árvore foi plantada deve ser “normal” (e não, por exemplo, resultado da aposição de entulhos de construção).

    Tenho visto ipês floridos a partir da altura de 1 metro e meio. O seu exemplar deve demorar ainda pelo menos 1 ano (mais provável, 2) até lançar a primeira floração.

  114. Etiene Says:

    Amei o site, pois amo ipê amarelo. Só que estou tendo um problema…plantei uma muda que ganhei em setembro do ano passado (2009) e agora ela está com aproximadamente 1m de altura. O problema é que fizemos uma varanda em volta da casa e ela ficou muito colada com o ipê, ele ficou entre o muro e o telhado (aproximadamente 2,5m) e também só recebe a luz do sol ao meio dia (já que sua altura não ultrapassou a do telhado/muro. O que eu preciso saber é, ainda é possível mudá-lo de lugar ou posso deixá-lo lá mesmo.
    Desde já agradeço!
    _____
    do blog:

    Etiene:

    Não tenho experiência de replantio de árvores nativas, mas acho que é possível, tendo em vista que se trata de planta jovem. A Planta deve ser retirada do local mantendo-se um “torrão” de terra seca (uns 50 cm de diâmetro) em torno do tronco, se possível mantendo também as raízes mais compridas intactas, embora nuas na hora da retirada.

    Mas sempre há o risco da planta “sentir” demais e não se recuperar. Seria interessante você falar com alguém da prefeitura de sua cidade. Geralmente o departamento que cuida do setor de arborização e jardins tem experiência quanto ao transplante, e poderá ajudá-la e, possivelmente, até realizar o trabalho por você.

  115. Mariana Says:

    Ola, estou andando pelas ruas de minha cidade e estou me deparando com varios Ipe com floraçao, e gostaria plantar algumas mudas para colocar no meu sitio, gostaria de saber qual é o momento e que as sementes sao liberadas para colher algumas.
    Parabens pelo site, muito interessante esse conteudo que transmite para os leitores e para os apreciadores de arvores.

    Desde ja agradeço!
    _____
    do blog:

    Mariana:

    1. O melhor momento para o plantio de mudas é agora, no início da Primavera.
    2. Mudas de Ipês, de vários tamanhos, são geralmente encontradas em viveiros de mudas.
    3. Logo após a floração dos ipês, começa a formação dos frutos (vagens). Essas vagens crescem rapidamente (creio que em 1 mês) e liberam as sementes. Você pode recolher as sementes que caem naturalmente das vagens em grande quantidade, e fazer as suas próprias mudas. Na resposta a um dos comentários anteriores há a sequência de operações a fazer para obter mudas.

  116. Heriberto Says:

    Bom dia,
    Alguem poderia me ajudar, tenho um Ipê roxo com a idade de 20 anos
    e há algum tempo ele parou de florescer, nao sei se existe alguma coisa a fazer no sentido de tentar faze-lo florescer novamente.

    Alguem tem alguma dica????????

  117. Rute Says:

    Adoro Ipes,acho uma obra magnifica da natureza e de Deus, minha flor preferida queria receber as sementes.grata Rute
    _____
    do blog:

    Rute:

    Não lidamos com semente (há na Internet sites especializados nisto). Mas os Ipês, que em boa parte do Brasil estão agora floridos, ou estiveram há dias, 1 mês depois do fim da floração já devem ter frutos formados e maduros, que soltam espontaneamente sementes em grande número. É só colher algumas sementes seguir os passos descritos na resposta do blog a um comentário anterior, mais acima, e fazer as mudas.

  118. Jay Says:

    Olá,

    Nem vou elogiar o trabalho de vocês pois todos os demais já o fizeram.
    Depois de apreender tudo que precisava, me restou apenas um pedido.
    Entendo que na net, não da para a gente indicar e nem confiar em muitas coisas.

    No entanto, gostaria imensamente que me informassem sem compromisso, um site que eu possa comprar e sementes do Ipê de flores brancas.
    já andei pesquisando os preços. São em torno de RS10,00 cada semente.

    Desde já agradeço!!

  119. marcello perseguini Says:

    É possível manter um Ipê vivo num vaso ? por quanto tempo?
    obrigado

    obs: falar sobre o blog é chover no molhado!
    _____
    do blog:

    Marcello:

    É possível, e por tempo indeterminado, aplicando técnicas (atenuadas) de bonsai. A limitação da expansão das raízes (caso dos vasos) vai acarretar limitação correspondente na expansão (em comprimento e espessura) dos galhos…

  120. ana luiza carrion Says:

    gostaria de saber qdo crescem as folhas do ipe amarelo e qto tempo ela ficam?
    _____
    do blog:

    Ana Luiza:

    Os ipês perdem as folhas (total ou parcialmente) depois de um período longo de estio (1 mês e meio, dois meses; geralmente a partir de junho, julho ou agosto). Quando as chuvas voltam, ou estão próximas de voltar, ocorre a floração nos galhos onde as folhas cairam. Logo depois da floração aparecem os frutos (vagens) e as folhas novas. As folhas novas irão durar até o próximo período de estio, isto é, vão durar de 9 a 12 meses…

  121. sonia targa Says:

    Adoro ipês principalmente os amarelos. Fico horas parada observando a delicadeza de suas flores. Pois bem, ganhei uma mudinha em maio de 2003 e até hoje não consigo saber qual a cor pois ainda não floresceu. O que devo fazer para isso ocorrer ou será que não é ipê? Meu marido diz que eu paparico tanto aquela árvore e ela pode não ser um ipê.
    Possui todas as características de um ipê. As folhas caem em julho/agosto e brotam outras em setembro, e nada de flores.
    _____
    do blog:

    Sonia:
    1. O Ipê Amarelo mais comum em nossas cidades é o Tabebuia chrisotricha.
    2. Uma das características desse ipê, em comparação com o rosa e o branco (o roxo na verdade é Jacarandá), é que suas folhas geralmente tem 5 partes (folíolos), abertas como um leque e os folíolos têm uma pelugem, bem fácil de notar pelo tato quando as folhas são novas. Os ipês rosa e branco não têm essa pelugem, tendo folhas com folíolos brilhantes, lisos.
    3. Se por essa característica você verificou que o seu ipê não é o amarelo, verifique o número de folíolos das folhas: se tiver no máximo 3 folíolos, trata-se de ipê branco; se tiver 5 ou 7, ipê rosa.

  122. Ronaldo J. R. Silva Says:

    Me chamo Ronaldo, tenho 58 anos, sou casado há 30 anos, não tivemos filhos, somos aposentados.
    Resido em Petrópolis, Estado do Rio.
    Muitas vezes em nossas vidas recebemos de uma maneira ou de outra, avisos, pedidos e alertas da Mãe Natureza…
    Eu sempre admirei a beleza de uma semana por ano, de um pé de ipê.
    Estava eu no terraço da minha casa, que tem o piso de cerâmica e encontrei a semente caida lá. Eu já a conhecia, se parece com uma asa de mariposa.
    Despretenciosamente, eu a plantei num pequeno vaso, há 8 meses.
    E eis que a Mãe Natureza está fazendo a sua parte, com a minha pequena contribuição.
    O interessante é que nas redondezas da minha residencia, se existe, eu ainda não observei a existencia de alguma árvore de Ipê. Então não sei ainda de onde veio a semente e automáticamente não sei de que cor serão as flores do pé de ipê que plantei.
    Aqui no site, pude verificar nas fotos existentes, que as folhas do meu suposto pé de ipê não é igual as que vi no site. Como faço para enviar fotos do meu pé de ipê para que vocês confirmem se realmente o que eu plantei é um pé de ipê?
    Grato, aguardo retorno. Ronaldo.
    _____
    do blog:

    Ronaldo:

    Encaminharei a você um e-mail com as instruções para a remessa das fotos.

  123. Estevan Campelo Says:

    Parabéns pelo texto.

    eu tenho uma duvida, quando da construção da nossa casa, ganhamos uma árvore que segundo a pessoa que nos deu era um Ipê Amarelo, entretanto ao ler o texto percebo que não seja, gostaria de saber como faço para ter certeza se é(?), o de que se trata.
    grato
    _____
    do blog:

    Estevan: vou mandar-lhe um e-mail explicando.

  124. luciana Says:

    gostaria de saber onde posso comprar bonsai feitos de ipe se vc conhece algum lugar aqui em bh
    _____
    do blog:

    Luciana: creio que qualquer viveiro de mudas ou floricultura poderá indicar um ou vários cultivadores de bonsai. Estes lhe darão informações mais precisas sobre a utilização de ipês nesses pequenos vasos…

  125. Ronaldo J. R. Silva Says:

    Olá Valdi! Enviei a fotos do suposto pé de ipê que eu plantei, para você dia 3 de outubro, conforme combinamos por e-mail e hoje, 4 de outubro, voltei aqui ao blog, onde estou, nesta visita atual, prestando mais atenção em tudo nele existente, como fotos, perguntas e respostas.
    Você deve verificar nas fotos que enviei, o que só agora estou reparando melhor aqui nas fotos no blog: O meu suposto pé de ipê não tem folíolos tipo uma mão de cinco dedos… A minha dúvida no momento então passou a ser esta: Ele não tem este tipo de folíolo ainda por ser um pé novo, ou não terá nunca, porque na verdade, eu não plantei um pé de ipê?
    Aguardo teu e-mail. Abraços. Ronaldo.
    _____
    do blog:

    Ok, Ronaldo, vou verificar.

  126. Anderson Andrade Says:

    Amei seu site e explicações, nas praças de Bom Jardim de Minas tem lindos ipês amarelos, vou recolher algumas sementes para plantar em frente a minha casa e no sitio de minha avó
    Obrigado e parabéns
    _____
    do blog:

    Nós é que agradecemos sua participação, Anderson!

  127. Guilherme Says:

    Oi, na frente de casa tem uma calçada com fiaçao a 7m de altura. Você acha que seria inconveniente plantar mudas de Tabebuia chrysotricha?
    _____
    do blog:

    Guilherme:

    Na maioria das cidades, a companhia de eletricidade não recomenda o plantio de árvores, como o Ipê Amarelo (no caso, Tabebuia chrisotricha), que podem atingir a altura de 10 ou mais metros. Até atingir a altura dos 7 metros da fiação, entretanto, creio que demorará pelo menos 5 anos. Depois, a companhia vai intervir, deformando a copa da árvore. É uma questão de escolha pessoal, ver se vale a pena curtir toda a árvore por 5 ou 6 anos e depois curtir uma árvore semi-deformada…

  128. Estevan Says:

    Guilherme…

    se você olhar no site da prefeitura, tem o plano de calçadas do municipio e nele tem a recomendação de que especies de árvore você pode plantar, de cada lado da calçada. É muito importante seguir o guia de calçadas para não ter problemas de calçadas, fiação, águas e esgotos.

    Estevan

  129. Laís Says:

    Queria saber qual tipo de folha tem o ipê!!
    Me mandem pleaseeeeeee,é para trabalho de escola!!
    presciso desta respostas agoraaa
    _____
    do blog:

    Laís:

    Os ipês têm folhas compostas (compostas por vários folíolos), digitadas, opostas, cruzadas.

  130. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Tenho um ipe amarelo com uma altura de 1,40 m, plantado no vaso, qual seria o tempo de crescimento no vaso e qual seria no solo para florescer? Obrigado.
    ______
    do blog:

    Josébio:

    Tenho visto ipês amarelos com 2 metros de altura e já florindo. Talvez o seu floresça já na próxima primavera (2011). Acho importante que a planta, mesmo em vaso, receba luz solar direta pelo menos uma parte do dia.

    No vaso a planta não vai se expandir como no solo, uma vez que o crescimento das raízes, e consequentemente da copa, sofre limitação. Haverá então um efeito bonsai, com crescimento bem mais lento do que o normal. Mas a época inicial de floração não deverá ser afetada.

  131. Valdeci Gonçalves Says:

    Muito boa as respostas. Estava cheio de duvidas de como plantar as sementes de Ipê. As duvidas acabaram. Acabei de plantar 8 sementes qdo germinarem aviso a voces. Parabéns aos criadores do blog.
    _____
    do blog:

    Será ótimo receber notícia dos ipês, Valdeci.

  132. Valdeci Gonçalves Says:

    Oi pessoal, ja havia plantado duas sementes semana passada as duas estão começando a germinar. Hoje de manha qdo fui olhar tive essa maravilhosa surpresa. Todas as duas sementes vão nascer. Prometo que qdo tiverem arvores dando flores fotografo e envio a vcs.

    Abraços,

    Valdeci G. Sousa
    _____
    do blog:

    Ok, Valdeci!

  133. Felipe Jhonne Says:

    Oi, Gostaria de tirar algumas dúvidas a respeito dessa Árvore Maravilhosa. Acho o IPÊ uma árvore espetácular, e que encanta a todos com suas belas flores, pena que dentro da minha cidade nas praças, nos canteiros não tenha nenhum IPÊ, mais pretendo mudar isso, tomando uma iniciativa, plantando mudas de IPÊ nas praças,por isso gostaria de perguntar: Em uma cidade do Agreste Meridional de Pernambuco, em média quanto tempo leva para uma muda de IPÊ florir, se plantada hoje?
    Desde já agradeço… Obrigado!!!!
    Ah, Parabéns pelo site.

    Abraço
    _____
    do blog:

    Felipe: em condições ideais uma muda de ipê, depois de ser plantada no lugar definitivo pode dar flores no segundo ou terceiro aniversário. No Agreste há excelentes condições de insolação e o solo costuma ser de boa qualidade. Assim, se você plantar a muda e dar-lhe uma “mãozinha” para encurtar a época de deficiência hídrica (fazendo irrigação) creio que ela poderá florir em 2 ou 3 anos. Mas não é certeza; depende de uma série de fatores…

  134. Valdeci Gonçalves Says:

    Oi, boa noite.
    Quantas especie de Ipês existe? E quais cores de flores existe conheço apenas o roxo e o amarelo.

    Desde ja obrigado,

    VGS
    _____
    resposta do blog:

    Valdeci: o saite Flora Brasiliensis relaciona 15 espécies dentre as bignoniáceas que podem ser chamadas de Ipê. São as espécies dos gêneros Tabebuia e Handroanthus.

    Parece-me inadequado apontar a existência de um ipê “roxo”. Árvore com intensa floração de cor roxa é o Jacarandá, também uma bignoniácea, mas não Tabebuia ou Handroanthus, e sim do gênero Jacaranda, cuja espécie mais conhecida no Brasil é Jacaranda cuspidifolia. Os ipês são de cor amarela (várias espécies), rosa ou lilás (idem), branco ou róseo-branco, e ainda um “ipê verde”. Por enquanto está difícil relacionar os nomes científicos dos ipês, uma vez que a comunidade científica está fazendo seguidas reclassificações de gênero, havendo migrações de Tabebuia para Handroanthus e vice-versa (minha bagagem de conhecimentos botânicos é pequena…).

  135. Manuela Says:

    Bom dia! Venho parabenizar pelo trabalho, está realmente muito bom!
    Preciso de uma ajuda de vcs. Estou morando há 2 anos em um sitio em Mogi das Cruzes e tenho plantado várias espécies para completar “minha coleção”, existem várias espécies frutíferas e algumas outras. Tenho por exemplo um Ipê Verde, que floresce muito. Descobri que tenho um Jacarandá e um Ipê Amarelo, mas esses dois espécies não tem florescido. O Jacarandá faz todo o processo de perda de folhas, sementes, mas as flores esse ano nada. Já o Ipê Amarelo só temos observado o processo de perda e ganho de folhas, não vemos as sementes e muito menos flores. São espécies já adultas, o Ipê com + ou – 3 a 4 metros e o Jacarandá com + ou – 2 metros. Gostaria de saber o que posso fazer para que eles comece a florir.
    Obrigada,
    Manuela
    _____
    do blog:

    Manuela: O florescimento e frutificação das árvores, e das plantas em geral, depende em grande parte do elemento químico fosfato. Se o solo não tem esse elemento em quantidade suficiente, é necessário fazer a adubação. O superfosfato seria uma boa escolha. Mas adube levemente, em círculo que acompanhe os limites da copa da árvore. Você pode fazer sulcos rasos (de 5 a 10 cm de produndidade), espalhar os grânulos de adubo e depois recobrir com a terra deslocada. Quanto a quantidade, siga a orientação da embalagem do produto. No mais, é ter paciência e esperar pela próxima primavera…

  136. Jean Exequiel Says:

    Olá!, Primeiramente parabéns pelo trabalho e pelo notório amor a flora.
    Bom, plantei um pé de ipê amarelo no pátio de minha casa, ele deve estar com um metro apenas, é bem novo, o solo é argiloso porém limpo, e por debaixo de meu terreno há abundante agua, em lençóis, no entanto, ele está plantado a uma distância de 3 metros da casa. Gostaria de saber se há riscos de suas raizes prejudicarem a estrutura da casa, e quanto ao seu risco de tombamento sobre a mesma, em eventual tempestade. Na calçada da casa, plantei duas mudas de ipê roxo, não sei se possui as mesmas caracteristicas do amarelo, no entanto, fiz a calçada de pedrinhas, sem rejuntamento, o que propicia a infiltração da agua da chuva e consequente irrigação da planta, porém mora a mesma dúvida, se é comum o Ipê (roxo e amarelo) levantarem calçadas e serem vulneráveis à tempestades. Muito obrigado pela atenção e sucesso nos trabalhos. Aguardo ansioso a resposta
    _____
    do blog:

    Jean:

    1. As raízes das árvores só se concentram na superfície do terreno, e consequentemente levantam calçadas ou provocam rachaduras em muros e paredes se não houver irrigação suficiente do solo e subsolo em que a planta está hospedada.

    2. Providencie para que, em torno do tronco da árvore, haja uma área ligeiramente côncava, ou mesmo plana, que funcionará como uma zona de coleta de águas da chuva. Área um pouco mais baixa (uns 10 cm) do que o restante do terreno em torno. Área de no mínimo 4 metros quadrados, de qualquer formato (na calçada terá de ser um retângulo, por exemplo de 80 cm por 5 metros, ou de 1 m por 4 m; no quintal, área redonda, com centro no tronco da árvore).

    3. Providencie uma calçada de 1,5 metro de largura junto à parede da casa mais próxima da árvore. Calçada com inclinação para a árvore. Isto deixará o solo debaixo da calçada, e mais ainda debaixo da casa, seco. E solo seco não será procurado pelas raízes da árvore.

    4. Árvores que têm enraizamento normal (o que ocorrerá se você seguir as instruções acima, itens 1 e 2) não são tombadas por vento forte ou tempestade. Pode entretanto haver queda de galhos. Quando algum galho se aproximar demais da sua casa, trate de podar a sua ponta, e assim desaparecerá o perigo.

    5. Em solo excessivamente argiloso (que forma barro extremamente pegajoso), seria interessante cavar, num círculo a 1 metros do tronco da árvore do quintal, com cavadeira comum, uns 8 buracos de 1 metro de profundidade, e enchê-los com areia de construção, ou, melhor ainda, com folhas secas e restos vegetais, compactando-os um pouco. Num segundo círculo, distante 2 metros da árvore, fazer também desses buracos (16 a 20)

  137. amalia torres Says:

    Moro em bh tenho um ipê amarelo já adulto,com uns 4 metros de altura.
    fica no meio de um gramado com espaço suficiente p/ absorção de água.
    Após a florada de agosto ele colocou muitas vagens( em quantidade maior que a normal) só que agora em novembro já era para estar todo coberto com as folhas, coisa que não esta acontecendo. Praticamente só 10% delas nasceram.Vi em uma reportagen que as cigarras nos cafezais, seus ovos são colocados dentro da terra e qd. eclodem passam a sugar a seiva. Aqui em casa já apareceram 2 cigarras no tronco da árvore. Gostaria de saber o que fazer com minha tão estimada árvore. Será que posso colocar algum inseticida, e um fortificante para ela?
    Abraços,agradeço desde já sua atenção
    Amália
    _____
    do blog:

    Amália:

    Quanto a ataque de larvas de cigarra, não tenho conhecimento; só um agrônomo ou biólogo poderia ajudar. Mas é possível que o problema não esteja no solo. Verifique se há, durante o dia, uma “procissão” de formiguinhas pretas ou marrom-escuro subindo pelo tronco da árvore. Se houver, essas formigas estão manejando enxames de pulgões que atacam os brotos novos, impedindo-os de vingarem. Se for o caso, borrife inseticida comum (baygon, sbp, etc) sobre elas, repetindo a operação várias vezes ao dia, até que a correição acabe. Nos dias seguintes, repetir a dose, se preciso, até exterminar as formigas. Quanto aos pulgões, borrifar calda de fumo. (deixar 50 g de fumo picado em 2 ou 3 litros dágua durante 1 noite; depois coar e aspergir o líquido sobre os pulgões).

    Se algum leitor souber de caso semelhante, e como foi resolvido, favor informar.

  138. Valdeci Gonçalves Says:

    Pessoal, boa noite.
    Plantei varias sementes de Ypê todas elas nasceram. Peguei de um Ypê que tem bem em frente ao meu escritorio – Belo Horizonte-MG. Estão com uns 5 cm de altura. Vou leva-las pra Fazenda. Plantarei uma a uma pessoalmente. Assim faço a minha parte com o planeta. Alem de ser linda arvore qdo esta florida estou ajudando o planeta. Plantarei na chegada da Fazenda perto da cerca. Tirarei uma foto qdo estiverem grandes e mostro a vcs.

    Abraços a vcs.
    _____
    do blog:

    Bom projeto, Valdeci. E não esqueça de despender cuidados especiais com as plantas no primeiro ano. Se puder, faça um semi-sombreado no local (alguns arbustos, mesmo uma mamoneira). Assim você estará simulando um ambiente menos árido, como o da mata, onde os ipês crescem espontaneamente…

  139. Paulo Henrique Says:

    Boa Noite

    Gostaria de saber como faço mudas pois tenho varias sementes e não sei como fazer.
    Estou planejando fazer varias mudas e plantar pela cidade porem só tenho uma Ipê amarelo e se possível gostaria e obter as outras cores tenho espaço para plantar e posteriormente fazer mudas
    _____
    do blog:

    Paulo Henrique:

    1) Pegue uma embalagem de leite longa-vida; corte a parte de cima e corte os quatro cantos de baixo (para sair o excesso de água) da rega.
    2) Encha o recipiente com uma mistura meio-a-meio de terra comum e humus (ou esterco curtido). Regue o suficiente para deixar a mistura molhada, mas não enxarcada.
    3) Coloque duas sementes do ipê branco e afunde-as na mistura. Em seguida, cubra com um pouco da mesma mistura.
    4) Deixe em lugar semi-sombreado e mantenha o substrato (mistura) úmido, mas não enxarcado.
    5) As sementes devem germinar em uma semana ou pouco mais. Espere crescer até a altura de 40 cm (demora alguns meses), e então estará pronta para ir ao lugar definitivo. Quando for para esse lugar definitivo, antes deixe um ou dois dias sem molhar. Corte cuidadosamente a o recipiente de longa-vida e coloque num “berço” cavado no solo. Depois preencha o espaço vazio em torno da muda com a mesma mistura que tinha na caixinha de leite.

    Quanto a ipês de outras cores, você deve esperar pelas próximas florações. Quando ocorrerem, aguarde a frutificação que ocorrerá logo em seguida, e quando os frutos amadurecerem recolha as sementes (que geralmente são abundantes) e semeie-as o quanto antes (as sementes de ipê perdem rapidamente o poder de germinação).

    Boa sorte.

  140. Edêmea Rocha Says:

    Gente, quanta alegria em receber tantas informações sobre os Ipês!!
    Sou uma apaixonada por árvores e uma profissonal a serviço da natureza….faço Educação Ambiental plantando com as crianças da rede pública e iniciei há poucos dias um plantio de Ipes Roxos, que era a espécie que eu tinha.
    Pretendo fazer agora uma outra fila com Ipés Amarelos e graças a Deus encontrei vocês para sanar minhas dúvidas. Colhi vários frutos deles e já inicei meus estudos quanto as Amarelos e também quanto aos Brancos…quando eu já tiver alguns resultados quanto ao plantio, envio as fotos, ok?
    Estou enamorada pelos Ipês e tenho certeza que será amor eterno
    Obrigada e parabéns pelo maravilhoso trabalho

    Edêmea Rocha
    Campos dos Goytacazes/RJ
    _____
    do blog:

    Edemea:

    Agradecemos pelas suas amáveis palavras, e ficaremos aguardando as fotos…

  141. christian parente Says:

    Boa noite,
    estou com mais de 200 mudas de Ipê Amarelo com aproximadamente 01 mês, já transplantadas para um copo plástico, minha dúvida:
    quando devo transplanta-las definitivamente, e qual a profundidade que atinge a raiz, pois quero planta-las na capital de São Paulo.
    Obrigado
    Christian Parente
    _____
    do blog:

    Christian:

    1. Da análise de árvores urbanas tombadas por ventanias, podemos concluir que a maior parte (90% ou mais) do enraizamento ocorre na profundidade de até 1 metro, faixa em que as raízes buscarão umidade e nutrientes. Se a árvore é do tipo que tem um “pião” (exemplo, Eucalipto), esse “pião” adentra o solo até grande profundidade, geralmente em busca de fontes de umidade. Além dos “piões”, raizes finas, fasciculadas, podem aprofundar-se com o mesmo propósito.

    2. Se o solo estiver muito compactado (resultado da ação de máquinas pesadas, por exemplo) a faixa de ação das raizes pode ser drasticamente reduzida, o que comprometerá o equilíbrio da planta quando ela atingir idade provecta.

    3. É interessante efetuar o plantio da muda depois de ter preparado uma espécie de “berço” (palavra melhor do que “cova”), de pelo menos meio metro de diâmetro e 1 metro de produndidade, em que será colocada terra de boa qualidade, com grumos mas sem torrões empedrados, talvez misturada com matéria orgânica (humus).

    4. Creio que o ideal seria transplantar a muda para o lugar definitivo depois dela atingir a altura de 40 ou 50 cm, quando estará com folhas suficientes para uma “arrancada” no novo meio. E em lugares públicos uma proteção será necessária (uma cerquinha de bambu, por exemplo, e se possível sombreamento e irrigação (caso não chova) nos primeiros dias.

    5. Mas para atingir 40 ou 50 cm o recipiente deve ser bem maior do que um copo. Mudas menores vão depender muito da fertilidade do solo que lhe servirá de novo habitat, bem como de cuidados redobrados para evitar a insolação (e consequente ressecamento) excessiva e a ação de pessoas ou animais que poderão pisoteá-las por distração.

    Boa sorte, e se puder, mande fotos periódicas para que possamos acompanhar a experiência. Ou crie um blog com o mesmo propósito, mandando-nos o linque…

  142. valdir a. nascimento Says:

    Eu ví apenas flores de ipe ,tronco de ipe, mas pé e ipe eu não ví.

  143. christian parente Says:

    Obrigado pela atenção!
    Logo enviarei imagens!
    Abraços
    _____
    do blog:

    Ok, Christian! Também agradecemos.

  144. Zé Netto Says:

    Preciso parabenizar o idealizador desse blog.
    Moro no “coração da Mata Atlântica”, no Sul da Bahia em Almadina e confesso que o mês do ano mais aguardado por me é setembro, quando fico vislumbrando no resquicio de floresta que remanesce na região algum sinal de vida dos ipês (amarelo e rosa) nas serras que cercam a cidade e tem sido cada vez mais difícil vê-los. Minha família tem uma propriedade rural e agora decidir fazer corredores de ipês nos caminhos que ligam as casas e ao longo do ramal que corta a fazenda. Estou encantado com as primeiras sementinhas germinando, plantei 200 sementes de ipês rosa, amarelo, branco e roxo. A idéia é criar, daqui a alguns anos, viveiros para distribuir sementes e mudas, a quem se interessar. Vamos aproveitar cada semente de ipê e transformá-la em uma nova árvore.
    _____
    do blog:

    Ótima iniciativa, Zé Netto!

  145. Thalita Says:

    Li suas explicações achei muito esclarecedoras.
    Parabéns pelo seu trabalho

  146. Leticia Says:

    Gostaria de dar como lembrancinha no meu casamento sementes de ipês ou mudas delas. É um presente que pode durar para vida toda e de beleza sem igual. Qual a melhor opção – semente ou muda?
    _____
    do blog:

    Letícia: uma mudinha, dessas que vêm em tubetes pretos, com esses tubetes acondicionados numa caixinha “incrementada”, para não tombar (deixando as folhinhas de fora), teria visibilidade e maior probabilidade de ser plantada. Um viveiro de mudas poderia providenciar os tubetes sob encomenda, caso já não tenham as mudinhas prontas…

  147. OSCARMO DE BARROS Says:

    GOSTARIA DE SABER O MOTIVO QUE O IPÊ QUE TENHO PLANTADO NÃO PRODUZ MUITAS FLORES.
    AGRADEÇO
    _____
    do blog:

    Oscarmo:
    1. As primeiras florações de um ipê jovem costumam ser ralas, pouco intensas. Com o passar dos anos as florações tendem a se tornarem intensas e passam a cobrir a copa de flores.
    2. Os cachos de flores só aparecem nos ramos que perderam as folhas. Se as folhas da árvore cairam apenas em parte, na parte ainda enfolhada não haverá floração…

  148. Ana Cristina Says:

    Parabéns pelo site!!
    Quantos anos leva para um ipê amarelo atingir o ápice de seu crescimento, qual seria a sua altura e largura que seu tronco em idade adulta. E a pedido de meu filho gostaria de saber se um ipê adulto teria estabilidade suficiente para suportar peso de uma “casa na árvore”.
    _____
    do blog:

    Ana Cristina:

    1. O crescimento do Ipê Amarelo (e em geral, de todas as árvores nativas não submetidas a melhoramento genético) varia muito, dependendo do tipo de solo (riqueza em nutrientes e textura) e outros elementos do meio-ambiente (clima, regularidade das chuvas, etc). Para um (Tabebuia Alba) dos Ipês Amarelos normalmente plantados em nossas cidades, a Embrapa realizou experimentos em 8 cidades paranaenses, obtendo, depois de 5 anos, como melhor resultado, altura média de 4.77 metros, com DAP (diâmetro à altura do peito) de 7 cm.
    2. Temos visto Ipês Amarelos florescerem muito cedo (diferente dos Ipês Rosas, que normalmente demoram mais), talvez com 3 anos depois do plantio da muda no local definitivo (altura de 2 metros e dap de 5 cm). O primeiro florescimento indica a chegada da idade adulta. Os Ipês Amarelos, segundo Harri Lorenzi, atingem no máximo 10 metros de altura e 50 cm de DAP.
    3. Não conhecemos estudos científicos sobre quantos anos o Ipê demora para atingir o seu crescimento máximo. Mas da minha experiência pessoal com Ipê Rosa, espécie do mesmo gênero do Amarelo, com 20 anos a árvore atingiu 8 metros de altura (em solo fraco, arenoso), aparentemente estacionando nesse patamar. Creio que 20 anos seria um bom palpite, sujeito a correções, é claro.
    4. “Casa na Árvore” é uma construção leve, e os ipês têm madeira geralmente forte, de densidade média ou grande. Aguentaria tranquilamente uma construção destas, desde que tomados certos cuidados: a) galhos de apoio com pelo menos 8 cm de grossura; b) não fazer entalhes nos galhos ou no tronco, fixando a madeira da casa através de amarrios com cordames, arames grossos ou fios de aço; c) nos pontos em que os fios enlaçam o galho ou tronco, colocar antes um anteparo de borracha dura, plástico ou pneu, para que com o tempo o fio não estrangule o galho ou tronco, torando-o.

  149. André Aguiar Says:

    Bom dia, parabéns pelo site, rica fonte de informações.
    Estou interessado em plantar um Ipê amarelo no jardim de casa de praia no Ceará. O terreno fica a 200 m da praia, tem muito sol e vento, e o ideal seria plantar perto de um dos muros do jardim. Aqui em Fortaleza consigo comprar mudas de 80cm. Você acha que terei sucesso nesse projeto? Posso plantar Ipê de qualquer côr ou tem um mais adequado para essa situação?Quais as dicas específicas nesse caso? Vi nos comentários técnicos que não deve ser plantado diretamente no sol, neste caso tem um dos muros que dá sombra uma parte do dia. Posso plantar a muda a quantos metros do muro se for o caso? Obrigado pela atenção. André.
    _____
    do blog:

    André: o ideal seria plantar a pelo menos 2 metros de distância do muro. E havendo (como deverá haver) uma área plana em torno da planta, para a infiltração da água da chuva, a árvore deverá crescer normalmente. Se ela não puder contar com a sombra do muro, observe o seu comportamento: se ela parece bem, deixe como está. Não esquecendo que na época do estio a árvore, mesmo pequena, pode perder as folhas, ocorrência normal.

    O comportamento dos ipês são muito parecidos, já que todos pertencem ao mesmo gênero (tabebuia ou handroanthus). Escolha a cor pelo seu gosto.

  150. paula van tol Says:

    bom dia, li várias das suas respostas mas não consegui achar uma que se encaixasse no meu problema: tenho uma muda d ipê roxo que estava super bem mas de repente as folhas começaram ficar marrons, TOTALMENTE MARROM, e a caírem em conjunto…o que devo fazer?? nao quero q ela morra…por favor me ajude, obgda e feliz ano novo
    _____
    do blog:

    Paula:

    Os ipês renovam as suas folhas anualmente, mesmo antes de atingirem a idade adulta e começarem a florir. Deve ser esse o problema.

    Verifique se a terra do vaso ou recipiente onde a muda está plantada não está muito seca. Dê uma boa irrigada (jogue 1 ou 2 copos de água, aos poucos para infiltrar bem, e aguarde de 15 dias a 1 mês. Nesse período a plantinha deverá brotar novamente.

  151. Alexandre Morais da Silva. Says:

    Adorei a Matéria sobre (ipês) mas estou ansioso pois meu pé de ipê está com alguns meses e vai demorar para dar flores rsrsrs.
    Só depois de dois(2) anos ele florece??
    Abraço:Alexandre- Massaranduba-SC-
    _____
    do blog:

    Se tiver sorte, sim, Alexandre! Mas em Santa Catarina, com clima mais ameno, pode demorar mais.

  152. mara Says:

    sou de bangu rio de janeiro.a temperatura aqui as vezes chega aos 40 graus .plantei um ipe, sera que vai crescer mais e florescer ? ja deve estar com quase 2 metros de altura.
    _____
    do blog:

    Mara:

    O Ipê, bem como as árvores brasileiras em geral, não têm problema com as altas temperaturas. Assim, ele deve crescer normalmente. Apenas cuide para que ele receba uma boa irrigação da chuva:

    1) deixe em torno dele um espaço sem calçamento de 2 metros de diâmetro.

    2) Se não for possível, deixe um espaço menor, mas cuide para que a água da chuva do calçamento em torno se dirija para esse espaço, acumulando ali (formando um laguinho provisório) até se infiltrar no solo.

  153. Carllos Oliveira Says:

    Esse ano em minha cidade de Cuncas-Ce,plantaremos 150 pés de Ipês amarelo em homenagem a festa dos 150 anos do padroeiro São Sebastião.Onde encontrar mudas?
    Abraços.
    _____
    do blog:

    Carllos:

    Na sua cidade, ou numa cidade vizinha, maior, deve haver um viveiro de mudas. Mudas de ipê são muito comuns, e o viveiro deve tê-las às dezenas… Se não conseguir e quiser fazer você mesmo as mudas (sementes de ipê brotam fácil), pode encomendar pela Internet, de firmas especializadas em sementes de árvores. Uma delas é a Aja Brasil ( http://www.aja.org.br ), que vende kits com sementes de várias árvores.

  154. Ziza Pereira Says:

    Olá plantei há 1 ano um ipê amarelo na calçada da minha casa, com um espaço de 40 cm x 40 cm. A calçada fica no pé de um jardim com grama inclinado. Gostaria de saber se mesmo tendo calçada em volta ele ira se desenvolver bem, ou se mesmo assim seria melhor eu quebrar a calçada e deixar um espaço maior envolta da árvore para captar melhor a chuva.
    E também na minha rua tem fios de energia aproximadamente 6 metros do chão, isso poderia causar algum problema? Será que meu ipé crescerá mais que isso?
    _____
    do blog:

    Ziza:

    1. O seu ipê deve atingir a altura de 10 metros ou mais.
    2. O espaço de 40 x 40 cm é “sufocante” para qualquer árvore. Seria bom aumentá-lo para pelo menos 60 x 100, com o tronco no centro. Quanto maior o espaço (que pode receber grama), melhor.
    3. Quando os galhos atingirem a altura dos fios, a cia. de energia elétrica vai podar alguns deles. Esteja atenta para que eles podem apenas o necessário, sem desfigurar a árvore…

  155. Lúcio Flávio Says:

    Olá, estou com duas mudinhas de ipê-roxo num potinho de plástico, plantei as sementes em novembro mais ou menos e hoje estão com 4 folhinhas e +- 8cm. Queria saber qual adubação devo fazer, se tenho que colocar cascalho no fundo para drenar, qual o período de adubação, e com qual altura posso transplantar? Ah mais uma pergunta, pretendo tentar fazer de uma delas um bonsai será que da certo, já vi em alguns lugares! Obrigado!
    _____
    do blog:

    Lúcio Flávio:

    Imagino que esse pote plástico seja bem pequeno. O ideal seria você já transplantar as mudas para o solo, para o lugar definitivo. Faça no solo um “berço”: cave um buraco com meio metro de diâmetro e meio metro ou mais de profundidade. Misture a terra retirada com esterco curtido ou humus de minhoca (pode ser, por exemplo, 3 partes de terra e 1 de humus ou esterco). Encha parcialmente o berço com a mistura, até 15 cm da borda. Soque um pouco para que a mistura não fique solta. Retire cuidadosamente, com tesoura ou faquinha, o fundo do pote. Coloque o pote com a muda no centro do berço. Preencha os espaços em torno do pote com a mistura terra-humus, socando levemente com as mãos. A superfície do potinho deve ficar um pouco abaixo (5 ou 10 cm) da borda do berço. Faça uma abundante mas cuidadosa irrigação em torno da plantinha. Não esqueça de instalar proteção para o berço (cerca de bambu, madeira ou metal) e, caso haja estiagem mais prolongada, irrigar. Se o sol estiver muito forte, um sombreamento (com sombrite) seria interessante.

    Você pode transformar uma das mudas em bonsai. Procure algum “japonês” ou revista especializada para seguir as técnicas.

    Um bom tamanho para transplantar mudar é quando elas estão com pelo menos 40 cm de altura. Quanto ao período, na Primavera ou Verão.

  156. Sérgio Cassimiro de Oliveira Says:

    Olá! gostei muito da matéria, plantei 20 pés de ipe amarelo, vou esperar esse ano florescer e fazer as mudas conforme explicação do site.

    abraço,

    Sérgio.

  157. tata Says:

    preciso fazer um trabalho alguem me ajuda qual é as nervuras , limbo e bordas do ipe roxo , nao estou achando em lugar nenhum quem saber por favor fale !!

    Obrigado . agradecida .

  158. Barbara Bebianno Says:

    Caros Senhores,

    Me emociona saber e, de fato, ver o quão sensíveis podem ser as pessoas quando se deparam com a beleza de uma plantinha brotando. Sou advogada e tenho consciência de que nada na minha profissão se encaixa com o amor que desenvolvi pelas plantas e pelos animais.
    Creio mesmo que um ser humano incapaz de amar plantas, animais e outros seres vivos, é incapaz de qualquer outra coisa no mundo.
    Meu blog tem um pouco de tudo, animais, plantas, dia-a-dia humano…
    Estou encantada com o nível das informações contidas neste site.
    Plantei sementes de ipês branco, amarelo, rosa, roxo e verde aqui na minha casa. Tenho tomates cereja, maracujá, verduras, flores, todos recém-plantados… Estou à espera do florescimento, acompanhando, encantada e agradecida a Deus, cada nova folhinha, cada milímetro de crescimento.
    Vim agradecer pela dedicação de vocês às plantas, pela oportunidade de aprender mais um pouquinho…
    Parabéns a todos e um grande abraço.

  159. marco aurelio Says:

    como faço para que a arvore de ipe amarelo fique pequeno e dê flor
    para colocar no apto ou dentro de casa
    _____
    do blog:

    Marco Aurelio: você deve aplicar técnicas de bonsai. Procure se informar sobre essa técnica, para que a planta se mantenha com saude. Basicamente, o crescimento de uma planta depende do crescimento de suas raízes. Se você plantar o ipê num vaso, digamos de 20 litros, ele não poderá crescer muito (e exigirá poda de uma parte dos galhos). Mas essa planta exige um mínimo de luz, de preferência luz solar direta que incida sobre ela pelo menos 1 ou duas horas por dia.

  160. Samuel D Says:

    Vi em vários lugares falando que a semente não possui boa viabilidade e tal. E as sementes que eu arranjei, provavelmente, já tem um tempo que está em estoque. Se tiver jeito, eu gostaria de algumas dicas para poder plantar as sementes dessa planta. Estou usando elas para fazer um trabalho, de engenharia ambiental, em relação ao crescimento dessa planta com o uso de residuos sólidos.Já agradeço, se tiver jeito de me ajudar com as seguintes duvidas:
    Qual melhor forma de quebrar a dormência?
    Eu posso plantar as sementes mesmo após um tempo de estoque?
    Qual o melhor solo para plantar?
    Após quanto tempo que ela começa a germinar?
    E outras dicas serão muito bem vindas.
    _____
    do blog:

    Samuel:

    1. As sementes dos ipês não apresentam dormência.
    2. Pode plantar sementes estocadas. Mas quanto maior o tempo de estocagem, menor a taxa de germinação (parece que embalagens de papel alumínio conservam melhor as propriedades germinativas das sementes).
    3. Não fiz nenhum estudo acadêmico, mas não notei diferenças significativas entre ipês plantados em terras de boa fertilidade e plantados em terras fracas, arenosas.
    4. Sementes de ipê geralmente germinam entre 7 e 15 dias.
    5. Talvez resíduos sólidos combinem melhor com terras argilosas (penso que compensariam um pouco a baixa permeabilidade desse solo).

  161. Ana Lídia Says:

    Boa noite,

    Eu ganhei umas sementes que supostamente eram de ipê amarelo, porém, vendo fotos de outras sementes de ipê amarelo eu fiquei confusa, pois as fotos das sementes que eu encontro na internet são diferente das sementes que ganhei. Você sabe se as sementes de ipê roxo e amarelo são iguais?
    Além disso, existe mais de um tipo de semente de ipê?
    _____
    do blog:

    Ana Lídia:

    1. As várias espécies de ipê (gêneros Tabebuia e Handroanthus) têm sementes muito parecidas, somente diferindo em dimensões do comprimento, largura e espessura. As dos ipês amarelos são bem menores do que as dos ipês rosa (quando as flores são verdadeiramente roxas, provavelmente trata-se de Jacarandá, da mesma família das tabebuias e handroanthus); as menores sementes que vi são as do ipê branco).
    2. Semeando as sementes, logo você tirará a dúvida, podendo consultar outras pessoas ou mandar-nos fotos das sementes e das mudas obtidas com elas. Nosso e-mail é “valdirdala@top.com.br” (sem aspas, claro). No caso das sementes, nas fotos (modo macro de sua câmera) elas devem estar ao lado de uma régua.

  162. Samuel D Says:

    O tipo de terra então não é o fundamental, né? Você acha que eu devo preparar a semente de algum jeito antes de fazer a semeadura? Tipo colocar em água por tanto tempo, retirar a casca fina que fica por volta da semente ou outras coisas do tipo pra ajudar na germinação.

    Vou plantar aqui 240 sementes, em 6 tipos de porcentagem de residuo sólido no substrato. Tomara que dê certo.

    Muito obrigado com a ajuda, tenho certeza que vai me ajudar bastante.
    E parabéns pelo blog.
    _____
    do blog:

    Samuel: sementes de ipê não precisam de nenhum preparo. Apenas deixe elas cobertas por uma leve camada de terra de meio centímetro. São muito fáceis de germinar logo depois de “voarem” das árvores. E se estão armazenadas, as que tiverem de germinar, germinarão facilmente; as outras provavelmente não vingarão de modo algum. Não esqueça de anotar no seu estudo a taxa da germinação dessas sementes…

  163. Priscila Says:

    Ola, muito interessante seu blog..
    Moro em Goiania e trabalho em uma escola que esta com o projeto de plantar IPÊ – AMARELO no dia da arvore com todos os alunos.
    Mesmo falando alguns meses vc acha q ja devemos ir nos preparando?
    O que precisamos já providenciar?

    Desde ja agradeço!
    _____
    do blog:

    Priscila:

    Se as mudas já estão disponíveis ou encomendadas, só falta fazer, no dia anterior ou nos dias anteriores ao plantio, os “berços” para as plantas. Seria cavar, para cada uma, um buraco de meio metro de diâmetro por meio metro ou mais de profundidade. A terra retirada, ao voltar para o berço, estará mais solta (principalmente se o solo for argiloso) e propícia para o desenvolvimento inicial das raízes. Seria bom providenciar, também, lascas de bambu ou madeira para fazer, em redor de cada “berço”, logo depois do plantio, uma pequena cerca de proteção.

  164. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Tenho um ipe amarelo plantado no vaso grande e que dentro dele tem uma altura de 1,5 mt e vou plantar na calçada, ele vai desenvolver mais rápido? Precisa cavar muito a terra para colocar a raiz bem fundo? Existe a possibilidade de florescer este ano?
    _____
    do blog:

    Josébio:

    1. A primeira floração do ipê amarelo depende do tipo de solo, clima, etc. Mas, pelo que tenho visto aqui em Campo Grande, só com um tanto de sorte ele abrirá floração ainda neste ano. Mais provável é que isto ocorra no próximo ano, quando ele deverá atingir 2 metros ou mais (as folhas novas e galhos novos dos ipês só aparecem após a floração).

    2. Plantado no solo ele deverá se desenvolver melhor, pois não haverá restrições ao crescimento das raízes. Cave um “berço” um pouco maior do que o diâmetro do vaso e com pelo menos meio metro de profundidade. A superfície da terra do vaso, que deverá estar “grudada” nas raízes da planta, deverá ficar uns 10 cm abaixo da superfície da calçada em torno, para que a água da chuva se acumule em maior quantidade ao redor do tronco, infiltrando-se depois.

  165. aelton charles santos Says:

    Aadorei as informacoes contidas neste blog, pois comprei cem sementes de ipes roxo, amarelo,rosa e branco estava com duvidas como germinar as sementes, agora tirei todas as duvidas muito obrigado. Volto a falar com voces depois que as minhas mudas estiverem prontas para plantio.
    Pois amo a natureza como muitos.
    _____
    do blog:

    Ok, Aelton! Ficaremos aguardando…

  166. claudio Says:

    Senhores,
    Parabenizar pelo trabalho, aproveitando para solicitar esclarecimentos:
    - Se é possivel, como fazer e a melhor época para trocar de local um pé de ipe amarelo com 03 metros de altura e aproximadamente 03 anos.

    obrigado
    _____
    do blog:

    Claudio:

    Não temos experiência em translocação de árvores. Se puder, consulte um viveirista, ou melhor ainda, encarregue-o da operação. Outra dica seria passar o problema ao setor especializado em parques e jardins da prefeitura de sua cidade.

  167. michel Says:

    qual é o melhor mês para a poda das raizes de um ipe?
    (bonsai)
    _____
    do blog:

    Michel: não temos conhecimento a respeito de manutenção de bonsais. Deve haver na Internet saites especializados, ou então você pode consultar algum cultivador (geralmente “japonês”). Creio que vai ter relação com a Lua e com a estação do ano…

  168. josébio Says:

    Moro no Rio, surbubio, a temperatura é alta que chega nessa época de estiagem até 35 graus, plantei na calçada um ipe amarelo como voce ensinou no ultimo comentário e ficou com 1,25 cm de altura, com esse calor devo regar todo dia? Pode prejudicar a raiz? A terra esta adubada, quanto tempo vai florescer? Muito obrigado.
    _____
    do blog:

    Josébio:

    1. Os ipês florescem após um período relativamente longo de estio (digamos, 1 ou 2 meses) seguido de uma boa chuva (digamos, 20 mm). A primeira floração é imprevisível, pois depende da adaptação da planta ao seu ambiente (tipo de solo, duração dos períodos de estio, etc). Talvez a sua planta floresça quando estiver com 2 metros de altura, ou quase…

    2. Se ficar 2 semanas sem chover, irrigue a sua árvore, inundando o espaço em torno do tronco com 15 ou 20 litros de água (cuide para que a água fique concentrada em torno do tronco). Repíta a operação se ocorrer outro período assim seco. Irrigação assim não vai prejudicar a planta, pois a água vai infiltrar dentro de meia hora, ou pouco mais, e vai distribuir-se pelo solo onde estão as raízes do ipê.

  169. Wenderson G Campos Says:

    Gostei muito do blog e aproveito para tirar uma dúvida! Tenho várias mudas de Ipê de todas as cores, 30 mudas de cada cor) devem estar com uns 8 a 10 cm cada uma e agora apareceu uma grande mancha negra em uma das mudas, mais especificamente no Ipê Branco. é uma mancha muito escura e liza, tornando a folha muito fina. O que devo fazer? Desde já agradeço a orientação e parabenizo de blog.
    _____
    do blog:

    Wenderson:

    Difícil dizer sem examinar, mas pode ser trabalho de fungos, geralmente trazidos à planta por formigas pretas ou marrons, pequenas. O jeito é isolar a muda afetada, para não contaminar as outras. Quanto à muda afetada, é esperar para ver se nascem novas folhas, e normais. Se houver, nas mudas, presença dessas minúsculas formigas (com 3 ou 4 mm de comprimento), dê toques leves com um dedo sobre o tronco da muda, para que as formigas caiam; depois borrife inseticida comum sobre elas.

  170. Antonio Santana Says:

    Plantei um ipê branco com mais ou menos 1 metro de altura em um local com sol direto e terra adubada. Depois de 1 mês caíram as folhas e já fazem mais de 3 meses que o galho tem um aspecto de seco. Já me disseram que é uma característica do Ipê. Será que a minha muda morreu?
    Como faço para saber?
    Muito obrigado e parabéns pelo blog.
    _____
    do blog:

    Antonio:

    1. Você não informou de que região do Brasil é, e assim ficamos mais limitados no nosso palpite.
    2. Os ipês perdem todas as folhas quando há um estio prolongado (normalmente, para a região sudeste-centro-oeste, no outono ou inverno).
    3. Se na sua região o estio já dura três meses, tudo bem com o ipê.
    4. Mas parece que o caso foi de “choque” no transplante, e se for mesmo, a muda está perdida. No transplante, cuide para que as raízes junto ao tronco não se desloquem da terra circundante; coloque a muda no novo local, comprima a terra em volta do torrão das raízes e inunde a área, formando um “laguinho” em torno do tronco; nos dias seguintes, cuide para que o solo permaneça úmido, mas sem encharcamento.
    5. Tente uma “inundação” em torno da muda (uma vez apenas) e espere 10 dias para ver se há reação.

  171. Wenderson G Campos Says:

    Olha eu aí mais uma vez para pedir informações…
    Como eu disse na minha mensagem anterior, tenho umas 30 mudas de cada cor de Ipê, elas estão com uns 10 a 15 cm de altura e permanecem com aquelas primeiras folhas arredondadas que nascem logo após a germinação e seis folhas normais. Gostaria de saber se devo corta-las para adquirem mais força ou devo deixar como está? Obrigado!
    _____
    do blog:

    Wenderson: cortando as folhas, você vai enfraquecer a muda. Deixe como está, lembrando que na presente estação, Outono, as folhas dos ipês podem parar de brotar, e as existentes podem até secar e cair, para iniciar nova fase de rebrota mais adiante. Mantenha a terra das mudas ligeiramente úmida, se preciso irrigando 2 vezes por dia.

  172. ROMILDA SILVA FRANCISQUINI Says:

    gostaria de saber quanto tempo demora um ipê para florir, contando desde o plantio com sementes, bjs
    _____
    do blog:

    Romilda:

    As árvores nativas brasileiras ainda não estão “padronizadas” como muitas espécies estrangeiras (pinheiro, eucalipto). Assim, não há uniformidade com relação a crescimento, primeira floração, etc. Acho razoável esperar que em condições ideais (e com sorte) um ipê dê a primeira floração (após a queda natural de suas folhas) 3 anos depois do enterrio da semente. Num clima com estiagens mais prolongadas é bom deixar a muda semi-sombreada nos primeiros 2 anos, mesmo que já esteja plantada no lugar definitivo. E não esquecer de manter a terra sempre ligeiramente úmida (sem excessos de irrigação que provoquem encharcamento).

  173. valéria Says:

    BOA TARDE! GOSTARIA DE SABER ONDE EU POSSO ENCONTRAR O IPÊ-AMARELO E ROSA.OBRIGADA
    _____
    do blog:

    Valéria: você não informou em que região do Brasil reside, mas mudas dos ipês são as mais comuns em viveiros. Pode-se dizer que a grande maioria dos viveiros têm mudas dessas árvores para vender…

  174. Luísa Says:

    Olá, plantei algumas sementes em casa mesmo, em Sao Paulo capital e gostaria de saber qual seria o local mais adequado para plantas as futuras mudas. Gostaria de plantá-las em uma regiao de Mata Atlantica, mas temo que seja demasiado úmido. Qual sua opiniao? O ideal é realmente o campo?

    Obrigada.
    _____
    do blog:

    Luísa: Há várias espécies de ipê amarelo (chrysotricha, alba, aurea, ochracea, serratifolia, umbellata, vellosoi, etc.). A espécie que mais se vê em nossas cidades é Tabebuia chrysotricha, que é originária da Floresta Pluvial Atlântica (ou Mata Atlântica), que vai do Espírito Santo até Santa Catarina. Provavelmente, portanto, as suas mudas vão se sentir em casa se plantadas em área de Mata Atlântica.

    Mas se as suas mudas não forem da espécie chrysotricha, igualmente sem problemas. As mudas vão se adaptar perfeitamente a esse ambiente.

  175. Gisele Says:

    olá ,ganhei uma muda de ipê amarelo ,mas não tenho espaço para ela eu posso planta-lá em vaso ?ela florescerá ?qual é o tipo de vaso (material )?bjs muito obrigado
    _____
    do blog:

    Gisele:

    Pode plantar em vaso (de cerâmica ou concreto), aplicando técnicas de bonsai. Procure se informar sobre essa técnica (em saites especializados ou com um “japonês” que pratique essa arte), para que a planta se mantenha com saude. Basicamente, o crescimento de uma planta depende do crescimento de suas raízes. Se você plantar o ipê num vaso, digamos de 20 litros, ele não poderá crescer muito (e exigirá poda de uma parte dos galhos). Mas essa planta exige um mínimo de luz, de preferência luz solar direta que incida sobre ela pelo menos 1 ou duas horas por dia.

  176. Zé Netto Says:

    Das 200 sementes que plantei em dezembro, germinaram 178. Estarei plantando definitivamente, nessa segunda semana de junho, pretendo tirar algumas fotos e enviá-las, se possível postem no blog, pois conciliam cercamento convencional com ecológico, fazendo uso de garrafas pet para reduzir o nº de estacas usadas e também para a irrigação, num processo de gotejamento por gravidade. A madeira usada na cerca é proveniente de espécies da mata atlântica que tombaram na floresta por causa do vento.
    Espero em breve estar enviando fotos dos ipês florescendo.
    _____
    do blog:

    Ok, Zé Netto! Ficaremos aguardando fotos e notícias das árvores.

  177. Zé Netto Says:

    Gostaria de saber qual é a quantidade média diária de água exigida por um pé de ipê roxo, amarelo, rosa e branco? Varia ou a irrigação pode ser a mesma para todos?
    _____
    do blog:

    Zé Netto: são plantas do mesmo gênero, ou gêneros muito parecidos, e portanto têm comportamentos também muito parecidos. Tratando-se de mudas pequenas, seria bom irrigar 1 ou 2 vezes por dia, de manhã cedo ou no fim da tarde. Meio litro para cada mudinha é suficiente.

  178. Sylvia Elaine Gello Says:

    bem segundo ditado popular nós temos que “ter um filho, plantar uma arvore e escrever um livro…”, pois bem eu e minha filha de 5 anos acabamos de plantar nossa arvore…!!!
    Adquiri 3 mudas de Ype Rosa, com cerca de 1 metro e meio, ai plantamos 2 na frente de casa com 2 metros de distancia uma da outra, escolhemos rosa pois a casa é de minha filha e em homenagem a ela que ama a cor rosa, elas tem um significado unico em nossas vidas, o amor que temos uma pela outra…, é como se fosse eu e ela…, não vejo a hora delas crescer e mostrar sua formosura!!!!,
    Agora sobrou 1 e eu to pensando em plantar no quintal de casa do lado de dentro la tem um espaço de mais ou menos 3 metros entre o muro e a varanda calçada a minha duvida é se quando elas crescerem não ira destruir o muro e a varanda, e tambem de quando elas se encontrarem no topo não irão se “sufocar” ja que estão meio perto… queria sua opinião, acha não tera problema se plantar no quintal?

    Ah ! Esqueci de dizer eu moro no res. Estrela park em campo Grande!!
    _____
    do blog:

    Sylvia Elaine:

    1. Quanto às duas árvores na frente da casa, nenhum problema; elas se ajeitarão e acharão um meio de crescerem em harmonia. Cuide apenas para que elas tenham suprimento adequado de água: faça com que a água da chuva que cai sobre elas se infiltrem no solo em redor dos troncos (não deixe essa água escorrer para longe das árvores).

    2. Quanto à árvore a ser plantada no fundo do quintal, o espaço é um pouco pequeno, mas viável. Você deve escolher um lugar ao centro, cuidando para que a água da chuva escorra para o tronco, que deve estar em lugar mais baixo, numa espécie de “bacia”. Assim fazendo, a planta terá suficiente provisão de água e as suas raízes afundarão no solo em vez de crescerem superficialmente. E só raízes superficiais poderão abalar a estrutura da casa ou do muro…

  179. Sylvia Elaine Gello Says:

    Uma vez eu escutei uma estoria muito linda inclusive, que fala sobre um agricultor que plantou varias arvores em seu terreno, e seu vizinho verificou que este homem plantava mas não as regava, e intrigado pensava “que homem estranho ele planta mas não da água pra elas, não cuida de suas arvores..”, um dia o vizinho mudou, e muitos anos depois houve um grande vendaval na cidade, e ele resolveu voltar pra verificar como estavam as pessoas…, ao entrar na cidade e vendo a destruição, verificou que todas as arvores da cidade foram praticamente arrancadas do solo com a brutalidade do vento…, mas qual foi sua surpresa ao chegar em sua antiga casa e verificar que as arvores daquele humilde agricultor, continuavam intactas!!, pasmo ele perguntou __Como pode só suas arvores ter sobrevivido?
    e o agricultor lhe respondeu com sua sabia experiencia e lagrima nos olhos, ___quando as arvores não encontram mantimento na supeficie elas são obrigadas a aprofundar suas raízes ate encontrar um lençol de água , isso faz com que se tornem fortes e suas raízes profundas, aguentando assim o tempo de seca e fortes vendavais, dificilmente adoecem pois as águas profundas são mais limpas e ricas em nutrientes…
    Bom moral da historia, atravez do sofrimento e de poucos recursos, somos obrigados a sair do comodismo, cavar novos “poços”, adquirir novas experiencias…, isso nos faz pessoas profundas e não superficiais, não nos abalamos com facilidade com os nãos da vida e nem com os vendavais que geralmente nos cercam…, aprendemos a ver o belo e o milagre de Deus mesmo em meio a grande dificuldades…, pois aprendi que é em meio ao deserto que Deus nos testa, nos molda e nos transforma em verdadeiros guerreiros…
    Agora quanto ao meu ypê rosa que plantei vou deixar bastante espaço no solo só com grama e deixar que o tempo transforme ele numa arvore magnifica, e no tempo determinado todos verão sua grande florada contemplando assim a beleza da criação de Deus…, sei que existem espécies lindas de arvore mas sem duvida a que eu mais amo e admiro é o Ype…e quem quiser me mande fotos dessa bela especie por email vou amar!!!

  180. Lúcio Says:

    Olá sou de João Pessoa, e tem um ipê amarelo plantado aqui já tem uns três ou quatro anos e ele foi adquirido no viveiro da prefeitura sendo nativo mesmo da região, no entanto ainda não florou e ele já tá com uns 5 metros, ou seja, já grande, e ele está bem cheio, será que ainda vai demorar mais?

    Quanto à árvore que falei que bota flores pequenas da cor violeta bem forte, meu colega disse que era sucupira, não sei se é mesmo!
    _____
    do blog:

    Lúcio: o comportamento das árvores varia bastante, dependendo das condições do solo e do clima. Mas acho que o seu exemplar está prestes a florir. Vamos torcer.

  181. ana terra Says:

    Olá, amantes do ipe roxo!
    Preciso mto de ajuda!

    Tenho uma espécie de 04 anos plantado em meu jardim, ele começou a apresentar pequenas manchas escuras nas folhas que se alastram rapidamente secando-as e caindo ao chão..
    Não sei como tratar e vejo que ele agoniza!
    Me ajudem, por favor!
    Abç,
    Ana Terra
    _____
    do blog:

    Ana Terra: É normal que nessa época do ano (estio na maior parte do país) as folhas dos ipês escureçam, sequem e caiam. É da natureza dessa e de muitas outras árvores brasileiras. Aguarde, e daqui a 15 dias no lugar das folhas aparecerão lindos cachos de flores. E logo em seguida novas folhas.

    Se na sua cidade não tem chovido nos últimos 7 dias, dê uma ajudazinha irrigando o solo em torno do tronco da sua árvore.

  182. Sandra Says:

    Olá. Moro em Sorocaba-SP e tenho um Ipê amarelo com cerca de 13 anos que mede uns 6 metros, mas nunca deu aquelas floradas lindas que costumo ver por aí. Ele sempre começa antes dos outros e vai dando flores devagarinho, uma aqui, outra ali e depois para. Agora ele está inteirinho com umas manchas brancas nos troncos. O que posso fazer?
    _____
    do blog:

    Sandra:

    1. As floradas dependem da queda natural das folhas, que devem ocorrer anualmente. Se todas as folhas caem ao mesmo tempo (estio bravo!), a árvore logo depois se recobre toda de flores, e em seguida de novas folhas. Como as condições do clima costumam variar de ano para ano, no futuro certamente vai acontecer, com o seu ipê, uma floração magnífica.

    2. Manchas brancas geralmente são causadas por micro-organismos benéficos, tanto que, em matas, costumam indicar boas condições ambientais. A não ser que haja outros indícios de haver “alguma coisa errada” com a árvore, não se preocupe!

  183. Valdi rocha Says:

    ola galera, em 31 de maio do ano passado, 2010, enviei fotos do meus ipês amarelo para este blog, está aê pra quem quiser conferir, e depois de um ano, estou mandando novamente as fotos dos mesmos ipês, tiradas hoje, 26.06.11. O ipê que plantei na praça apesar de não ter desenvolvido como o da minha casa floresceu esta semana. que maravilha. confiram as fotos!

    parabens para a galera do Blog!

    (P,S.) mandei o email com as novas fotos para valmar@top.com.br, deu erro.
    _____
    do blog:

    Desculpe, Valdi, mas tive de encerrar o antigo e-mail, pois estava muito sujeito a spams. Favor mandar para valdirdala arroba hotmail ponto com . Não coloco os símbolos para não inviabilizar também este e-mail.Você naturalmente vai juntar as palavras, tirando os espaços, e substituir arroba e ponto pelos seus símbolos gráficos…

  184. Marcela Says:

    Adorei a pesquisa mas queria que postassem mais coisas como: quando e onde surgiu o primeiro Ipê!
    Marcela 11 anos
    _____
    resposta do blog:

    Marcela:

    Primeiro você tem que entender como surge, na Natureza, uma espécie nova (de planta ou de animal). Você pode fazer essa pesquisa nestes linques: Professora Cynara Portal São Francisco .

    Depois você pesquisaria sobre o surgimento de uma determinada espécie de planta. Mas como existem muitas espécies de ipê, você deveria pesquisar como surgiu o primeiro ipê, isto é, como surgiu o gênero do ipê. Mas isto é um estudo muito avançado (filogenia), matéria para doutores em Botânica. Os elementos para essas pesquisas só são encontráveis em poucas universidades ou centros de pesquisa (como o MOBOT Massachussets Botanical Garden). Este blog, infelizmente, não pode ajudar nesse ponto.

  185. Wenderson G Campos Says:

    Olá pessoal! Primeiramente parabéns pela site que é de muita valia.
    Bem, minha dúvida é a seguinte: Minhas mudas de Ipê rosa estavam naqueles saquinhos pretos pequenos e estavam com 4 meses e uns 15 cm de altura. Foram plantadas com substrato e estavam lindas!
    Neste final de semana passado, as transplantei para sacos maiores e completei com o mesmo substrato.. Naõ haviam raizes para fora e estavam num lugar cimentado e na retirada dos sacos pequenos não houve destorroamento. Achei que iriam ficar numa boa. Acontece que mucharam e as folhas escureceram, estão secando! Será que as perdi? O que fiz de errado? Será que foi a época errada? (inverno). O que devo fazer? Mesmo porque ainda tenho mais 30 mudas a serem transplantadas (10 amarelos, 10 roxos e 10 brancos).
    OBS: Eu naõ transplantei para lugar definitivo pois estou esperando a época das chuvas para planta-las na minha chácara.

    Obrigado!
    _____
    do blog:

    Wenderson:

    Esta é a época em que os ipês perdem mesmo as folhas, e isto vale para árvores grandes e pequenas, e até mudas. Acho que as suas mudas vão “reviver” num futuro próximo (não esqueça de continuar irrigando moderadamente, sem encharcamentos). E para o plantio definitivo, faça como planejou.

  186. Valdemir Says:

    Olâ. Meu nome é valdemir e tenho 7 mudas de pau brasil em minha casa em garrafas de refrigerantes mais não sei como posso remanejar adequadamente para vazilhas ou cacos, sera que poderiam me orientar?
    Podem responder prá meu email: blzpura58@hotmail.com
    Agradeço a atenção e espero a resposta!
    _____
    do blog:

    Ok, Valdemir.

  187. Lena Atanes Says:

    Boa tarde, gostaria de saber como posso remover um ipe branco que tenho em meu canteiro, pois irei mudar dessa casa e quero leva-lo comigo.
    _____
    do blog:

    Lena: é uma operação complicada e de risco para a planta. Seria bom procurar um especialista nesses trabalhos. Os viveiros maiores geralmente tem um desses especialistas, que poderá executar a operação com segurança.

  188. Humberto Says:

    Querido amigo,
    Tenho um terreno em Imbituba s.c. Os ipes amarelos e verdes nascem naturalmente de sememtes pelas arvores mães embora [e um terreno arenoso. Gostaria de plantar outras especies tipo rosa,, roxo, branco e gostaria de saber se as mesmas crescem de galho enterrado invez de semente. Agradecido. HUmberto queiroz
    _____
    do blog:

    Humberto: Da minha experiência, e da consulta a livros, nunca ouvi relato sobre estaquia de galhos de ipê. Mas seria interessante você fazer uma experiência dessas. E, obtendo sucesso, contar para nós…

  189. Ricardo Gonzaga Says:

    Prezada(o),

    Gostaria de saber se posso fazer as mudas em saquinhos e quantas sementes preciso colocar por saquinho?

    Desde já obrigado.
    Ricardo
    _____
    do blog:

    Ricardo: usa-se colocar duas sementes, para o caso de uma não vingar. Se as duas vingarem, depois de 1 mês sacrifique a que estiver menos viçosa…

  190. ROBERTO LUIZ MATTAR Says:

    O YPE DE TODOS OS TIPOS NA MAIORIA SE DIFERENCIAM NAS CORES DAS FLORES. =É UMA ARVORE BONITA E SUAS RAIZES NÃO SÃO AMEAÇADORAS. .= TENHO UM PROJETO E IDEIA PARA APRESENTAR AO GOVERNO DO ESTADO (SECRETARIA ) PARA TRANSFORMAR O YPE # ARVORE SIMBOLO DO ESTADO DE SÃO PAULO# = O DEPARTAMENTO DE ESTRADA DE RODAGEM PLANTARIA A CADA CEM METROS (AMBOS LADOS) UMA ARVORE DE YPE .- EM TODAS ESTRADAS PAULISTAS .- INCENTIVANDO INCLUSIVE AS PREFEITURAS A DISTRIBUIR MUDAS DESTA ARVORE QUE EMBELEZA E DE UM VISUAL MAGNIFICO.

  191. Carolina Says:

    Tenho 11 sementes de ipê amarelo e 4 de ipê roxo, gostaria de plantar eles em um jarro, pois quero tentar fazer tipo um bonsai só que um pouco maior com mais ou menos 1m e meio. Dai quero saber se isso é possível? Quantas sementes tenho que colocar em cada vaso? Qual tipo de adubo, fertilizante que devo usar? Essas coisas pois nunca plantei uma arvore mais sempre achei os ipês lindos. E quero saber como faço para comprar mudas ou sementes? Moro em Olinda-PE.
    Obrigada desde já pela atenção.
    Abraço e continuem com o site, estar perfeito!!
    _____
    resposta do blog:

    Carolina:

    1. Pegue terra comum, de quintal ou da zona rural, e misture um pouco de matéria orgânica (pode ser humus de minhoca ou esterco curtido). Poderia ser, por exemplo, 5 partes de terra e 1 parte de humus. Não é necessário adubar (os solos da sua região costumam der de boa qualidade).

    2. Encha o vaso com essa mistura, de forma que a superfície fique uns 5 centímetros abaixo da borda do vaso. Firme bem a mistura, com as mãos, e depois inunde a parte acima do solo, até a borda. Um ou dois dias depois, faça um pequeno furo no centro do solo, com a profundidade de 1 cm, e cubra com um pouco de terra úmida, pressionando levemente. A partir daí, rega diária (de manhã ou à tardinha), com o bico do regador bem próximo do solo, e sem atingir diretamente o local onde está a semente (para não movimentá-la acidentalmente, prejudicando o processo de germinação). Regue apenas para manter o solo um pouco úmido.A semente deve germinar dentro de 7 dias a 15 dias. Até que a muda atinja a idade de 1 ano, cuide para que ela não receba sol direto das horas mais quentes e não sofra a ação direta de chuva.

    3. limitando o solo à disposição das raízes, você irá limitar o crescimento da árvore. Mas não limite demais. Acho que um vaso com 50 cm de diâmetro na parte mais larga deverá resultar, no futuro, numa árvore com aproximadamente a altura de metro e meio.

    4. Lidar com seres vivos é um constante aprendizado. Na medida em que a planta crescer, você irá aprendendo a reconhecer se ela está bem ou precisa de alguma ajuda. Não esquecendo que os ipês, mesmo pequenos, perdem as folhas 1 vez por ano…

    5. Os ipês são muito difundidos. Em qualquer viveiro de mudas você vai achar uma. Você também pode colher sementes que caiam das árvores e semeá-las em seguida…

  192. Carolina Says:

    Leva quantos anos em media para o ipê ficar florido(roxo e amarelo)?
    _____
    do blog:

    Carolina: a primeira floração de uma árvore varia muito, de acordo com o clima, condições de solo, etc. Ouvi outro dia, na tv, um agrônomo asseverar que ipê roxo leva 10 anos para dar a primeira floração. A minha experiência pessoal confirma, pois os três ipês rosa de minha chácara demoraran tudo isto para florir (estavam então com cerca de 8 metros de altura). Mas parece que o ipê amarelo floresce bem antes. Tenho visto ipês amarelos floridos, com não mais do que 2 metros de altura…

  193. felipe Says:

    Olá, assim que eu ver a vagem rachada eu posso arrancá-la ? é porque a arvore fica entre uma avenida e calçada, e tambem os galhos sao altos , ai fica ruim de tirar só as sementes
    e você falou que as vagens aparecem depois da florada, mas akele ipe jovem ta com flores e tem umas vagens bem grandinhas !, obrigado
    _____
    Felipe:

    1. Quando as vagens começam a abrir, é sinal que as sementes já estão maduras. Pode extrair as sementes e plantá-las.
    2. As vagens que apareceram junto com as flores são de uma floração anterior, de algumas semanas antes. Acontece.

  194. Jane Says:

    Olá, achei muito interessante esse Blog. Sou de Brasilia e gostaria de saber tem conhecimento do porquê da florada antecipada deste ano. O amarelo deveria estar florido na semana de 7 de setembro, entretanto observei que até o branco está florido.
    _____
    resposta do blog:

    Jane:

    Os ipês, assim como muitas outras plantas brasileiras, “percebem” a aproximação de tempo chuvoso após um “desconfortável” período de estio. “Interpretam” essa chuva que está por vir como o início da Primavera, ou seja, o início de uma estação em que não ocorrem estiagens (falta de chuva por mais de 30 dias). Um tempo em que as suas sementes cairão na terra e germinarão normalmente, pois “não haverá falta de umidade no solo e no ar”.

    Quando a estiagem prolongada ocorre antes do habitual (que seria julho – agosto, ou agosto – setembro), ou seja, antes do período estatísticamente mais provável, a planta “se engana” e, à aproximação de um tempo chuvoso, solta suas floradas. Isso deve causar-lhe um certo estresse, pois a essa florada antecipada deve seguir-se outra, ou outras, até que a Primavera efetivamente chegue…

  195. Cintia Says:

    Olá gostaria de saber se posso plantar uma muda de ipê amarelo no jardim de casa, não e uma area muito grande mas tem espaço?

    _____
    resposta do blog:

    Cintia:

    Plante a sua muda, se possível a uma distância mínima de 3 metros da casa. Em volta da muda, deixe uma área sem calçamento (apenas gramada, ou com outras plantas pequenas). Quanto maior a área sem calçamento, melhor. E cuide para que o terreno em volta tenha inclinação para a muda (como se fosse uma espécie de bacia). Assim, bem irrigadas pelas águas das chuvas, as raízes penetrarão fundo no solo, sem por em perigo as construções.

  196. rocio gasparini Says:

    gostaria de saber se possível, como faço para ver as flores do meu pé de ipê que já deve ter uns 09 anos ou mais …. não estou sabendo cuidar…. parabens pelas informações que bom ter pessoas que possa nos ajudar, obrigada….
    _____
    resposta do blog:

    Rocio: o seu ipê já tem idade mais que suficiente para florescer. Se a árvore está num local onde recebe sol pelo menos em parte do dia, é só questão de tempo para as flores aparecerem. Talvez agora, na aproximação da Primavera…

  197. Marlene da Silva Maia Says:

    Há coisa de 1 ano venho plantando todos os tipos de árvores: abricó de macaco, Flamboyan, baobá, jacarandá, ipê de jardim, ipê bolinha e ipê amarelo entre outras árvores. Esses dias encontrei 4 sementes aladas enormes e as plantei mas não sei que árvore é, e estou super curiosa para saber , você pode me dar alguma dica? Um abraço e obrigada.
    _____
    resposta do blog:

    Marlene: mande fotos das sementes, se possível com uma régua perto (ou a mão) para se ter noção do tamanho. Mande para o e-mail indicado no quadro azul “CONTATO” (coluna direita do blog Timblindim).

  198. Raquel Melo Muzy Barbosa Says:

    Olá, eu plantei uma semente de Ipê Rosa, e gostaria de saber em quanto tempo ela brota, e como devo cuidar para que ela vingue.
    Estou molhando um dia sim outro não e deixando ao sol na parte da tarde. Se possível me responder no email também, eu agradeço!
    Obrigada!
    _____
    resposta do blog:

    Raquel: sementes de ipês geralmente germinam entre 7 e 15 dias. Molhe o local 1 vez por dia, de manhã, com cuidado para que as gotas de água não caiam com força no solo. Deixe a embalagem onde foram plantadas as sementes num lugar fixo, sem ficar mudando constantemente.

  199. silomar Says:

    olá, me chamo Silomar e trabalho com viveiro de plantas, gostei muito das suas postagens, estou montando um blog com esse intuito de mostrar às pessoas, o quanto é importante se plantar, a beleza que cada planta tem particularmente, enfim, espero poder ajudar o meio ambiente da melhor forma que puder. O blog se chama Senhordasarvores, é a forma que um cliente me chama, sempre que precisa tirar alguma dúvida por telefone, e achei a forma interessante para se montar um blog. Espero contar com a ajuda de todos.

  200. Cristiano Wrasse Says:

    Olá sou o Presidente Adm de uma Associação na Minha Cidade, e estamos montando um Loteamento, a árvore que escolhi para fazer a arborização do Loteamento foi o IPÊ, estou bem confiante, colhi esta semana mais de 50.000 sementes e irei plantar umas duas mil mudas, só que irei usar somente umas 400 mudas no loteamento, as outras mudas vou doar para a Prefeitura do Municipio dar outros destinos. Quem sabe a Prefeitura adote a Arvore para fazer a arborização do restante da Cidade. Mais adiante vou informar mais detalhes do empreendimento.
    _____
    resposta do blog:

    Ótima iniciativa, Cristiano! Aguardaremos as novidades.

  201. maribel Rocha Says:

    Sou uma apaixonada por ypê, tanto que plantei, varias sementes, todas germinaram, e estou distribuindo mudas por toda fazenda de minha irmã em São Tomé das Letras, MG, este ano estou quase domindo em baixo de um amarelo que este ano floresceu feito os jardins do céu, (acho eu), majestosamente, pena que é muito alto, temo não conseguir suas sementes por serem muito leves e o vento leva-las longe. Fiz comparação com a textura das folhas e os que plantei tem as folhas bem peludas e o deste elas são lisas,
    as flores em buques. As vagens contendo as sementes não teem
    os mesmos pelinhos das outras, será que é de espécie diferente?
    _____
    resposta do blog:

    Maribel: se você mandar algumas fotos por e-mail (para o endereço indicado na coluna da direita do blog, quadro em azul), talvez possamos identificar. Fotos das vagens e das folhas.

  202. bianca Says:

    a ipe amarela é uma flor rizoma

  203. Claudio Rio Says:

    Moro em Floripa /SC, em area urbana, na praia, e tenho 14 mudas de ipes, entre amarelos(a maioria), roxo, rosa e branco (apenas uma) …eles estão com um pouco mais de 02 metros , alguns plantados na calçada, na rua, em frente a casa a sol pleno, e outros no terreno entre outras plantas, mas só floriram, até agora, os amarelos do terreno, gostaria de solicitar tres esclarecimentos…
    - O Ipe Branco, Rosa e Roxo, demoram mais a florir que o amarelo ????
    - Pretendo trocar de local, um pé adulto com mais de 02 metros, se tem risco e qual o melhor periodo e como fazer ???
    - O Ipe verde, saber se tem as mesmas caracteristicas dos demais, e se é facil de conseguir mudas ????
    Parabens pelo Blog e agradecemos muitissimo …
    abraços
    _____
    resposta do blog:

    Claudio:

    1. Pelo que temos visto aqui em Campo Grande – MS, alguns ipês amarelos e brancos dão floração mais cedos, com as árvores relativamente pequenas (2, 3 ou 4 metros de altura). Os de cor rosa ou roxa demoram bem mais, alguns até 10 anos.
    2. Quanto à mudança da árvore, não temos experiência no assunto. Seria bom você consultar um viveirista, que inclusive poderá fazer a tarefa. Mas não deve haver problema com uma planta jovem, mais fácil de transplantar…
    3. Quanto ao Ipê verde, não conhecemos nenhum. Mas de acordo com o livro Árvores Brasileiras, de Harri Lorenzi, volume 1, pág. 52, o ipê verde tem folhas, tronco, frutos e sementes parecidos com os dos outros ipês, mas as suas flores são pouco vistosas: são mesmo verdes (verde claro). Seria preciso observar bem para notar a floração.

  204. Cibelly Says:

    Boa tarde …
    … Adorei multissímo o blog !

    Gostaria de saber como posso plantar uma muda de ipê amarelo no quintal de casa, sendo que o solo é um pouco seco, a maior parte do dia é ensolarado? Como mante-lá, qual procedimento da adubação?
    _____
    resposta do blog:

    Cibelly: no primeiro ano depois do plantio da muda, providencie para que não falte água. Quando passar 2 ou 3 dias sem chuva, irrigue a plantinha. Se o solo onde vai ser plantada a muda for normal, isto é, sem entulhos, lixos, etc., o ipê deve se desenvolver bem. A muda deve ficar numa área côncava, ou seja, rebaixada em relação ao terreno em volta.

    Desde já agradeço !

  205. Fabrício Marques Says:

    Olá,

    Primeiramente, parabéns pelo Blog, excelentes matérias!
    Será que o ipê amarelo floresceria bem na cidade de São Paulo? Preciso plantar umas árvores em um grande terreno na cidade, e estou escolhendo algumas mudas… abraços!
    _____
    resposta do blog:

    Sem dúvida alguma, Fabrício. Os seus ipês vão se sentir em casa!

  206. felipe Says:

    Olá, eu encontrei uma arvore cheia de vagens abertas, quando eu toquei nelas umonte de sementes cairam.

    aí eu levei para casa e vou tentar plantar as sementes , soh que nao sei se essas sementes sao normalmente extremamente leves, da pra rasgala ao meio e o mais leve asopro faz ela se movimentarem, será que elas estao boas para plantar ?

    obrigado
    _____
    resposta do blog:

    Felipe: Muitas sementes (as dos ipês, por exemplo) são mesmo muito finas, leves e esvoaçantes. Pode plantar.

  207. Renata Says:

    Olá!
    Gostaria de saber como posso cuidar melhor do meu Ipê, pois tenho um no meu jardim em São Paulo, mas ele já tem mais de 20 anos e sinto que não floresce como antigamente. Agora por exemplo, ele esta totalmente sem folhas, mas ainda não começou a florescer, antigamente no meio/fim de Setembro ele já estava bem cheio de flores lindas e bem amarelas. Existe algum cuidado especial ou algum produto que devo passar no tronco?
    Sinto que com essa poluição toda o tronco não anda tão bonito como antes. E parece que tem alguns musgos meio branquinhos/verdes pelo tronco. Me falaram pra passar cal no tronco, mas acho que isso vai fazer mal pra ele.
    Pode me ajudar? Um abraço! Lindo blog!
    _____
    resposta do blog:

    Renata: se puder, mande fotos da árvore (tronco e copa ou parte da copa), e desses musgos (acione a função macro da sua máquina, que vai permitir fotografar bem de perto). Mande para o e-mail indicado na coluna menor do blog Timblindim, quadro em azul chamado CONTATO. Aí poderemos ter uma idéia sobre a sanidade da árvore…

  208. Alexandre Says:

    Poxa estou passando um apuro meu ipê tem mais de 15 anos porém depois de algumas reformas na casa, ele fica na calçada, pedi para a prefeitura aqui de Guarulhos podar, podaram cortaram uns três ou quatro galhos, que estavam atrapalhando os vizinhos , agora faz uns dois anos que ele da poucas flores, e a folhagem é pouquissima, com umas manchas entre o marrom e o amarelo, estou dando fertilizante uns cinco meses mas não esta resolvendo, o que faço?
    _____
    resposta do blog:

    Alexandre: a melhor solução seria você contatar o pessoal da Prefeitura (departamento de Parques e Jardins, ou equivalente), que poderá mandar um técnico examinar a árvore e fazer um diagnóstico preciso. Esse serviço será gratuito, pois é também obrigação do poder municipal cuidar das árvores nas vias públicas.

  209. Gladys Harrison Says:

    Hello Webmaster, I noticed that http://timblindim.wordpress.com/arvores/ipe-amarelo/ is ranking pretty low for some keywords, this may be due to the new Google Panda update, or it could be due to a variety of other factors. I’m sure you already know about On-page SEO, where Google cares highly about proper formatting of various H1/H2/H3 tags, having your main keyword appear in the beginning of your post and having your post end with the keyword, along with having keyword related alt tags and very relevant LSI. However, you do not seem to have the proper Keywords or relevant Keywords in your posts and in the website. Right now you need a tool or plugin that will allow you to check on Keyword insights, search trends and check for backlink analysis and to find out your Keyword competition. To find a Keyword Plugin that combines both Keyword Research and has the ability as a Rank Checker is what WordPress Seo Keyword, please check out our 5 minute video.

  210. Melque Says:

    Bom noite estou com uma duvida.
    Pretendo comprar algumas mudas de Ipê, porem preciso que elas atinjam uma boa altura ate o mês de janeiro do ano que vem.
    Qual seria a taxa de crescimento de uma muda?
    E no caso de desenvolver ela diretamente no solo, como vou retirar depois?
    _____
    resposta do blog:

    Melque: não somos especialistas na matéria. O viveirista onde você for comprar as mudas poderá lhe dar informações precisas sobre esse item…

  211. Cristiano Wrasse Says:

    Olá olha eu aqui de novo, plantei dia 18 de setembro de 2011, 960 tubetes com sementes de IPÊ amarelo, fui hoje ver se haviam nascido, fiquei bem animado pois a maioria dos tubetes estavam germinando, este final de semana irei plantar mais uma quantia parecida com a dessas, espero conseguir umas 1.500 mudas, acho que o Loteamento vai ficar muito bonito daqui 4 anos.

  212. Renata Silva da Rocha Pinheiro Says:

    Olá . Amei o Blog de vocês, muitoo interessante.
    Mas tenho uma dúvida, eu ganhei uma muda de IPÊ amarelo e moro em um condominio.E esse meu condominio é todo gramado e por baixo é barro e tem bastante areas para plantar o IPÊ. Queria saber se posso plantar ele no meu condominio e se primeiro tem que colocar o IPÊ no vaso e só depois plantar no local definitivo ?
    _____
    resposta do blog:

    Renata: melhor plantar já no local definitivo. Mas faça uma proteção em torno da muda, e cuide para que não falte umidade no solo em torno.

  213. Wlamir Guilger Says:

    Vou plantar uma muda de ipê amarelo no quintal de casa porém gostaria de mante-la baixa. Consigo fazer ficar baixa através de poda?
    _____
    resposta do blog:

    Wlamir: para impedir que a muda, no futuro, ultrapasse certa altura, é preciso aplicar técnicas de Bonsai, que incluem podas eventuais. Procure um saite que trate de bonsais, ou consulte um vizinho japonês que cultive bonsais…

  214. liméry Says:

    oi eu gostaria de saber como faço pra conseguir uma muda do ipe roxo
    _____
    resposta do blog:

    Liméry: verifique se na sua cidade há algum órgão ou organização que se empenhe na defesa da Natureza. Geralmente eles têm mudas para oferecer (e as de ipê são bastante comuns). Em muitas cidades há também um viveiro municipal, que costuma fornecer mudas gratuitamente. Em último caso, procure um viveiro de mudas comercial; as mudas não são caras…

  215. Izabel Faria Says:

    Sou uma apaixona pelo IPE ROSA CLARINHO.
    Gostaria de saber como identificar.
    Seu site é muito legal!!!!
    Um abraço
    Izabel Faria – Belo Hte.
    _____
    resposta do blog:

    Boa proposta, Izabel! Mas estamos, também, um pouco perdidos nessa questão da identificação científica dos Ipê Rosa. Há quase dez espécies muito parecidas umas com as outras, com diferenças, por assim dizer, milimétricas. Está faltando algum botânico se envolver a fundo na questão e decifrar o enigma. Nós, do blog, já estamos lidando (e é bem trabalhoso) com problema análogo, só que com o gênero Peixotoa (arbustos), que tem cerca de 30 espécies.

  216. Edenilton alves Says:

    olá! gostaria de plantar algumas mudas de ipê amarelo,quero saber quantas espécie existem ,e qual será mais recomendada para uma praça? um abraço!
    _____
    resposta do blog:

    Edenilton: 1. Responder a essa pergunta simples (a quantidade de espécies de ipê amarelo) é bem difícil. Demandaria meses de intenso trabalho de pesquisa.
    2. O ipê amarelo mais recomendado para uma praça seria o ipê mais encontrado em outros locais da sua cidade.

  217. Sharlene Says:

    Sou apaixonada por ipês.. Quero plantar um na minha calçada. Gostaria de saber qual cresce mais rapido, flora mais rápido, se existe algo que eu possa fazer pra acelerar o processo?.. Qual seria a “speed” Amarelo, roxo ou branco?
    _____
    resposta do blog:

    Sharlene:

    Não temos informações sobre velocidade de crescimento dos ipês. Porém, as espécies que florescem primeiro são as do ipê amarelo (handroanthus chrisotrichus) e a do ipê branco. Quanto a aceleração do crescimento, a muda irá crescer mais rápido se as condições ambientais forem ideais. Cuide para que o solo esteja livre de entulhos, e providencie para que em torno do tronco haja uma área livre de calçamento que receba água da chuva em abundância. Toda a água que cai na copa da árvore deve convergir para o tronco, e depois para o solo em torno da pranta. Não use adubo e outros aditivos, pois os resultados podem ser diferentes do esperado, muitas vezes prejudicando a árvore.

  218. Patricia Says:

    Olá, tenho um pé de ipê amarelo e está com 2 vagenzinhas (a parte da semente), será que poderia apanhá-las e ja semear paa fazer as mudas, ou tenho q esperar cair?É que de repente se esperar cair não coseguirei pegar as sementes, pois tem muita grama por perto. Obrigado.
    _____
    resposta do blog:

    Patricia:

    Antes de soltar as sementes, a vagem do ipê amarelo começa a rachar. Se a vagem começou a rachar, você pode colhê-la, deixá-la “descansar” em local seco e semi-sombreado, para que ela acabe de abrir naturalmente. Quando as sementes começarem a se soltar naturalmente, você já pode fazer as mudas…

  219. Marcio Says:

    Olá Pessoal,

    Gosto muito das flores do ype…
    Ganhei um pé de ype branco e estou na duvida onde plantar, tenho um espaço dentro do terreno de minha casa ou na calçada de frente, minha duvida é qual o tamanho que ele pode atingir? o recomendado é plantar na calçada mesmo? estou com receio de plantar no quintal e ficar muito grande depois…

    Vocês pode me orientar?
    _____
    resposta do blog:

    Marcio:

    Os ipês brancos que tenho visto são de crescimento moderado, não atingindo grande altura. Se no quintal você tiver uma área de pelo menos 16 metros quadrados (4 m x 4 m), pode plantar no quintal sem medo. Se a área for menor do que isto, plante na calçada.

  220. Marcio Says:

    Muito obrigado pela resposta.
    Vou plantar na calçada, pois pelo espaço que tenho 2×2 posso ter problemas…
    Mas mesmo assim fico com duvidas pois o ype que comprei tem muda preparada e não nascida de semente… mesmo assim será que em 2×2 não posso manter?

    abração, Marcio Baesse
    _____
    resposta do blog:

    As plantas são muito adaptáveis. Nada impede que você tente; talvez o carinho supra a falta de espaço…

  221. 123456loirinha Says:

    oi gente quero sabe que minha casa e uma mansao e queria plantar o maior qual é
    _____
    resposta do blog:

    O importante é plantar, Loirinha! Mas vai demorar um pouco até a planta se tornar “a maior”…

  222. Danieli Says:

    Hoje tive o prazer de conhecer esse blog. Parabéns. Tenho uma dúvida, plantei 100 mudas de ipê e não nasceu NENHUMA. O que houve?
    _____
    resposta do blog:

    Danieli: explique melhor: onde você plantou? As mudas estavam em que embalagens (saquinhos plásticos, tubetes)? Qual o dia em que fez o plantio? Pode mandar fotos das mudas plantadas?

  223. Marcelo Says:

    Boa tarde!
    Gostei do Blog, meus parabéns por esse espaço dedicado à natureza tão bela da nossa flora brasileira.
    Bom, tenho um pé de Ipê Amarelo de uns 6 anos, ele tem uma flor muita linda, principalmente quando ele dá em cachos grandes. De uns tempos para cá estavam aparecendo formigas pretas, foi quando eu pulverizei inseticida e depois de 30 dias todas as folhas dele ficaram amareladas até caírem. Final do mês de agosto com início de setembro ele chegou a florar 60% menos do que o ano passado, assim chegando até nascer as vagens. Agora no mês de novembro, vendo a arvore do meu vizinho percebi que já estão nascendo os brotos para a nova folhagem, enquanto a minha está com os galhos secos. Também apareceram umas machas cinzentas em volta da casca. Se quiser posso lhe mandar algumas fotos.
    Gostaria de saber ser tem algum remédio ou outra coisa que eu posso fazer para melhorar a situação do meu Ipê?

    Obrigado!
    __________
    resposta do blog:

    Marcelo: mande fotos do tronco e da árvore inteira, para o e-mail indicado no CONTATO em azul, coluna menor do blog…

  224. debora Says:

    qual é o habitat do ipe ?
    _____
    resposta do blog:

    Debora: há dezenas de espécies de ipês, cada um possuindo um faixa geográfica de presença nas Américas. Há ipês nativos (não plantados) desde o México até o Paraguai e Brasil (até o Paraná).

  225. nicki vaz Says:

    ola eu amo plantas e em frente da minha escola tinha um ipê rosa (pena! porque cortaram) …. tambem todo dia eu ia na praça que tinha um ipê amarelo eles sao lindos mesmo !!!!!!!!!!!!!!!!!

  226. ze netto Says:

    Quero postar umas fotos do projeto “Ipê na Serra”, que idealizei e coordeno no município de Almadina, onde temos como principal objetivo plantar ipês amarelo, branco, rosa e lilás nas serras que rodeiam a cidade de Almadina. Por favor me informe se posso postá-las e como fazer isso.
    Grande abraço tabebuiado, do amigo Zé Netto.
    _____
    resposta do blog:

    Ze Netto:

    Mande as fotos como anexos para o nosso e-mail. O e-mail está indicado no quadro (em azul) CONTATO, na aba direita do blog.

  227. dalva nascimento rodrigues Says:

    Bom dia adorei tudo aqui.

    Ganhei uma muda pequena de uma planta que veio como sendo ipê. Mas suas folhas são bem pequenas como a de uma dormideira, que fecham durante a noite, pode ser ipê?

    Agradeço
    _____
    resposta do blog:

    Dalva: Cada folha dos ipês são geralmente compostas por 5 ou 3 partes, chamadas folíolos. Esses folíolos se abrem como um leque, ou uma mão. A sua muda provavelmente não é de ipê. Se quiser mandar uma foto, como anexo, envie para o e-mail indicado no quadro (em azul e branco) CONTATO, na coluna estreita do blog. Aí poderemos confirmar se é ou não ipê e, se não for, talvez identificar a planta.

  228. Arnaldo Viana Júnior Says:

    Srs.Bom dia.
    Meu nome é Arnaldo, preciso adquirir uma muda de Ipe amarelo para plantar no pátio da faculdade, não sei distinguir uma muda de ipe amarelo do branco ou roxo, vcs podem me ajudar?
    _____
    resposta do blog:

    Arnaldo:

    Há muitas espécies de ipê amarelo, mas o mais comum é da espécie Handroanthus chrisotrichus. As folhas novas dessa espécie são “peludas”, macias ao toque, diferente das folhas do ipê branco e do roxo (ou rosa), que são lisas e brilhantes. Outra diferença em relação ao ipê branco é que a folha deste tem apenas 3 folíolos (cada folha é composta por 3 “folhas” menores, abertas em leque), enquanto a do amarelo tem 5. A dos ipês rosas podem ter de 5 a 7 folíolos.

    Mas se você adquirir a muda com um viveirista, ele não o irá enganar. Mudas de ipês, principalmente do amarelo, são muito comuns e fáceis de achar.

  229. Alexandre Adas Says:

    Olá, preciso de uma ajuda pois não estou conseguindo encontrar orientações na web.

    Ganhei 40 mudas de ipê de um amigo e pretendo plantá-las em minha chácara. No entanto, não sabemos que tipo de ipê se trata. É possível descobrir a espécie (ou pelo menos a cor) apenas analisando as mudas?

    Desde já fico grato,
    Alexandre
    _____
    resposta do blog:

    Alexandre: podemos tentar identificar a espécie ou pelo menos a cor das flores. Mande fotos das mudas para o e-mail indicado em CONTATO (coluna direita do blog).

  230. Tina Says:

    Olá!!!
    Estou amando tudo por aqui.!
    Ganhei sementes de ipê branco de uma amiga, coletou de um ipê que existe em frente à casa dela. Preciso fazer alguma coisa antes de semear? estas coisas que se faz quando a semente está em dormência…faço o que?
    Não quero perder minhas sementinhas, quero ter lindos pés de ipês branco…por isso a preocupação…
    desde já agradeço
    abraços
    Tina ( MEU CANTINHO NA ROÇA)
    _____
    resposta do blog:

    Tina: sementes de ipê não têm dormência. É só semear e aguardar 1 ou 2 semanas até a germinação.

  231. Lucio Says:

    Olá, comprei sementes de ipês roxo, amarelo, e branco e de jacarandá-mimoso pela internet, só que não sei se já faz tempo que foram colhidas, queria saber se alguém sabe de alguém que poderia vender ou mesmo enviar umas recém colhidas. Tenho preferência pelo ipê branco e pelo jacarandá-mimoso, pois as de amarelo eu consigo facilmente aqui na minha cidade, mas as de branco e jacarandá, nunca vi por aqui.
    Agradeço a quem me ajudar. Poderíamos montar inclusive uma rede de cooperação, em que cada um poderia enviar as sementes que pudessem colher perto de suas casas.

  232. Manoel Pereira Says:

    Olá boa tarde, tenho uma árvora que foi comprada com sendo ipê amarelo, porém na primeira floorada deu poucas flores e as mesmas caíram após uns três dias, tenho dúvida se realmente é ipê, deu algumas vargens com algumas sementes muito leves, é preciso fazer alguma poda para dar mais flores, gostaria de que ela ficasse com uma copa redonda é possível?
    Att.
    Manoel.
    _____
    resposta do blog:

    Manoel:

    É normal as flores do ipê durarem pouco. Quando a floração é abundante, as flores que caem, forrando o chão, são logo substituídas por outras, de forma que dá a impressão de que duram mais. As sementes dos ipês são também muito leves, tendo, em volta das sementes propriamente ditas “asas” transparentes, de tão finas.

    As florações vão aumentando ano a ano, até estabilizarem num ponto ótimo. Podar não ajuda.

    Para obter a copa arredondada, você deve “dialogar” com a árvore, fazendo pequenas podas em galhos que estão “fugindo” do formato proposto. É um trabalho de persistência, que deve durar anos até alcançar o objetivo. Não adianta pressa…

  233. Pedro Canisio Rempel Says:

    Que bom que existe um site com vistas ao Ipê em especial ao amarelo. Particularmente estou plantando a árvore de ipê amarelo com meus amigos nos mais diferentes lugares em homenagem ao meu filho Williann Éttore Beiersdorf Rempel 1º Tenente do Exercito Brasileiro que por acidente automobilístico nos deixou partindo para plano extra físico e em sua homenagem temos plantado sempre 3 Ipês amarelos nos mais diferentes pontos para simbolizar que há esperança e que após o inverno as folhas caem mas ele consegue florir com toda força e vigor novamente mesmo com toda adversidade. É assim que imagino que ele consegue florir e brilhar novamente está onde estiver e como sempre o fez em sua vida existencial terrena. As primeiras árvores estão florindo e já consegui fazer sementes que procurarei fazer muda delas e plantar mundo afora.

    Muito obrigado por vocês existirem e se interessar por uma causa tão nobre e florir e deixar o mundo um pouco mais belo.
    Fraternalmente
    Pedro Canisio Rempel
    _____
    do blog:

    Uma ótima iniciativa a sua, Pedro!

  234. Diogo Cabral Says:

    Olá!
    Primeiramente parabéns pelo Blog.
    Muito atrativo, o que demonstra organização por parte de quem o idealiza, e sempre com respostas precisas sobre as dúvidas apresentadas, o que indica a boa vontade por parte de seus responsáveis!.

    Bom, eu ganhei sementes de ipê roxo há um ano. Queria e deveria ter plantado antes, mas as condições não favoreceram. Vi em alguns sites informações de que as sementes devem ser plantadas de imediato, logo após se soltarem das árvores. Esse informação é certa? Corro o risco de não obter resultados nesse plantio levando em conta fato de já ter esse material guardado comigo há um ano?
    ão
    Grato, Diogo
    __________
    resposta do blog:

    Diogo: no caso dos ipês, e em geral das árvores nativas, o que ocorre, com o passar do tempo, é a diminuição da taxa de germinação das sementes. Semeando logo que colhidas, a taxa é bastante alta; depois vai diminuindo. Não conhecemos estudos sobre as taxas prováveis para cada período. Achamos que você deve semear duas ou três sementes em cada “saquinho” onde ocorrerá a germinação. Assim, se 1 ou 2 sementes “falharem”, a outra provavelmente germinará.

    Sementes armazenadas em embalagens de papel-alumínio costumam manter melhores níveis de germinação.

  235. dalva nascimento rodrigues Says:

    A todos um feliz ano novo repleto de felicidades!
    Bjos
    __________
    Obrigado, Dalva! A você também.

  236. Drielle Says:

    Oi! Vou casar e pensei em dar de lembrança no meu casamento mudinhas de Ipê Roxo, só q estou com duvidas! qria saber quanto tempo demora p a muda atingir mais ou menos uns 10 cm de altura! obrigada e parabens pelo blog!
    __________
    resposta do blog:

    Drielle: Os ipês, germinados, lançam primeiro os cotilédones, que são o primeiro par de folhinhas atípicas, especiais. Em seguida vem a primeira folha verdadeira, com a qual já deve atingir 10 cm de altura. De acordo com um artigo na Revista de Biologia e Ciências da Terra, essa folhinha verdadeira se completa em 35 dias após o aparecimento dos cotilédones. Mas acredito que isto varia muito, e que em 2 semanas a muda já vai ostentar essa folhinha verdadeira e a altura de 10 cm…

  237. Lúcio Says:

    Olá, to observando um ipê amarelo aqui da minha cidade que está florido, queria saber quando é que ele vai colocar as sementes, é quando tiver com as folhas caídas?Quanto tempo mais ou menos?E outra, como faço pra colher pois a árvore é alta, elas caem ou vou ter que subir?
    __________
    resposta do blog:

    Lúcio: Por estes dias já vão aparecer as vagens, que crescerão rapidamente e, dentro de 2 ou 3 semanas, estarão maduras. Soltarão naturalmente as sementes, que, sendo aladas, vão voar, esparramando-se pela redondeza. Para fazer mudas, é só apanhar e semear.

  238. Pablo Says:

    Meus nobres muito massa este site, parabéns a todos os responsáveis. minha pergunta é a seguinte, a venda de mudas de ipê amarelo é viável? pra quem eu poderia vender?

    . Pablo, 28/01/2012, Natal RN
    __________
    resposta do blog:

    Pablo:

    A procura de mudas de árvores não-frutíferas, pelos cidadãos, é muito baixa. Produzir comercialmente mudas de ipê amarelo só será viável se houver, em sua região, muitos projetos de reflorestamento, por empresas particulares, ongs ambientais ou prefeituras.

  239. Rosemeire Says:

    Boa noite
    Estou encantada com as informações q encontrei aqui
    Com a qualidade e precisão das respostas
    Gostaria de saber se vcs disponibilizam as sementes e se a resposta for positiva como faço para receber obrigada e parabéns
    Essa arvore e linda demais
    __________
    resposta do blog:

    Rosemeire:

    Não nos sobra tempo de lidar com sementes ou mudas. Mas há vários saites comerciais especializados em sementes e mudas. Geralmente, no início da Primavera, vários órgãos ambientais costumam distribuir mudas de árvores nativas, inclusive ipê. Algumas prefeituras também disponibilizam mudas.

  240. Cristiano Wrasse Says:

    Oi quase todas as semente que plantei nasceram, tenho aproximadamente 1900 mudas de IPÊ amarelo. Semana que vem vou tirar 500 dessas mudas e plantar em saquinhos de 30X20cm. O resto das mudas vou doar para a Prefeitura, que já está tendo demanda pelas mesmas, uma empresa da nossa região já solicitou umas trinta mudas para plantar no acesso para empresa. O nosso Loteamento agora esta na fase de fazer os projetos de engenharia. Acho que até no final do ano, ou inicio do ano que vem as mudas já serão plantadas definitivamente, vou ver se tiro umas fotos das mudase te encaminho.
    __________
    resposta do blog:

    OK, Cristiano!

  241. Adriana Says:

    Olá,

    achei muito interessante e informativo este blog! Parabéns!
    Eu plantei um ipê amarelo há um ano e pouco e agora as folhas e até o caule estão apresentando manchinhas brancas, que eu acho que é um fungo… É a primeira muda que eu mesma fiz, não queria que morresse… Até tirei algumas das (poucas) folhinhas para o fungo não espalhar. Eu li alguns depoimentos e não vi nenhum tipo de formiga subindo pelo tronco. Então é falta de nutrientes? Também vi sobre o caldo de fumo… Como eu aplico (com vaporizadores sobre as folhas)? Se não der certo, vou tentar adubar.

    Obrigada
    __________
    resposta do blog:

    Adriana:

    Calda de fumo: compre um saquinho de 50 gramas de fumo picado. Pegue apenas um punhado do conteúdo do saquinho e misture em 1 litro de água, deixando descansar por 12 horas. Depois coe a mistura. O líquido pode aspergir com um desses aspersores comuns (ou vaporizadores), sobre as folhas. Não é preciso aspergir sobre o tronco. Quanto a adubação, melhor não fazer. Apenas cuide para que a planta receba, no solo em que está enraizada, toda a água de chuva que cair sobre a copa. Não deixe a água “escapar” para longe da planta.

  242. Diogo Cabral Says:

    Olá pessoal!!

    Mais uma vez passando por aqui, só que agora com um problema:

    comprei mudas de ipês branco e amarelo pela internet e recebi a mercadoria essa semana. As mudas chegaram em pequenas cápsulas, então replantei todas em sacos plásticos pretos. Os ipês amarelos, 15 unidades, estão bem, mas os brancos, 15 unidades também, estão ficando com as folhas mais escuras e murchando. Isso tem a ver com a mudança do recipiente onde foram plantadas originalmente para o saco plástico? As mudas vieram do Paraná e moro em Pernambuco. Pensei que o clima poderia afetar, mas sei também que os ipês são plantas que vivem muito bem na minha região e as condições climáticas aqui não são extremas. Está tudo dentro do esperado. Por fim, pensei que poderia ter quebrado parte da raiz quando fui transpor do recipiente no qual elas estavam plantadas originalmente para os sacos, mas se isso aconteceu a parte da raiz que se perdeu foi imperceptível, não dando a entender que a planta sofreria algo.

    Fico grato por qualquer ajuda. As mudas vieram de muito longe, paguei uma nota pelo frete e não queria perder nenhuma delas.

    Grande abraço e aguardo contato

    Diogo Cabral
    __________
    resposta do blog:

    Diogo:

    No transplante de mudas novas, o importante é evitar que a terra se despregue totalmente das raízes. Se houver quebra de uma ou duas raízes mas pelo menos uma outra ficar intacta e com alguns pequenos grumos de terra bem colados a ela, tudo bem.

    O que pode ter acontecido é que a terra dos tubetes, no caso dos ipês brancos, estava com menos umidade do que a dos amarelos e esfarelou, descolando-se completamente das raízes. Ou o contrário, com maior umidade que as dos ipês. Há um ponto ótimo de umidade, que evita o esfarelamento (terra seca demais) ou o deslisamento da terra (terra um pouco mais úmida que o ideal). Emergencialmente, verifique se não há umidade excessiva na nova embalagem. Se houver, drene, abrindo alguns furos laterais ou no fundo. A umidade está boa quando você, pressionando na mão um pouco de terra, consegue fazer um “bolinho” e esse bolinho mantém a forma quando você o deposita numa superfície qualquer. Depois você pode apertar, com os dedos, a terra em volta das raízes e aguardar. Quem sabe elas, ou parte delas, se recuperam?

  243. Marcos Says:

    Boa noite!
    Comprei há +ou- 2 anos atrás uma muda de ipê amarelo(tabebuia alba), veio com aproximadamente 1mt e hoje se encontra com 2,5mts, suas folhas medem em torno de 30cm de diametro e entre de 6 a 7 folíolos.
    Estou com muita duvida se realmente é amarelo ou não, pois aqui eu encontro com folhas pequenas e de 5 folíolos, pois gosto muito do ipê amarelo e ficaria muito decepcionado se fosse de outra côr e é uma longa espera e por isso peço ajuda a vocês.
    Esta muda veio do Rio Grande do Sul, que aproveitei o frete com uma muda de lichia, por isso que esta muda veio de tão longe do RGS para o Rio de Janeiro.
    __________
    resposta do blog:

    Marcos: existem várias espécies de ipê amarelo, todas com as mesmas flores belíssimas. A sua espécie não é a Tabebuia chrisotricha, a mais comum, mas o Ipê Amarelo da Serra, cujas folhas podem ter 5 e 7 folíolos, folíolos bem maiores que os da chrisotricha. Fique tranquilo: é uma belíssima árvore.

  244. Aisha Ana Says:

    Nosso lindo Ipê Amarelo caiu. Quase 50 anos conosco. Chorei muito. Cresci com ele. Um vendaval em Goiânia ontem e ele não resistiu. Eu amava essa árvore. Eu catei as flores na rua desde os 2 anos. Meu filho também andou no tapete amarelo. Dia triste.
    __________
    sugestão do blog:

    Aisha:

    Foi uma pena o que aconteceu. Mas leia o comentário seguinte (da Beatriz), e a resposta do blog a ele. Veja se não explica o que aconteceu com o seu Ipê amarelo…

  245. BEATRIZ Says:

    comprei uma muda de ypê e gostaria de saber se posso planta-lo em frente a minha calçada?
    sera que as raizes abalam a estrutura da casa?
    como devo proceder com a plantaçao do ypê?
    __________
    resposta do blog:

    Beatriz:

    1. As raízes de qualquer árvore vão prejudicar muros e construções se, e apenas se, você impedir o acesso delas ao solo e subsolo em torno do tronco da árvore. As raízes querem construir, no solo e no subsolo, uma estrutura parecida com a da copa, só que, evidentemente, sem as folhas. Assim, as raízes necessitam de que todo o solo e subsolo abaixo da copa recebam umidade adequada.

    2. Toda a água da chuva que cai sobre a copa da árvore deve penetrar no solo. O ideal seria que a área debaixo da copa fosse plana e sem calçamento. Mas geralmente isto não é possível, e então passamos para o procedimento alternativo:

    a) deixe, em torno do tronco, a maior área possível sem calçamento. Por exemplo, quadrado de 1 metro por 1 metro, ou círculo de 1 metro de diâmetro, ou retângulo de 80 cm x 2 metros. Melhor mais.

    b) essa área em torno do tronco deve estar plana e rebaixada (melhor 20 cm) em relação à calçada circundante. E a calçada com ligeiras inclinações que direcionem a água que cai nela, vinda da copa, direcionem a água (toda ela) para a pequena “bacia” em torno do tronco, formando, durante a chuva, um laguinho provisório.

    3. Com essas providências, as raízes se aprofundarão e se espalharão pelo solo e subsolo (onde elas querem de fato ir), ao invés de engrossarem anormalmente perto do tronco, e racharem as calçadas, e tombarem no primeiro vendaval.

  246. sergio Says:

    ola eu preciso urgente de saber como fazer o tutoramento de arvores de dois metros e meio como planta que tamanho de buraco abrir e que adubo usar e como escorar vou plantar 90 arvores ipe amarelo e roxo, embira de sapo, manacá da serra, jerivá, suina, dedaleiro, sibipuruna, todas com dois e meio por favor me ajude se tiver foto eu agradeço.
    __________
    resposta do blog:

    Sergio:

    1. Para replantar muda já de bom tamanho, como as suas, abra, para cada uma, um buraco de 50 cm por 50 cm (ou redondo, de 50 cm de diâmetro), com a fundura de 50 a 70 cm. Não é necessário adubar, mas se tiver disponibilidade de estrume curtido ou humus de minhoca, misture com a terra retirada, na proporção de 3 partes de terra para 1 de esterco ou humus.

    2. Cuide para que o caule da planta saia do novo solo num nível um pouco abaixo do terreno circundante (uns 15 centímetros). Como se a planta estivesse alojada numa “bacia”. Se o terreno for inclinado, faça em torno da planta, com a terra excedente retirada, e com terra suplementar, um cordão de terra (murundu) em forma de meia lua, na parte mais baixa do entorno da muda. Isto é para que a água da chuva seja retida em quantidade suficiente, não escorrendo toda para os lugares mais baixos.

    3. Firme bem a muda no solo com a terra reposta, e depois inunde a “bacia”.

    4. Deixe, entre uma árvore e as vizinhas, espaçamento de no mínimo 5 metros (a não ser que você esteja seguindo um projeto que exija espaçamento diferente).

    5. Tutoramento. Enterre, 50 cm solo adentro, ao lado do buraco que recebeu a muda, um caibro (5 cm de espessura) ou galho de árvore equivalente, ficando 1 metro e meio fora do solo. Faça, com uma cordinha ou fita plástica, um laço em torno do caibro, apertando bem com um nó cego. Uma das pontas leve até o tronco da árvore, a 50 cm de distância, e faça novo laço, desta vez frouxo (para dar espaço ao crescimento da muda). Faça essa ancoragem em duas alturas do caibro, alturas que podem ser de 80 cm e 1,20 metro. Passado 1 ano, com a planta bem adaptada ao novo habitat, retire caibro e cordinha, ou, caso ache necessário manter o escoramento, afrouxe mais o laço em torno do tronco.

  247. Diogo Cabral Says:

    Olá pessoal!

    Passando aqui mais uma vez para tentar solucionar um problema.
    É o seguinte: comprei 15 mudas de Ipê amarelo e até agora tudo está indo muito bem. Uma das mudas, entretanto, começou a morrer – as folhas foram ficando murchas até secarem de vez. Quando reparei na base da planta, vi que as raízes estavam com um tipo de fungo em forma de bolinhas e na cor branca. Por desespero acabei retirando os fungos com um graveto mesmo, por isso não tenho fotos para enviar. Mas acredito que isso não soluciona. É comum de acontecer isso com os Ipês? Foi um caso isolado? E o mais importante: há um tratamento?

    Abraço a todos e um carnaval de paz!
    __________
    resposta do blog:

    Diogo:

    Esta vamos ficar devendo a você, já que não lidamos com mudas. Isole a muda atacada, para evitar eventual contaminação.

  248. Cássio Says:

    Ola tenho um ipê amarelo na calçada de minha casa, ele esta num espaço de 70 x 100cm, meus vizinhos acham que a arvore vai danificar meu muro e posteriormnte minha casa que fica a uns 4 metros deste muro, seria necessário retira-lo mesmo? ele esta num tamanho que ainda permite o transplante, preciso da ajuda dos senhores.

    obrigado
    __________
    resposta do blog:

    Cássio:

    As raízes de uma árvore querem penetrar no solo, expandindo-se de maneira harmoniosa em todas as direções. Uma árvore saudável é uma árvore com muitíssimas raízes, que vão afinando à medida que se distanciam do tronco.

    Quando a árvore tem poucas raízes, muito grossas e próximas ao tronco, significa que o solo debaixo da copa da árvore não está recebendo umidade suficiente (vinda da água da chuva). Significa que só o pouco solo junto ao tronco está recebendo água da chuva. As raízes não penetram em solo seco, e portanto estéril, concentrando-se na parte úmida do solo (na parte não calçada junto ao tronco). Nesse caso, a parte calçada sofrerá danos (será levantada e partida); se houver muro a 1 metro da árvore, poderá também sofrer algum pequeno dano. Mas se as raízes não se distanciam do tronco, por falta de umidade, não vão percorrer, no seco, os 4 metros que separam o tronco das fundações da casa. Não se preocupe com isso, portanto.

    Mas providencie para que toda a água que cair sobre a copa da sua árvore seja direcionada para o espaço de 70 por 100 que você citou, formando um laguinho na hora da chuva. A árvore precisa de toda essa água, que irá umidificar adequadamente o solo em torno do tronco, fazendo que as raízes cresçam harmoniosamente, sem engrossamentos doentios junto ao tronco.
    E não esqueça que com o decorrer dos anos a copa da árvore vai se expandir (até atingir um tamanho estável), e a quantidade de água que vai para o laguinho deve também aumentar proporcionalmente. Tomando esses cuidados as raízes não sairão fora do solo e a calçada se manterá intacta.

  249. ze netto Says:

    Próximo dia 25 de março acontecerá mais uma etapa do projeto ipê na Serra. Na oportunidade serão plantadas 150 mudas de ipês branco, lilás, rosa e principalmente amarelo. Faremos o registro de todo o evento e manderemos algumas fotos para o blog Timblindim. Aguardem. Gostaria que vocês postassem.
    Agradeço pela publicação do projeto nesse blog, recebi alguns telefonemas de pessoas de vários municípios interessados em implantar o projeto. Muito obrigado pelo apoio.
    Prof. Zé Netto.
    __________

    O blog diz:

    Ficaremos aguardando as fotos, Zé Netto!

  250. Paulinha Says:

    Olá!! Gostaria de umas dicas de como cuidar das mudinhas de ipê, eu plantei muitass sementes do ipê rosa e apenas três vingaram. Plantei cada uma em um vaso de barro, e agora estão com uns 5cm de altura, já mudei elas de lugar algumas vezes por causa do sol, antes elas estavam pegando o sol da tarde, mas percebi umas manchinhas na folha e achei que o sol devia ser muito forte pra elas. Agora elas estão pegando o sol da manhã, mas eu ainda fico na dúvida delas serem muito frágeis com a incidência da luz solar direta… o que você acha? posso deixar elas pegarem o sol da manhã? ou é melhor ficarem num local mais sombreado com luz indireta?
    Muito Obrigadaa!
    Paula
    __________

    resposta do blog:

    Paulinha: o local ideal para mudas pequenas é aquele sombreado mas com boa luminosidade (sem incidência direta da luz do sol). Mantenha a terra dos vasos ligeiramente úmida, sem encharcamento.

  251. alice Rezende Monteiro Says:

    meu ipe caiu ele não resistiu .
    __________
    O blog diz:

    Que pena, Alice!

  252. Paulinha Says:

    Muito obrigada pela atenção!!! :)

  253. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Plantei um ipe amarelo na calçada no dia 18/04/2011 e ficou com uma altura de 1,30 cm, agora ele vai completar um ano e com altura de 2,10 cm, ele está espalhando os galhos. Gostaria de saber qual a melhor forma de podar, já que há galhos no meio do tronco e a época para poda, sem prejudicar ele? Obrigado.

    __________

    resposta do blog:

    O ideal, Josébio, é não podar. A árvore sabe onde deve lançar seus ramos para crescer harmoniosamente.

    Mas se algum galho estiver muito baixo, e atrapalhando a passagem das pessoas, é esse galho que pode ser podado. Isto se não for possível você “educá-lo” (com arames e estacas) para mudar a sua trajetória e fazê-lo embicar para o alto…

  254. iracema maria possenti Says:

    Sempre quis ter um ipê amarelo ou roxo, agora tenho, só que ele nasceu ao lado de uma palmeira real de + de 20 metros. Posso muda-lo sem que o mesmo morra. atualmente ele tem 1,50 cm de altura e já tem flores. Ta lindo.
    o que faço ?

    Completando:
    Este ipê cresceu ao lado da palmeira, encostado no muro e perto de uma fossa também.
    Adorei este blog, tem tudo o que nos precisamos.
    Parabéns.
    ___________

    resposta do blog:

    Iracema:

    Todo transplante de árvores (mesmo jovens, como a sua) implica em risco de perda. Ideal será você contatar um viveirista, que costuma fazer essas mudanças e possui as técnicas apropriadas. Outra solução seria abandonar esse exemplar (uma pena!) e conseguir, com o mesmo viveirista, muda de tamanho equivalente. Boa sorte!

  255. Arnaldo Viana Júnior Says:

    Plantei uma muda de ipê amarelo em 12/2011 e estava desenvolvendo muito bem, porem esta semana observei que as folhinhas que estavam brotando no topo da planta, foram comidas por formigas pretas e ficou com as pontas secas, será que vai morrer? que posso fazer? como acabar com as formigas?
    Ajudem-me por favor.
    __________

    resposta do blog:

    De que região (cidade, Estado) você é? Essa informação é importante para uma tentativa de diagnóstico. Informe fazendo outro comentário.

  256. Diogo Cabral Says:

    Olá, mais uma vez precisando de ajuda.

    Bem, comprei 15 mudas de ipê amarelo em janeiro desse ano (2012). Elas chegaram em tubetes e agora estão em vasos plásticos de 35cm de altura por uns 25 de largura. O problema é que há um mês e meio, aproximadamente, percebi que as folhas estão ressecando na direção das bordas para o interior delas. Elas não está morrendo. Novas folhas vão saindo, mas algumas já estão com aspecto estético bem feio. Os ipês ficam em lugar com meia sombra e há formigas no local. Há um tipo de fungo branco no pé de laranja sob o qual elas ficam, mas quando retirei algumas mudas de lá e problema permaneceu. A título de informação moro no interior de Pernambuco.

    Grato, Diogo Cabral.
    __________

    resposta do blog:

    Diogo:

    Difícil fazer um diagnóstico à distância. Os ipês têm um período de floração (árvores adultas) e crescimento, seguido de um período de “repouso”, em que praticamente não ocorre crescimento, mas apenas o gradual “envelhecimento” das folhas. As suas mudas podem ter entrado nesse período. Nesse caso, é só esperar pela passagem do tempo, sem esquecer de manter pelo menos um pouco de umidade (excesso de umidade também é prejudicial) na terra dos vasos. O ambiente semi-sombreado é o adequado.

    Outra possibilidade é o ataque de pequenas formigas escuras, que ou sugam as folhas novas (algumas espécies) ou levam algum tipo de fungo para “pastarem” nessas folhas (outras espécies). Se ocorrer presença constante dessas pequenas formigas subindo e descendo pelas mudas, o problema pode estar aí. Bombril desfiado, enrolado em torno do caule da muda pode ajudar, impedindo o trânsito dessas formigas.

  257. Alexandre Says:

    Moro em Guarulhos, próximo da onde moro existe mais dois ipê amarelo e estão cheios de folhas verdes, o ipê que esta na frente da minha casa esta só galhos, as poucas folhas verdes que tinha estão secas ou murchas com cor proxima do marrom, o que faço para recuperar meu ipê e ver ele cheio de folhagem?

    __________

    resposta do blog:

    Alexandre: nesta época (início do outono), nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, as folhas dos ipês iniciam um processo natural de envelhecimento, que culminará com a queda das folhas em agosto ou setembro. Parece que o seu exemplar adiantou-se um pouco em relação aos outros dois. Se em torno do tronco existir apenas uma pequena área não calçada, a árvore pode estar com carência hídrica (apesar das chuvas que têm ocorrido na sua região). Experimente irrigar a planta 1 vez por semana, deixando formar um “laguinho” em torno do tronco. Essa água vai infiltrar lentamente e umedecer mais o solo abaixo da árvore.

    De qualquer maneira, no início da Primavera a sua árvore deve voltar a florescer com força…

  258. Arnaldo Viana Júnior Says:

    Sou de Barueri, região da Grande São Paulo. Sou estudante da FATEC e plantamos essa muda lá para simbolizar o curso de Tranportes Terrestres, já que a madeira dessa árvore foi a primeira usada para fabricar dormentes de trilhos no Brasil.

  259. Ana Cristina Lima Says:

    Parabéns!!!Lindo o seu blog.
    Sou apaixonada por plantas em geral. Estou construindo um pequeno sitio na região serrana do Rio de Janeiro, e tenho planos de ter neste meu pequeno sonho um ypê amarelo e um roxo.
    Abraços.

  260. Investigando flores e odores: de humanos a polinizadores • Curso Tecnico Says:

    [...] http://timblindim.wordpress.com/arvores/ipe-amarelo/. Acesso em 14/04/2012. [...]

  261. ILDETE Says:

    plantei uma mudinha de ipê amarelo em meu quintal há mais ou menos 1 ano cresceu uns 10 cm mas fica toda enrugada as folhas , será que é o terreno que é todo aterrado ou é porque bate pouco sol? Me ajudem por favor.
    __________

    resposta do blog:

    Ildete:

    Esse enrugamento das folhas se deve à ação de pequenas formigas (de meio centímetro de comprimento) ou de fungos cultivados por outra espécie de formigas de igual tamanho.

    Providencie um “fosso” cercando a muda (pneu cortado longitudinalmente ou vaso cerâmico com igual forma, não esquecendo de trocar frequentemente a água para evitar proliferação de mosquitos). Feche os espaços na base do fosso com areia.

    Para cada folha nova que começar a brotar, corte uma folha enrugada. E passe na folha nova, 1 vez por dia, suavemente, um algodãozinho molhado para impedir a instalação de novas “colônias” de fungos.

  262. Diogo Cabral Says:

    Olá, bom dia!
    Uma dúvida:

    Início do ano eu comprei mudas de ipê amarelo do tipo Handroanthus ochraceus. Esses dias comprei mais mudas e optei por um ipê amarelo de nome Handroanthus chrysotrichus. Resolvi mudar o tipo comprado para ter árvores diferentes no sítio da família. Pelo que havia percebido nas pesquisas que fiz na net há variação no porte da árvore, na morfologia das flores e outros aspectos uma vez que há variação numa mesma espécie. Quando as últimas mudas chegaram, entretanto, percebi que elas são exatamente iguais as outras mudas que já tinha em casa. Todos os ipês amarelos são iguais em termos do tipo de folhagem e diferem ao crescer ou houve algum engano com as mudas que comprei?
    __________

    resposta do blog:

    Diogo:

    Tenho, em minha chácara, tanto exemplares do Ochraceus como do Chrysotrichus. Na comparação de mudas já é possível notar as diferenças. Na forma, são praticamente iguais (possivelmente a ochraceus seja adaptação duma primeva chrysotrichus a ambientes com estio mais prolongado). São diferentes na textura e na cor. A chrysotricha é mais “delicada”, com os folíolos (geralmente 5, podendo ser 3 nas primeiras folhas da muda) mais finos, e bem pilosos nas duas faces. A ochraceus tem folíolos mais grossos, coriáceos, e quando novas pilosas na parte de baixo e praticamente lisos na parte superior. O verde da ochraceus é mais escuro, como se ao verde da chrysotricha se tivesse adicionado um pouquinho de tinta preta.

    Se quiser, pode mandar fotos (de preferência no modo Macro de sua câmera) das folhas, aparecendo todos os folíolos da folha mostrada. Tentarei identificar a espécie. O e-mail está indicado no quadro CONTATO (em azul), na coluna direita (menor) da página principal do blog.

  263. Diogo Cabral Says:

    Okay, aguardo alguma informação. Prestei bem atenção e me parecem iguais.

  264. José Aguiar Says:

    Acabei de plantar dois ipes amarelos no meu quintal , eles tem uns 25cm de altura, mas n tenho a minima ideia de como cuidar pra que eles n morram e cresçam com saúde … se puder me responder como faço pra cultiva-los ficarei grato e tem outra coisa que me preocupa deixei um espaço de 2m e meio entre os dois era o espaço que tinha longe de calçadas, moro em Brasília e elas são típicas desta região, desde já muito obrigado …

    __________

    O blog diz:

    José:

    1. Seria bom se as duas mudas tivessem um pouco de sombreamento. Você pode fazer uma estrutura de bambus em torno, e colocar uma tela de sombrite 50 cm acima das plantas.

    2. Nesta época de baixa umidade do ar, irrigue cada pé, à tardinha, com 10 litros de água.

    3. Se tiver animais no quintal, cerque as mudas com pequenas estacas de bambu ou madeira.

    No mais, deixe a Natureza transformar as mudas em árvores saudáveis, o que certamente ocorrerá.

  265. Claudio Rio Says:

    Amigos, acompanho o Blog, e tenho alguns ipes plantados, são 14 pés no total, estão no gramado da calçada externa, na rua, em frente a casa, São pés de ipês amarelo, branco, rosa e roxo, a maioria com dois a tres metros de altura, sendo que os amarelos já produzem algumas flores, e pela primeira vez o roxo produziu pequena quantidade de flores, mas como as flores, na verdade, estão mais para a cor rosa, gostaria de saber qual a diferença de tonalidades das flores dos ipès rosa e roxo e tambem se a média de distância de 50 cm a 80 cm, entre eles, é suficiente e não vai atrapalhar o seu desenvolvimento, já que alguns, independente da cor, tem crescido diferentemente, apesar de estarem bem proximos e com os cuidados iguais.
    Agradeço .
    __________

    resposta do blog:

    Claudio:

    Há várias espécies (talvez mais de 5) de ipê com a tonalidade entre rosa e lilás escuro (diferente da tonalidade realmente roxa, que é a da flor de Jacarandá, que tem formato e tamanho iguais às dos ipês). Ainda não foi realizado um estudo acadêmico completo referente aos ipês dessa tonalidade. Há, por exemplo, estudo limitado comparando as flores de três ipês amarelos e 1 rosa (clique aqui para ver).

    Quanto ao espaçamento, o adensamento vai provocar redução no crescimento de todas as plantas. Elas têm desenvolvimento diferente (algumas espécies de amarelo e branco são mais precoces). Não se preocupe quanto a isto; não indica problema com uma planta em particular.

  266. cleber bueno Says:

    olá,gostaria de saber se consigo manter o ipe amarelo não muito alto se perder a beleza da floração,já que tenho uma muda em frente minha casa no quintal.obrigado.
    __________

    resposta do blog:

    Cleber: para restringir a altura do ipê, só aplicando técnicas de bonsai. Creio que se você plantar a árvore dentro de uma manilha de concreto (digamos, de 1 metro de diâmetro e 1 metro de fundura), o crescimento sofrerá uma boa limitação. Árvore menor, floração menor, também…

  267. maribel Says:

    POSTEI NO EMAIL UMA FOTO DA IPE FLORIDO, ANO PASSADO, SÓ QUE ESTE ANO ELE MAU FLORIU, TEM ALGUMA RELAÇÃO, ENTRE UM ANO FLORESCER OU NÃO TANTO ?
    OBRIGADA
    MARIBEL
    __________

    resposta do blog:

    Maribel:

    É natural. É o ciclo da Natureza. Aguarde floração deslumbrante para o próximo ano ou, no mais tardar, para 2014. O mesmo ciclo de altas e baixas acontece com as frutas de pomar, cheias no Pantanal, etc.

  268. Denise Marty Says:

    Meu Ipê amarelo, floresceu pela primeira vez em 2088 e 2009, um “pompom” só. Em 2010, 2011 e 2012, esperei pela flores e nada.
    A cidade está toda florida e meu Ipê começando a sair as folhas novamente. Que posso fazer para elê voltar a Florir?
    __________

    resposta do blog:

    Denise:

    Mande e-mail para o endereço indicado no quadro (em azul) CONTATO, na coluna direita da página principal do blog. Informe a idade da árvore e anexe pelo menos 2 fotos do seu ipê (uma delas mostrando o tronco até o chão). Aí vamos tentar descobrir o que acontece…

  269. Amanda Says:

    Bom dia,
    Ganhei 3 sementes de Ipê Roxo, plantei-as em um “mini vaso” para que pudessem iniciar o processo de germinação e em seguida eu as transferir para um vaso maior. Porém, já se passaram 20 dias, e nada. Desenterrei hoje as sementes e elas continuam intactas, nada aconteceu. O que posso ter feito errado?
    Obrigada!
    __________
    resposta do blog:

    Amanda: as sementes precisam de umidade (evitando encharcamento) para germinar. Sementes de ipês podem demorar 3 semanas para germinar. Se as suas sementes não apodreceram, comece tudo de novo. Se tiver outras sementes, tente em outro vaso (ou embalagem de leite longavida). O substrato (terra ou terra + matéria orgânica) deve estar firme, porém não compactado.

  270. Eliseu Lins Says:

    Parabens por este lindo trabalho.
    Em 2000 plantei uma muda de Ipe Amarelo em um terreno (hoje minha casa), ele fica nos fundos uns 7 metros antes da divisa e do lado esquerdo a 1 metro da divisa lateral ( o terreno tem 5 metros de largura).
    Nestes quases 12 anos somente 1 vez ele floresceu (em 2010) não muito mas ficou lindo (acredito que floresceu uns 30/40% da capacidade em relaçao ao seu tamanho/altura/idade. Como os galhos começaram a avançar no terreno do meu vizinho fui obrigado a cortar os galhos que sairam do meu terreno e tenho a impressão que foi este o motivo que nao floreceu mais. Hoje as folhas estao caindo, porem, a maioria estao furadas como se houvesse uma praga (nao localizei a olho nu), apesar da arvore passar a impressao de ser saudavel (recebe agua todos os dias). Minha esposa mantem um xaxim com orquidea pendurado bem no meio do tronco (isto poderia estar atrabapalhando o florescimento?). A altura é de aproximadamente 5 metros. O diametro esta em torno de uns 12 cm. Enfim agradeço ajuda e espero poder mante-lo até o final da minha vida (tenho 48 anos), inclusive, no inicio muitos foram contra dizendo tratar-se de arvore nativa (com razão), porem, agora não vou mais tira-lo. Obrigado.
    __________

    resposta do blog:

    Eliseu:

    A orquídea não atrapalha em nada a árvore. Apenas se apoia nela, absorvendo nutrientes e umidade do ar e da poeira que se aloja no tronco da árvore.

    A árvore está numa posição ruim, muito próxima (1 metro) da divisa do terreno. A deformação de sua copa é, então inevitável, mas em si não causa maiores problemas.

    Procure, nas irrigações, não interferir no ciclo natural da vida dos ipês: eles esperam um período seco, todo ano (e é isto que os fará perder todas as folhas e abrir floração). Na estação das chuvas, cuide para que toda a água que cai na copa da árvore penetre no solo (sem escorrer para outros locais. Apenas a água que cai sobre a copa (a água que cai fora desse círculo, deixar que escoe, para não causar encharcamento do solo). No período de estio, não irrigue a planta (isto só é necessário para mudas e plantas pequenas), ou irrigue apenas depois de floração abundante.

  271. Lucivânia Says:

    Olá, adorei tudo pois acho lindo Ipês, mas queria muito dar uma mudinha de Ipê branco para um amigo que é apaixonado por ipês brancos, mas nunca conseguiu uma mudinha para cultivar, gostaria de saber como faço pra conseguir uma muda de ipê branco e onde consigo comprar
    __________

    resposta do blog:

    Lucivânia:

    1. Mudas de ipê, inclusive do ipê branco, são bastante comuns. Você acha essas mudas em qualquer viveiro de mudas ou lojas que vendem mudas de plantas ornamentais.

    2. Pelo menos aqui em Campo Grande – MS, e talvez em quase todo o Brasil, os ipês brancos estão florindo ou já carregados de vagens. É só esperar que as vagens comecem a abrir, apanhar algumas sementes do chão, semear num vaso ou na terra posta numa embalagem aberta de leite longa vida e aguardar a germinação…

    3. Veja a postagem, deste blog, intitulada “A Floração dos Ipês Brancos”, que mostra os aspecto dessas vagens (clique aqui)

  272. Eliseu Lins Says:

    Obrigado pela dica. Meus procedimentos de irrigação estavam incorretos. Boa Noticia, o Ipê floresceu em meados de Setembro/12, porem, até o momento somente abriram algumas petalas, enfim surgiram 08 lindas flores, muito pouco considerando a idade e porte da arvore, porem, já fiquei muito contente. Detalhe: onde ele foi plantado é quintal com piso e a area para penetração da agua é de 60×60 cm – as aguas das chuvas que caem no quintal em parte penetram neste pequeno espaço de 60×60 cm, porem fiquei preocupado que quando lavamos o quintal com sabão parte desta agua tambem penetra neste espaço – meio metro a frente tem um outro espaço aberto (grama) de 3,00 x 3,00 mts onde a maior parte da agua escorre. Estou pensando em proteger o Ipê colocando ao redor da base uma pequena barreira de pedra e cimento evitando que entre a agua com sabão, porem, fatalmente diminuira em muito a entrada da agua da chuva – talvez seja melhor dar especial atenção quando lavamos o quintal “com sabão/1 vez por mês” evitando que caia esta agua no pé do Ipê – o que você acha?
    É possivel postar uma foto do Ipê aqui neste espaço.
    Obrigado mais uma vez e desculpe por não ser breve.
    ___________

    resposta do blog:

    Eliseu:

    Talvez você possa fazer uma pequena saliência (cordão) de cimento, bem próximo da saída da água com sabão e mais longe do espaço em torno do tronco da árvore. Desviando assim só a água com sabão, mas não a água da chuva.

    Não é possível colocar a foto diretamente. É possível acrescentar foto ao seu comentário, desde que você mande a foto em separado, por e-mail, para o ondereço anotado no campo CONTATO, na página principal do blog. Aí eu pego do e-mail e coloco aqui.

  273. simone soares lacerda Says:

    Ola .
    Parabens pelo Blog, facilita nossa tirada de duvidas, que são muitas….Gostaria de saber se é verdade que as flores do Ipe amarelo podem se tornar flores brancas dependendo do tempo de vida da arvore??

    __________

    resposta do blog:

    Simone:

    Uma transformação desse tipo não teria nenhum sentido biológico. O que poderia ocorrer, teoricamente, seria uma hibridização de um ipê amarelo com um ipê branco, ou uma hibridização envolvendo outras cores dos ipês. Numa hibridização desse tipo (teórica, pois não se tem conhecimento de alguma ocorrência real), poderiam ocorrer, dependendo de caracteres dominantes e recessivos, num mesmo exemplar, flores de cores diversas.

    Dias atrás verifiquei, meio de longe, já que as árvores são altas e de difícil acesso, a presença, em reservas naturais (morros próximos ao Rio Aquidauana, no município de Terenos – MS), flores de ipês brancos com filetes amarelos e flores de ipês brancos com filetes rosa-lilases. Isto pode ser resultado de antigas hibridizações de outras espécies de ipê. Estamos preparando uma postagem sobre esses ipês.

  274. Izabel Faria Says:

    Aproveitando a dúvida da Simone, eu tb gostaria de comentar que plantei umas sementes do IPÊ Rosa Claro, e ainda no vaso e já crescidinha, apareceram flores brancas ! E aí ? Como me poderiam explicar ?
    Aproveito tb para dizer que eu mesma colhi as vagens de IPÊ ROSA CLARO, e não de IPÊ BRANCO.
    Obrigada pelo tira dúvidas.
    Izabel Faria – Belo Horizonte

    __________

    O blog diz:

    Izabel:

    Esses eventos que você presenciou são muito interessantes. Você poderia nos mandar algumas fotos da sua planta? O nosso e-mail está indicado no campo CONTATO (em azul), na coluna da direita da página principal do blog. Se a sua máquina tiver o comando macro (florzinha), mande foto de uma folha (uma “palma”, com vários folíolos juntos, abertos como uma palma), tirada de perto…

  275. Rodrigo Says:

    adorei !!!! amo os ipês. gostaria de realizar um projeto q todas as prefeituras tenha q prantar ipês nas cidades

  276. Guilherme Says:

    Adoro ipês. Essa semana peguei algumas sementes que estavam caindo no chão da minha escola. Plantei todas. No entanto, nasceram apenas duas, as duas que estavam no mesmo copinho. Desenterrei uma e plantei em outro copinho. Vou deixá-las crescer mais um pouco para plantar no terreno do meu pai. Estou procurando agora alguns exemplares de ipê rosa, roxo e branco para poder plantar também, já que o que plantei era do amarelo.

    Parabéns pelo site e obrigado pelas informações.

  277. Raniere d Carlos Says:

    Posso tirar um paralelepipedo de minha rua, beirando o calçamento e plantar um ipê?
    Ou trago ele em uma lata, ou outro recipiente até completar uma certa idade, para depois transferí-lo ao local definitivo?
    Como acelero o crescimento e a floração do ipê?
    __________

    resposta do blog:

    Raniere:

    Não retire o paralelepípedo. A prefeitura não permite. A não ser que você o recoloque no lugar, depois de retirar a muda de ipê. (Se for para retirar uma muda de ipê ali nascida).

    Uma muda de ipê, em lugar inadequado, pode ser retirada, cavando um pouco em torno da muda, de modo que a terra em volta de suas raízes não se solte, ou se solte apenas um pouco. Depois, encher uma embalagem de leite longavida com terra comum, molhar bem, afundar um dedo na terra, fazendo um orifício. Nesse orifício, cuidadosamente colocar as raízes da muda com a terra que estiver grudada nelas. Não deixe as raízes dobrarem. Se preciso, alargue o orifício.

    Quando a muda estiver com 50 cm de altura, a contar da base do tronco, pode transplantá-la para o lugar definitivo.

    Os ipês, como qualquer árvore, terão seu desenvolvimento acelerado se contarem com boa irrigação, principalmente a natural, advinda das chuvas. No mais, é aguardar com paciência, mas sem desânimo. Curta o crescimento da planta, a beleza de suas folhas novas, renovadas todo ano na Primavera…

  278. Andrea Pereira Says:

    olá! Estou muito preocupada com um ipe que tenho no meu sitio. Este ano ele nao deu folhas. Parece estar morto. Desde sua ultima floracao, que foi no ano passado, ele se manteve sem folhas e assim permanece até hoje. O que devo pensar? Segundo os moradores mais antigos, ja com seus setenta anos e tal, esse ipê fez parte de suas infâncias, ou seja, ja é uma árvore de alguns bons anos. Tem algum comportamento atipico que explique essa aparencia? Estou muito triste!!!! Nao quero acreditar que meu ipê morreu. Gostaria de alguma opinião sua. Obrigada, Andrea.

    __________

    resposta do blog:

    Andrea:

    As folhas são o pulmão das árvores. Sem pulmão, sem vida, infelizmente.

    Somente uma visita “in loco” poderia dar alguma pista sobre a causa da morte da planta. É um caso para o Detetive Engenheiro Agrônomo…

  279. Kelly Cavalcante Says:

    Bom dia! Adorei sua pagina, comprei uma muda de ipe branco só que ainda não plantei o vendedor disse que poderia ficar por 2 anos no saquinho mas as folhas estão secas e caindo é normal as mudas ficarem sem folhas ?

    __________

    resposta do blog:

    Kelly:

    É normal as folhas dos ipês, mesmo das mudas, ficarem velhas, secarem e cairem. Mas em seguida deve vir a floração (caso das plantas com alguns anos de idade) ou nova folhação (caso das mudas).

    Tratando-se de mudas, não deixe de irrigá-las nos dias não-chuvosos (nestes, se a chuva cair direta ou indiretamente sobre a muda, melhor).

  280. Leonardo Says:

    Olá , tudo bom!
    Cheguei aqui pesquisando , por ser leigo – se devo ou não plantar um ipê amarelo na fachada – calçada – da minha casa amarela – considerando que ha um Caxambu no piso desta calçada que eu também gosto muito , e não gostaria de um “conflito” entre Caxambu e ipê, porque certamente o Caxambu vai levar a pior….
    E provavelmente esta seja uma dúvida e receio de muitos quanto a problemas com as raízes do ipê… e realmente está difícil chegar a uma conclusão definitiva , porque as opiniões , explicações etc.. entre leigos, entendidos, biólogos , agrônomos .. – tem prós e contras com a possíveis problemas no calçamento , ainda quanto a rede elétrica, felizmente disso estou livre porque ela passa do outro lado da rua. Mas até esse momento eu tenho 80% que não ha problema nenhum porque suas raízes não são rasteiras de como infelizmente é a musa das árvores o Flamboyant, que até então era a minha primeira opção para esse local da calçada, que reservei para uma árvore, mas essa é 100% desaconselhável.
    Mas quanto ao ipê, ainda resta uns 20% de opiniões, que ainda me preocupa em destruir a calçada. A área livre de calçada é acima de 2 metros quadrados, é retangular – 0,8 X 5 metros.
    Sei que está dúvida já foi comentada aqui várias vezes , e as respostas parecem se finalizarem como o principal – nesse cuidado de 2 metros mínimos de área livre, para não haver problemas no calçamento, embora seja visível em muitos locais – ipês em calçadas com a área livre quase zero e aparentemente sem problemas , o calçamento bem nivelado tal como foi colocado.
    Por fim, como já sei a tua resposta quanto a isso e ela esta dentro dos 80% que confirmam que não há problemas, eu te pergunto se tu sabes , já vistes , alguém já comentou contigo , algum caso de ipê amarelo ter danificado calçamentos, hidráulica, edificações… etc ?
    Obrigado.
    __________

    resposta do blog:

    Leonardo:

    1. O comportamento das árvores que atingem um grande tamanho – em altura ou em expansão lateral – nas cidades, é praticamente igual. Não importa se Flamboyant ou Ipê. Essas árvores necessitam dispor, no solo, para usufruto de suas raízes, de uma área úmida compatível com o tamanho e a forma de sua copa.

    2. Acho que o seu ipê não vai dar problemas com rachaduras, visto que a área para infiltração da água da chuva é bem razoável. Isto se essa área não calçada for plana. Cuide para que a água suplementar que sai da calçada e adentra essa área livre, não escoe toda para a sarjeta. Ideal seria que a área livre de calçada estivesse um pouco abaixo – 10 centímetros – do nível da guia. Assim, nas chuvas maiores, essa área viraria, por meia hora, um “laguinho”. Essa água suplementar iria irrigar abundantemente o solo, até uma boa profundidade. E as raízes se expandem tranquilamente por áreas úmidas do solo, inclusive as áreas mais profundas.

  281. Pedro Filho Says:

    Ola! ganhei um ipe amarelo da minha mãe. Ele possui uma certa historia, no começo, há 5 anos atras ele estava num latão e largado, 1 ano depois minha mãe o pegou e começou a cuidar dele, disse que quando o colocou no sol as folhas queimaram e ela ficou com uma aparencia horrivel, e que, após colocar ela em sombra ( em uma cozinha ) a planta passou a se desenvolver. Apesar de ela ter desenvolvivo tem apenas algumas folhas que estavam verdes escuras com manchas pretas. A planta tem 60cm d altura, 5 anos e nunca floresceu, esta em um vaso de 20cm d altura.
    Eu a ganhei de minha mãe há 2 dias e após deixar no sol da manha as folhas que estavam com uma mancha preta passaram a ficar cor de bronze, como se estivessem queimando. Como posso fazer para cuidar melhor dela? Quero faze-la crescer em um vaso, é possivel? Muito grato pelo seu tempo, qualquer ajuda sera muito bem vinda. Tenho pouca experiencia com plantas, mas para começar nunca é tarde.

    Link com foto do ipe:http://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/s480x480/74275_10200107402308689_1979266637_n.jpg

    __________

    resposta do blog:

    Pedro:

    1. Mudas pequenas, de qualquer árvore, devem ficar em ambiente semi-sombreado. Sol pela manhã (só pela manhã) é uma boa.

    2. Verde escuro indica luminosidade insuficiente.

    3. Cor de bronze: folhas velhas, prestes a serem substituídas por folhas novas, num processo natural (e anual). Está um pouco atrasado (deveria ter ocorrido próximo ao início da Primavera).

    4. A terra do seu vaso pode estar compactada. O vaso parece pequeno para a muda, e você pode mudar para vaso maior (depois de deixar 3 dias sem irrigar, para que os torrões em torno das raízes não se soltem). Veja se o vaso novo tem um furo no fundo, para escoamento do excesso de água. Encha até a metade com terra misturada com esterco curtido (ou humus, ou terra vegetal, ou compostagem), na proporção meio a meio – ou pelo menos 20 por cento desse humus. Deposite a muda com a terra em torno das raízes. Acabe de encher os espaços vazios em torno da muda. Compacte um pouco a terra fofa com os dedos. Irrigue com uns 2 litros de água. Lugar semi-sombreado. Depois, irrigue a cada 2 dias, se não chover no local.

    5. Se possível, plante a muda no solo, em lugar definitivo. Faça uma semi-sombra com outra planta ou artificialmente.

    6. Procure não mudar de lugar. Toda mudança (principalmente quando alcança a terra em torno das raízes) é relativamente traumática para as plantas.

  282. Maira Says:

    Tenho dois ipês plantados no meu quintal, um roxo e um amarelo (foto: http://sphotos-d.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/155820_410186475716279_1705828014_n.jpg)

    o amarelo está ao lado de uma primavera que está crescendo e tampando seu sol (foto: http://sphotos-b.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/525083_410187355716191_1571909133_n.jpg)…

    pensei em passar o ipê para um vaso grande, mas tenho medo que tirando ele da terra ele morra…

    - quanto cavar para transplanta-lo?
    - ele tem condições de viver num vaso ou melhor passa-lo para outro local na terra?

    Muito Obrigada
    __________

    resposta do blog:

    Maira:

    Vi as duas fotos.

    1. Acho que a Primavera não tem potencial para sufocar o ipê amarelo. Ele vai desviar, se preciso, e acabará ultrapassando os ramos mais altos da Primavera. A partir daí, poderão conviver em harmonia.

    2. Não me parece boa idéia tirar o ipê amarelo do seu lugar. Remoção causa grande estresse nas árvores, e deve ser feita por especialistas (caso contrário, há uma probabilidade muito grande da morte da planta).

  283. Maira Says:

    Ahh posso deixar ele la então??? q boa notícia!!! :D

    Uma outra perguntinha, devo podar alguns galhos para ajudar no crescimento ou deixo como está?

    MUITO obrigada!!!
    __________

    resposta do blog:

    Maira:

    Só faça poda dos galhos secos, ou manifestamente doentes, ou que estejam prejudicando a passagem, ou que estejam invadindo o quintal vizinho (sem o beneplácito do vizinho). Poda é uma violência contra a planta, e só vale como último recurso.

  284. Patricia Says:

    Olá,
    adorei este site, estou com uma muda há +/- 4 meses de Ipê amarelo, cresce rapidamente, esta num vaso pequeno, gostaria de plantar na frente de casa, mas me disseram que as mudas irão quebrar a calçada, é possível replantar num vaso maior de cimento por exemplo ?
    __________
    resposta do blog:

    Patricia:

    Sim, é viável transplantar a muda para um vaso de cimento. Descole cuidadosamente a terra da parede do vaso, passando uma faca ou lâmina fina. Vire o vasinho de cabeça para baixo, segurando muda e o torrão de terra ao seu redor com a outra mão.

    No vaso maior, encha até a metade com terra comum (pode misturar com humus, se quiser). posicione o torrão com a muda e acabe de encher o vaso, mas não até a boca (para retenção da irrigação). Molhe bem e compacte um pouco a terra em torno do torrão da muda, para firmá-la bem. Depois é só molhar uma vez por dia, durante pelo menos 15 dias. Depois disso, pode espaçar mais se o clima estiver úmido.

    Os ipês, quando adultos (e o mesmo acontece com as outras árvores de grande porte), racham calçadas porque não recebem irrigação natural (chuvas) suficiente. O ideal é que toda a área debaixo da copa da árvore esteja plana (ou côncava) e livre de calçamento. Aí o solo em torno dela receberá irrigação suficiente, e as raízes não engrossarão anormalmente junto ao tronco, e não ficarão expostas, e não racharão calçadas e muros. Se a sua calçada for grande (digamos com 3 metros ou mais de largura), pode plantar o ipê, desde que a faixa para passagem das pessoas ocupe apenas 1 metro da largura, o resto estando apenas gramado (ou com outras plantas rasteiras) e plano.

  285. Jardel Barreto Pacheco Says:

    Gostaria de tirar uma duvida sobre o IPÊ que plantei estão nascendo umas manchas escuras nas folhas,gostaria de saber o que é,se é um tipo de praga,atenciosamente Jardel.
    __________
    resposta do blog:

    Jardel:

    Se essas manchas surgem nas folhas novas, é provável que sejam fungos levados (e cultivados) por formigas pequenas. Se for o caso, você vai constatar a presença de muitas formiguinhas descendo e subindo no tronco. Elas podem ser combatidas fazendo, ao redor do tronco, uma coroa de bombril desfiado (insetos não sabem lidar com fios e pelos).

  286. Luciana Says:

    Bom dia!
    Comprei uma chácara em Ibiúna e no meio dela existe um Ipê Amarelo, muito grande e lindo, porém o mesmo está com um furo no tronco que se cutucado mina um líquido com cheiro ruim e também notei a presença de insetos parecidos com formigas, preciso de ajuda não sei o que fazer para curar a minha árvore.
    __________
    resposta do blog:

    Luciana:

    Continue cutucando o furo com uma varinha, até limpá-lo bem. Encha-o em seguida com areia seca (para absorver o restante da substância), e retire 24 horas depois (pode retirar com esguicho de mangueira). Encha novamente de areia seca (que é um elemento neutro para a planta) e tape a entrada com um pouco de massa de cimento, ou cal, ou mesmo uma rolha ou botoque de madeira.

    Porém, se a tal substância malcheirosa foi introduzida por seres humanos, é possível que já tenha causado à planta danos irreversíveis.

    Quanto aos insetos, você pode combatê-los com inseticida comum (baygon, sbp, raid, mafu, etc.), aspergindo um pouco sobre eles. Se eles não morrerem de imediato, não se preocupe, pois isso pode demorar alguns minutos.

  287. sergio50 Says:

    Bom dia, amigo.
    Pesquisando na internet, encontrei seu excelente blog, que, espero, possa me ajudar no meu problema. Desde já agradeço a atenção.
    Construí uma casa (moro em Belém do Pará) num condomínio e meu quintal é uma área grande, mas toda revestida de lajota cerâmica. Minha esposa pediu pra deixar um canteirinho central, de 1 metro quadrado, com a intenção de plantar alguma árvore com boa sombra e rica em floração.
    Entre as diversas dúvidas, pois sou leigo no assunto, reside principalmente qual árvore plantar. Confesso que tenho preferência por espécies de crescimento rápido, pois estou com 55 anos e gostaria de ainda ter tempo de desfrutar alguma floração.
    Eu acho o Ipê espetacular, mas gostaria de saber sua opinião acerca da viabilidade.
    Em caso de inviabilidade, ficarei agradecido por alguma sugestão.
    Um abraço e parabéns pelo excelente trabalho.

    Sérgio Soeiro.
    __________
    resposta do blog:

    Sérgio:

    Ipê é uma ótima pedida. Ipê roxo ou rosa pode demorar de 5 a 10 anos para florescer, mas o ipê amarelo é bem mais precoce (com sorte, em 3 anos), principalmente a espécie com nome científico de Handroanthus chrisotrichus. Essa espécie é muito popular em todo o Brasil (exceção dos Estados do Sul) e é facilmente encontrada nos viveiros de mudas, particulares, de prefeituras ou de órgãos ligados ao meio ambiente.

    Para uma árvore, quando ela atingir um bom porte (digamos, copa com 3 metros de diâmetro para cima), uma área descalçada de apenas 1 metro quadrado é pouco. Não vai dar irrigação adequada ao tamanho da planta, suas raízes vão engrossar anormalmente junto ao tronco (pois raízes não avançam sobre terra seca debaixo de calçamento). O problema para essas árvores já grandes é minimizado se a parte descalçada estiver rebaixada, pelo menos uns 10 cm abaixo da superfície das lajotas. Isto vai permitir a formação de “laguinho” nas chuvas maiores (água vinda das áreas vizinhas), e essa água complementar vai propiciar que a área irrigada do solo se expanda, avançando um pouco sob a área calçada (sem prejuízo para esta, uma vez que o avanço se dá em forma de cone).

  288. Sandra Soares de Almeida Souza Says:

    Boa noite. Sou apaixonada pelo ipê amarelo. Quero saber se existe algum tipo de ipê amarelo que tem galho com sete folhas. Ganhei uma muda e fui informada que é o amarelo, mas ela tem sete folhas em cada galho e eu ainda não tinha visto. Pesquisei mas não encontrei.
    Obrigada. Boa noite.
    __________
    resposta do blog:

    Sandra:

    1. Na verdade, o que você chama de “galho” é 1 (uma) folha, composta por 7 folíolos. Todos os folíolos são de uma mesma origem, nascendo sempre juntos (como um feto, que nasce ao mesmo tempo com pernas, braços, etc.). Nenhum desses folíolos brota independentemente, como por exemplo acontece com a laranjeira, ou limoeiro, onde cada folha brota independentemente, após a brotação da folha anterior. Nos ipês, temos a brotação de, por exemplo, 5 folíolos (1 folha), em seguida, no mesmo galho (que com o tempo vai engrossando), a brotação de outros 5 folíolos (outra folha), depois outros 5 folíolos, e assim por diante.

    2. Há duas espécies de Ipê Amarelo que têm 7 folíolos: o Ipê-Amarelo-da-Serra (nome científico Tabebuia alba ou Handroanthus albus) e Paratudo (há postagem neste blog sobre essa planta; clique aqui), com nome científico Tabebuia aurea ou Handroanthus aureus. O primeiro tem frutos vagens compridos, roliços. O segundo, frutos mais “gordos”, no formato de charuto (só que com pontas mais afinadas), e suas folhas têm geralmente 7 ou 9 folíolos.

  289. Angélica Garcia Says:

    Olá, bom dia! Agradeço seu blog que me orientou evitando que eu retirasse do meu jardim uma árvore que plantei há quase 7 anos como sendo ipê amarelo e ainda não floriu. Agora tirei as dúvidas através de suas fotos e esclarecimentos quanto às folhas e tronco. E vou seguir suas instruções quanto à adubação. Entretanto, me surgiu uma outra dúvida! Ela foi plantada, pelo paisagista, aproximadamente, a 3 metros da minha piscina. Vendo as fotos das raízes, me preocupa o fato delas aparecerem por fora do solo e acredito que são fortes e superficiais. Isso prejudicará minha piscina? Será que terei que sacrificá-la por isso apesar de ter me certificado que trata-se mesmo de uma árvore de ipê? Obrigada! Angélica Garcia

    __________
    resposta do blog:

    Angélica:

    Precisamos ver o entorno da árvore para opinar sobre suas condições e possíveis ameaças à estrutura da piscina. Mande-nos uma foto ou duas da árvore, deixando aparecer um pouco do espaço em torno dela e uma borda da piscina. Mande para o e-mail indicado em CONTATO na coluna menor do blog.

  290. Audálio Rocha Sampaio Jr. Says:

    Olá, parabéns pelo trabalho! Gostaria de saber sobre o transplante de um Ipê de 8m ou mais, quais as possíveis consequências e como poderia fazê-lo para não ter decepção?

    Obrigado
    __________
    resposta do blog:

    Audálio:

    É uma operação delicada e com riscos de perder a árvore. Procure um viveirista que tenha experiência nesse trabalho. Talvez a Prefeitura de sua cidade tenha alguém com essa experiência e que possa ajudá-lo gratuitamente, já que o assunto interessa também à administração municipal, secretaria de parques e jardins ou meio ambiente.

  291. edivaniafreirenia Freire Says:

    Olá!!! Recentemente, li uma informação de que eu poderia plantar Ipês amarelo e branco na calçada, porém, não poderia plantar o roxo, em decorrência do seu porte ser muito alto. A minha dúvida é saber sobre o rosa, se ele também pode ser plantado na calçada!!! Obrigada pela atenção!!!

    Edivânia Freire
    __________
    resposta do blog:

  292. andre muller Says:

    quanto tempo para florecer?
    __________
    resposta do blog:

    André:

    Varia muito, de planta para planta. Mas vamos falar que demora 5 anos, com sorte um pouco menos.

  293. edivaniafreirenia Freire Says:

    Olá!!! Cadê a minha resposta?

    Recentemente, li uma informação de que eu poderia plantar Ipês amarelo e branco na calçada, porém, não poderia plantar o roxo, em decorrência do seu porte ser muito alto. A minha dúvida é saber sobre o rosa, se ele também pode ser plantado na calçada!!! Obrigada pela atenção!!!

    Edivânia Freire
    __________

    resposta do blog:

    Edivania:

    Desculpe, havia feito o texto em resposta, mas parece que o deletei inadvertidamente.
    O ipê rosa, tal qual o ipê roxo (esses nomes populares designam as mesmas árvores) é de grande porte e não deve ser plantado em calçadas que têm postes de iluminação ou em calçadas estreitas. Mas se não há postes e a calçada for larga (digamos, com 3 metros ou mais de largura, poderá ser plantado, desde que se reserve uma faixa sem calçamento (de pelo menos 1 metro de largura e o máximo possível de comprimento), rebaixada 10 cm em relação à guia, para farta infiltração da água da chuva.

  294. edivaniafreirenia Freire Says:

    OK!! Muito obrigada!!!

  295. Alexandre Says:

    Acredito que meu IPÊ com cerca de 20 anos e mais de 4 metros morreu, entrei aqui solicitando ajuda a uns 2 anos atrás pois na época estava dando pouca folhagem, comprei as vitaminas, e tudo mais mas já tem uns 17 meses aproximadamente que a arvore não dá uma folhinha cequer nem verde nem nada, esta só nos galhos, o que devo fazer, será que tem como recuperar, quem posso procurar, desde já agradeço pela atenção
    __________

    resposta do blog:

    Alexandre: é melhor você arranjar outra muda, de preferência já de bom tamanho, e plantar próximo à árvore seca. Ela parece um caso perdido…

  296. paulopereira Says:

    parabéns pelo blog, é de muita utilidade para mim.
    _______________

    O blog diz:

    Obrigado, Paulo!

  297. celso Says:

    IPÊ FLORIDO

    Aos nossos olhos
    Um belo tesouro
    Que nos deixa à mercê.
    Pétalas nas cores do ouro
    São as vistosas flores do Ipê.

    Ipê, árvore Brasileira, admirada
    Pelos campos cresce naturalmente
    A terra com suas folhas, forrada
    Restando nos seus galhos, flores somente.

    As paisagens se tornam mais belas
    Um rico presente pra quem vê
    Pigmentadas de roxas, rosas ou amarelas
    Que Lindas são as Flores do Ipê!

    (Celso Archanjo)

  298. jose pedro garilio Says:

    Ola boa tarde gostaria de saber qual provavel motivo tenho duas mudas de ipe plantado em minha calçada com um metro de altura percebi as folhinhas do broto ficam duras e param de brotar. tem umas formiguinhas pequenas pretas acredito que elas deixam alguma seiva que secam o que poderia ser grato.
    __________
    resposta do blog:

    José Pedro:

    Essas formiguinhas levam até os brotos da planta ou pulgões, ou cochonilhas ou fungos. Todos esses três são extremamente prejudiciais à planta. Jogue inseticida comum nas fileiras dessas formiguinhas quando elas estiverem passando pelo tronco (não nos brotos).

    Você pode também “derrubar” as formiguinhas que estiverem no tronco com uma vassoura.

    Verifique o chão em torno da árvore, e procure por pequenas aberturas circulares que são as entradas dos ninhos das formiguinhas. Cubra com areia seca peneirada, entupindo a parte superior do canal. Formigas não sabem lidar com areia seca. As formiguinhas vão abrir novas entradas (ou saídas). Cubra essas novas saídas. Se for persistente, talvez por 1 mês ou mais, vencerá esses insetos.

  299. Maria Paula Ribeiro Says:

    Adorei o blog, meus parabéns!
    Recentemente ganhei uma muda de ipe amarelo e um roxo, mas não tenho um quintal grande, gostaria de saber se posso planta-los em vasos grandes.

    __________

    resposta do blog:

    Pode sim, Maria Paula!

    Você terá uma planta que ficará entre um bonsai e uma árvore comum, grande. Procure aprender um pouco sobre bonsais, pois você poderá aplicar algumas técnicas dessa arte, principalmente quanto à periódica reposição dos nutrientes do solo (adubação). E procure um lugar que receba Sol direto pelo menos numa parte do dia.

  300. Maria Paula Ribeiro Says:

    \o/
    Você não imagina o quanto fiquei feliz com sua resposta! Vou estudar bem sobre bonsais pra poder cuidar muito bem das minhas árvores que ficarão lindas!
    Muito obrigada pela atenção dada e Parabéns mais uma vez pelo blog.
    __________
    Valdir diz:

    Obrigado pelas palavras, Maria Paula!

  301. Capittu Says:

    Olá, tenho um ipê de 7 anos que nunca floresceu e nunca passou dos 3,5 metros. Parece sadia porém nada de crescer ou florescer. Plantei 2 árvores Ficus perto dos ipês e fazem um tanto de sombra, será esse o problema? Quando eu plantei o ipê já Tinha 2 metros de altura ( a muda). Ele é saudável mas nunca floresceu :( Moro no Rio, as outras árvores plantadas na mesma época estão acima no segundo andar da minha propriedade, mas o ipê só ganha mais copa e folhas nada de flor. Aqui chove muito, até no inverno , agora tem chovido direto desde de o inicio de abril. Não fica uma semana sem chover, plantei na calçada na rua mesmo e não rego porque chove demais e a árvore esta plena, com folhas verdes e largas, porém nunca deu vargem ou sementes.

    __________

    resposta do blog:

    Capittu:

    Ipê é uma árvore de ambientes (cerrado ou floresta) com estações bem definidas, ou seja, uma estação chuvosa e uma estação seca ou com poucas chuvas. A floração dos ipês depende da ocorrência de uma estação de estio, com poucas chuvas. Essa estação fará com que a planta perca as folhas (todas elas, ou grande parte delas), abrindo caminho para a floração. Galho que continua com as folhas, ou que ganha folhas novas logo que caem as antigas, não floresce.

    Os ipês adultos, para florescerem e continuarem crescendo até os seus limites, precisam de sol pleno ou boa luminosidade. Parece que os seus ficus estão “roubando” um pouco a luminosidade do seu ipê, mas talvez o maior problema seja o solo. É possível que o ipê esteja sendo prejudicado também na parte das raízes, uma vez que o solo disponível para ele é limitado pelo calçamento (da rua e do passeio), pelas construções (muros e paredes) e pela concorrência das raízes dos ficus.

  302. adriana Says:

    tenho um ipe amarelo com 1 metro de altura. posso replantá-lo em outro lugar?

    __________

    resposta do blog:

    Adriana:
    Seu ipê está ainda pequeno, é quase uma muda. Assim é mais fácil, mas exige cuidados. Procure um viveiro de mudas e peça ajuda a um funcionário que esteja acostumado a fazer esses transplantes. Acho que com uma gorjeta você consegue.

  303. Luciano Says:

    Sou de Minas Gerais e encomendei 50 sementes de ipê amarelo e vermelho de Santa Catarina. Preparei sacolas compradas próprias para muda de árvore e por sacola, misturei terra e esterco, ambos coados com 5ml de supersimples e 1ml de cloreto de potássio. De início preparei 30 sacolas e as plantei em 13 de junho com sementes de ipe vermelho. Por duas semanas as deixei num local demasiadamente sombreado. Depois passei – as para um local aberto. Mantenho a terra molhada, mas sem encharcar. Hoje está fazendo 21 dias e nem sinal das sementes brotarem. Porque será que não estão brotando?
    __________

    resposta do blog:

    Luciano:

    Algumas espécies de ipê podem demorar mais para germinar. Três semanas não é muito. Ademais, a temperatura mais fria desta época pode inibir um pouco a germinação. Local sombreado, local frio para a germinação.

    Por outro lado, sementes de qualquer planta perdem, com o tempo, parte do poder de germinação, podendo ocorrer falhas de germinação no lote…

  304. Eliane Says:

    plantei uma muda de ipê branco em minha calçada. Ela já mede 1.60m. Gostaria de saber como fazer para engrossar o tronco..
    ___________
    resposta do blog:

    Eliane:

    Questão de tempo, apenas. Não existe mágica com as plantas. Uma super-adubação poderá matar a árvore; podas prematuras vão deformar a planta, deixando-a feia e fraca…

  305. Anna Carolina Coelho Says:

    Olá, desde que plantei uma muda de ipê rosa (acho que é esse) fiquei apaixonada pelas árvores, e seu blog é muito instrutivo, parabéns pela iniciativa! =] O ipê que eu plantei como divisor da rua para substituir uma amendoeira que morreu (moro em uma avenida) cresceu espantosamente rápido, mais ou menos um ano e meio atrás transplantei a muda com mais ou menos 70 ou 80 cm hoje a árvore se encontra com cerca de 3 metros, e sempre brotando mais folhinhas, já alarguei a redoma dela pra ser capaz de aparar mais água, e uma vez por semana pingo 10 gotinhas de sempreverde num balde d’água e rego ela, faça chuva ou faça sol. Gostaria muito que a minha árvore fosse daquelas grandes gigantescas e floridas rsrs E quero saber se esse meu comportamento de sempre adubar pode interferir na floração. Essa arvorezinha é o meu orgulho http://sphotos-e.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/1044522_508969385838710_1469852301_n.jpg

    __________
    resposta do blog:

    Anna Carolina:

    É espantoso que, vivendo num ambiente hostil (solo provavelmente compactado pelo asfaltamento da via, calor intenso refletido pelo asfalto em volta), a sua árvore tenha crescido tão bem. Então, não me parece bom mudar time que está ganhando: continue com esses procedimentos!

  306. Jose Evilazio Evilazio Says:

    qual diferença entre mudas do ipê cascudo ( tabebuia chrysotricha) e o ipê de serra (T.alba) ?
    Ganhei uma muda, com folhas grossas, 5 folíolos,verdes escuro, compridas, pontiagudas, levemente serrilhadas nas folhas mais jovens e não serrilhada nas folhas maiores.
    Pesquisando na internet constatei que existem características dos dois tipos de ipê, acima citados, na minha muda. rs
    http://img28.imageshack.us/img28/7572/e2jn.jpg
    http://img35.imageshack.us/img35/1283/qwjh.jpg
    __________
    Valdir diz:

    José Evilázio:

    A literatura botânica é muito imprecisa e incompleta. Faltam fotos, falta detalhamento de características, e faltam comparações entre espécies próximas.
    E já é bem difícil identificar uma planta por fotos (quando elas existem), principalmente se as fotos forem de pequena definição.

    Nunca vi diretamente uma Tabebuia alba (muitas Tabebuias passaram, numa louca e irracional dança de nomes, a se chamarem Androanthus), mas apenas indiretamente, por fotos. Quanto à Tabebuia Chrisotricha (atualmente Androanthus chrisotrichus), é planta bem comum nas cidades brasileiras, e tenho algumas na minha chácara.

    A primeira das tuas fotos (a img28) parece mesmo ser a chrisotrichus. A folha, com sua falta de brilho, indica a pubescência (pelinhos, macios ao tato) dos folíolos. Na foto img35 os folíolos refletem um pouco a luz, aparentando ser lisos. Comparando esta última foto com as do livro Árvores Brasileiras – volume 1 -, de Harri Lorenzi, a folha parece ser mesmo da alba (que pode ter folhas com 7 folíolos, o que não ocorre com a chrisotrichus – que tem no máximo 5).

  307. Anderson Says:

    Oi, moro no Mato Grosso e ganhei de um parente uma muda de Ipe que ele trouxe da Floresta Amazônica no sul do Pará. Esse meu parente trouxe do meio da floresta uma muda muito pequena que ele encontrou debaixo de um grande pé Ipê. Inicialmente ele colocou a muda em um saquinho plastico de embalagem de cigarro. Depois fez a muda maior e me entregou de presente. Já se passaram 5 anos e ela ainda não floresceu. Sempre na época certa as folhas caem porem nunca floresce. O que eu devo fazer para essa arvore florescer?
    __________
    resposta do blog:

    Anderson:

    A maioria das espécies de ipê (e de outras plantas das matas) demora muito, mesmo, para florescer. De 5 a 10 anos. Você não informou o tamanho da planta, e se ela está ainda em vaso ou já no solo. Se quiser mandar fotos, mande como anexo para o e-mail indicado no quadro (em azul) chamado CONTATO, na coluna direita do blog.

  308. Roberta Bernardo Says:

    Achei linda essa árvore e gostaria de tê-la em meu quintal então:
    Primeiro: Gostaria de saber como posso arrumar muda se não temos nenhuma perto de nossa casa para pegar sementes, consigo fazer isso comprando em horto?
    Segundo: qual distancia tenho que deixar da minha casa para que a árvore não interfira na estrutura da casa? ela tem alguma espécie com tamanho menor?

    no aguardo e obrigada

    Roberta
    __________
    resposta do blog:

    Roberta:

    Mudas de ipê podem ser encontradas em qualquer viveiro de mudas ou firmas que comercializam plantas.
    Ideal seria plantar a muda a no mínimo 5 metros de distância da casa, para que ela tenha espaço para crescer harmoniosamente, sem causar danos à construção. A área sob a copa deve estar livre de calçamento.

    Há uma espécie de pequeno porte, chamada “Ipê de Jardim”, que chega a uns 3 metros de altura. Essa espécie pode ser plantada mais perto da casa (3 metros).

  309. Adriana Lupino Says:

    Meu nome é Adriana, moro em Barra Bonita – SP e plantei um Ypê em casa, mas já faz anos e até agora não floriu, será que não vai florescer? Quanto tempo demora para um ypê florescer?
    __________
    resposta do blog:

    Adriana:

    Em geral os ipês demoram de 5 a 10 anos para florescer, dependendo da espécie. Os amarelos, da espécie Handroanthus chrisotricha parece que florescem antes.

  310. GabrielFrança Says:

    Eu tenho um Ipê amarelo de mais ou menos 1 ano, ele está pequeno ainda e as folhas dele parece que estão caindo (deve ser normal por causa da época). Ele nasceu no canto da parede da garagem aqui de casa, num buraquinho que tinha, eu até achei estranho ele nascer naquele lugar o.O.

    Ele era muito pequeno tinha só umas duas folinhas mas estava lá já fazia um tempo. Então um dia meu tio veio na minha casa e viu ele ali, e como ele conhecia o ipê me contou que, era para nós tirarmos ele daquele canto apertado com muito cuidado, aquela raiz maior ficou inteira, colocamos ele num canteiro onde ele começou a crescer até uns 30 cm mais ou menos, no mesmo canteiro tinha um pé de amoras que estava invadindo o quintal do vizinho mas como ele já estava enchendo o saco tivemos que cortar :@.

    Colocamos ele na calçada, era novembro do ano passado, ele continua pequeno, tem só uns 65 cm, não sei quem quebrou um galhinho pequeno dele há algum tempo, mas não deve ser isso que está “atrasando” ele. E pra piorar ele tem uma bifurcação desde os 30 cm ,o que eu acho que deve ser ruim,ele vai ficar com bifurcação assim mesmo? vai parecer que são dois troncos,a copa vai ficar feia se acontecer o que eu estou pensando. Devo cortar um desses galhos? e o que faço para ele crescer mais rápido? tive que colocar uma tela em volta dele porque achei que eram algumas crianças que passavam aqui na rua depois da escola que quebram a planta.
    São muitas perguntas, mas não consigo a resposta deles em lugar nenhum.

    Hoje coloquei um punhado NPK 10.10.10 nele . Fotos dele:

    ipê do Gabriel - 1

    ipê do Gabriel - 2

    Fico muito grato se me responder. Obrigado.

    Também fiz 2 desenhos np paint pra entender melhor o que estou falando sobre a copa, ficou bem criancinha pior ainda no paint, mas da pra entender eu acho XD é só ir clicando pro lado.

    __________
    resposta do blog:

    Gabriel:

    Muito bom depoimento. E as fotos (tiradas de seu facebook) ajudaram bastante. Quanto às questões que você trouxe, tentaremos responder.

    A planta está com bom aspecto para esta época do ano. Você não deve cortar nenhum galho, pois isto retardaria o crescimento da planta.

    Notei que, dos dois galhos principais, que saem da primeira bifurcação, um deles é mais grosso, sendo portanto o galho dominante. Vamos reforçar essa dominância. Com barbante ou arame, faça com que o galho dominante fique mais ereto, vertical mesmo. Cuide para que, com o tempo, o laço em torno do tronco não o aperte, asfixiando-o. Quanto ao outro galho, mantenha-o inclinado. Quanto mais inclinado melhor. Isto engrossará proporcionalmente ainda mais o galho dominante. Com o tempo, talvez daqui a 1 ano ou mais, o outro galho poderá ser cortado sem prejuízo para a planta, que estará bem mais forte.

    Quanto à estimulação do crescimento, é preciso muito cuidado. As doses de NPK são necessárias apenas em terras pobres, arenosas. E em pequenas quantidades, muito pequenas, para não queimar eventualmente as raízes da planta. Infelizmente as plantas nativas ainda não sofreram melhoramento genético como as espécies estrangeiras como eucalipto e pinheiro europeu. É ter paciência, que a planta acabará pegando um bom impulso…

  311. Auxiliadora Says:

    Parabéns pelo blog.
    Tenho um ipê amarelo há 35 anos e ele está muito grande e florescia totalmente todos os anos. De uns 3 anos para cá ele cai todas as folhas, porém dá apenas uma meia dúzia de flores. Tenho em meu jardim muita grama e com elas também muitos cupins, que não consigo acabar, apesar dos esforços. Gostaria de saber o que fazer para salvar meu ipê, para que ele volte a florescer totalmente. Aguardo notícias. Obrigada. Auxiliadora
    __________
    resposta do blog:

    Auxiliadora:

    Cupins podem ser combatidos com calcário. Com um ferro pontudo ou cavadeira, alargue as entradas dos cupinzeiros até onde der sem ferir raizes mais grossas. Preencha o espaço aberto com uma mistura de areia ou terra e calcário. Depois cubra tudo com areia seca.

    Mas só mesmo uma visita in loco poderia verificar se há outros problemas em potencial para a sua árvore. As prefeituras, quando têm um departamento de parques e jardins, ou secretaria de meio ambiente, geralmente disponibilizam técnicos gratuitamente para verificarem a sanidade das plantas urbanas. Afinal, esse item é também do interesse público, já que árvores beneficiam não só a propriedade onde estão, mas também as propriedades vizinhas e áreas públicas…

  312. GabrielFrança Says:

    Já amarrei o barbante nele, acredito que ele vai crescer bastante nessa primavera e no verão também, durante uma parte do outono e em todo o inverno o Sol fica mais baixo e a luz bate direto num muro, talvez seja por isso que ele não esteja crescendo mais rápido, quanto mais ele crescer mais luz vai receber. Muito obrigado por responder.

  313. GabrielFrança Says:

    Segunda feira quando cheguei da escola percebi que tinha um broto diferente no Ipê …era uma flor ,acompanhei e ontem ela abriu bem no dia do meu aniversário :D
    não postei ontem pq tava sem internet.
    Flor do Ipê do Gabriel
    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=220562211435884&set=a.215308141961291.1073741825.100004463193906&type=3&theater

  314. Ronaldo Says:

    Em junho de 2010, deixei um depoimento aqui falando sobre um suposto pé de ipê que eu teria plantado de uma semente que caiu no meu terraço, que depois de uns meses que eu a plantei e ela germinou se tornando um pequeno arbusto que depois se transformou em uma trepadeira . Hoje, 11 de setembro de 2013, outra semente igual apareceu no meu terraço e eu, apenas por curiosidade, gostaria de saber de que planta é. Moro ao lado de um morro que é só mata e existem muitas plantas e árvores no local. Vou enviar a foto para o seu endereço de e-mail. Grato, Ronaldo.
    Eis a foto da semente: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=585211851528507&set=a.381336011916093.78418.100001190931836&type=1&theater
    Semente colhida por Ronaldo
    __________
    resposta do blog:

    Ronaldo:

    Esta semente é bem parecida com as dos ipês, mas só esperando germinar para saber.

  315. Josiane Gomes Says:

    Adorei mas na minha cidade nao temos do rocho nem do rosa pucha que pena mas o amarelo é lindo demais da prazer em ver a Florada exalar um perfume
    __________
    Valdir diz:

    E ainda tem o ipê branco, Josiane. Ele também é muito bonito!

  316. lorena raissa Says:

    adorei o site do ipe amarelo de mais!

  317. jose carlos miessa Says:

    há uns cinco anos plantei dois pé de ype, um é amarelo o outro é rosa ou roxo, não sei direito pois não está dando flores ainda. Porque um já deu flores dois anos seguidos é amarelo, o outro não deu nenhuma flor, que devo fazer?
    __________
    resposta do blog:

    José Carlos:

    Os ipês amarelos da espécie mais comum nas cidades (Handroanthus chrysotrichus) costumam florescer bem antes das outras espécies, da mesma ou de outra cor. Assim, é questão de esperar mais algumas primaveras. Mas a espera vai valer a pena…

  318. jose carlos miessa Says:

    na minha cidade tem sementes, de ype rosa , roxo e amarelo pela cidade toda ,se alguém quiser semente me mande endereço que envio.

  319. Ivan Dantas Says:

    Caro amigo José Carlos Miessa, se possível for mandar para mim estas sementes, você estará colaborando para uma cidade do interior de Pernambuco (sertão central). Rua Agamenon Magalhães, 246, Bairro centro, Verdejante – PE CEP. 56.120-000.

    Obrigado meu amigo.
    __________
    Valdir diz:

    Ivan:

    Acho que você deve mandar um e-mail diretamente para o José Carlos, informando a quantidade de sementes de que você precisa. O endereço do José Carlos está no nome dele, acima do comentário, mas é preciso tirar as letras
    http//
    do início

  320. SELMA Says:

    Olá! Eu tenho uma dúvida e gostaria que alguém aqui me ajudasse a identificar o Ipê amarelo dos outros Ipês. Eu gosto de todos os ipês, mas o meu preferido é o AMARELO. Eu moro em um sítio e gostaria de vê-lo enfeitando a frente de minha casa. Por favor, me ajudem a identificá-lo?!
    Obrigada
    __________
    resposta do blog:

    Selma:

    Há diversas espécies diferentes de ipês amarelos. A espécie mais conhecida, e presente em qualquer cidade, é o de nome científico Handroanthus chrisotrichus. Mas só nós conhecemos, além desse, pelo menos mais 4 (por exemplo, o Paratudo, que é um ipê do Cerrado). Seria precisa ver fotos das folhas, ou dos frutos (vagens) para identificar.

  321. Luciana Marciano Says:

    olá! gostaria de saber se existe ipê que não floresce, pois tenho um não sei se é rosa ou roxo com mais de 8 anos e nunca floresceu, já outra muda que plantei com menos de 2 anos já deu flor, moro em Brasília clima de cerrado os ipês aqui são maravilhosos um espetáculo não entendo porque o meu não floresce.
    __________
    resposta do blog:

    Luciana:

    Há algumas espécies de ipê que florescem com pouca idade. Por exemplo, o ipê amarelo mais comum, o de nome científico Handroanthus chrisotricha, e o ipê branco. Ipê rosa costuma demorar bem mais. Tenho um exemplar, em área de cerrado, que demorou 10 anos para florir.

  322. Reginaldo Moreti Says:

    Minha esposa plantou um ipe branco em frente de casa há uns 2 meses, porém caíram todas as folhas na 1a semana, e desde então só está o caule sem nada ..
    Me parece que morreu, o que seria uma pena, como saber se ele ainda está vivo?
    __________
    resposta do blog:

    Reginaldo:

    Em períodos de estio, os ipês, e mesmo as mudas, podem demorar para iniciar nova brotação. Irrigue a muda 1 vez por dia (sem encharcar) e aguarde uns 15 dias. Se nesse período ele não responder, então, mau sinal.

  323. Eliana de Angelo Says:

    Amei o blog e gostaria de algumas informações: comprei 4 ipes e segundo informação seria um branco, um amarelo, um rosa e um roxo, porém em 4 anos apenas o amarelo floreceu, será que fui enganada e não são ipes???
    __________
    resposta do blog:

    Eliana:

    Os ipês amarelo (da espécie mais comum, a handroanthus chrisotrichus) e branco costumam ser mais precoces, florescem primeiro.
    É questão de esperar, e dentro de algum tempo, talvez já no próximo ano, outra das suas árvores vai florescer.

    São árvores que podem durar até 100 anos, e portanto são ainda muito jovens.

  324. Julia Says:

    Parabéns pelo blog! Ganhei uma muda de ipê em um saquinho e gostaria de saber como cuidar dela até que seja plantada na casa da minha mãe. Quanto devo regar, devo deixa-la no sol? Regar todos os dias? Quanto de água? Muito obrigada desde ja!
    ____________________

    resposta do blog:

    Júlia:

    Deixe a muda numa área semi-sombreada, ou onde bata apenas o sol da manhã. Regue todos os dias (menos nos dias chuvosos), despejando cuidadosamente um copo de água no vaso ou recipiente onde está a muda.

    Quando ela estiver com 50 cm de altura (ou mais), será um bom momento para levá-la ao lugar definitivo. No lugar definitivo, é bom fazer um sombremento e mantê-lo por 1 ano. Boa dica seria construir um cercado de bambu em torno da planta, com 1 metro de altura.

  325. Neila Says:

    Olá, fiz mudinhas de Ipê amarelo, gostaria de saber se posso plantar em um vaso, pois gostaria de mantê-lo pequeno, tipo um bonsai? Por favor diga que posso! Como devo podar? Obrigada!
    __________
    resposta do blog:

    Neila:

    Qualquer árvore, inclusive o ipê amarelo, pode ser cultivada como Bonsai. Mas é preciso aplicar as técnicas adequadas de nutrição, poda, direcionamentos (amarrios), etc. Você pode aprender essas técnicas diretamente com algum aficcionado nessa arte, ou comprando um livro (exemplo, “Bonsai – uma arte ao alcance de todos”, de Fábio Antakly Noronha). Mas pode também começar visitando um saite especializado no assunto, como por exemplo o ABC do Bonsai .

  326. Juliana Rocha Says:

    Linda a matéria! Parabéns!
    Tenho umas mudas de ipê-branco ainda muito pequenas (menores do que a metade de um dedo mindinho) plantadas em saquinhos. Um delas cresceu muito mais do que as outras, mas de hoje de manhã para cá começou a murchar e a ter as duas folhas maiores pretejadas.
    Essa fenômeno já tinha acontecido com outras mudas que vieram a morrer rapidamente depois. Não queria que essa muda maior morresse. O que devo fazer para reverter esse quadro?
    Plantei outras sementes de ipê-branco, mas nada ainda nasceu =(.
    __________
    resposta do blog:

    Juliana:

    Isto não é normal. Deve haver, no substrato dos saquinhos, algum nematóide ou cupim atacando as raízes. Talvez cupins no solo da área próxima.

    Tente isolar com água os saquinhos (encher uma bacia até meia altura; colocar alguns tijolos no centro, formando uma “ilha”; em cima desses tijolos, colocar os saquinhos com as mudas). Se o problema continuar, trocar de substrato, adquirindo-o de outro lugar ou fonte.

    O substrato dos saquinhos deve ser mantido úmido, mas sem excesso (no começo, 1 xícara-de-café de água por dia, despejada cuidadosamente na parte lateral do saquinho, para não movimentar a semente ou a mudinha). Os saquinhos devem ficar em local com boa luminosidade (sem sol direto) e protegidos da chuva.

  327. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Boa Noite.
    Tenho um Ipê Amarelo que vai fazer 3 anos em Abril e na última florada foi em Agosto que por sinal foi lindo, a copa dele atingiu 3 metros e meio, mais a minha preocupação é o aparecimento de cupim no tronco fazendo uma trilha nele. Afinal ele é resistente a cupim e pragas? Se não for qual é a sua solução???
    __________

    resposta do blog:

    Josébio:

    Primeiro, desmanche manualmente (com um pedaço de madeira) a trilha dos cupins.

    Procure depois ver onde os cupins entram. Deve ser em pequenas a. berturas no solo, junto ao tronco ou até longe dele (deve haver trilha no solo, também). Se achar as aberturas, tape-as com areia seca peneirada. Eles vão abrir novas passagens para a superfície do solo. Encha essas novas aberturas. Persevere até vencer os bichinhos pelo cansaço, e eles deverão morrer sufocados.

    Outro método é, à noite, pegá-los em flagrante subindo na árvore, e borrifar inseticida comum sobre eles (o mínimo possível, para não afetar a planta).

  328. Osvaldo Says:

    Olá! Tenho um Ipê plantado em frente à minha residência, e venho observando que muitas das folhas que brotam estão ficando “deformadas”, ou seja, enrolando sobre elas mesmas. Gostaria de saber se posso fazer alguma coisa para combater esta situação.
    ____________________
    resposta do blog:

    Osvaldo:

    Esse “enrolamento” das folhas novas é causado por fungos. Esses fungos são levados às folhas, e depois “pastoreados”, por pequenas formigas escuras ou marrons, de 0,1 a 0,6 milímetros.

    Examine a árvore de manhã e veja se não há carreiras de formigas subindo e descendo pelo tronco. Se houver, o remédio é eliminá-las ou impedi-las que continuem alcançando as folhas da árvore. Para eliminá-las há o método ecológico: elas têm um ou mais “ninhos” abaixo da superfície do solo, onde entram através de pequenos orifícios que afloram no chão. Tape esses orifícios com areia seca e peneirada. Elas vão abrir novas saídas. Tape essas novas saídas. Vença pelo cansaço.

    O outro método seria borrifar inseticida comum sobre as formigas que sobem pelo tronco da árvore.

    Quanto às folhas enrugadas, elas continuam com a sua função de produzir clorofila. Mas escolha algumas (não todas) pontas de ramos e, nesses, corte essas folhas enrugadas e leve-as para longe ou queime.

  329. Lindsey Pereira Says:

    Boa Noite,
    Meu ipe perdeu todas as folhas dele, de repente cairam todas secas no chao e ele ficou somente com os galhos secos e pouquissimas folhas porem todas secas… Percebemos muitas formigas subindo no tronco e dois grandes buracos redondos na grama envolta do tronco do ipe amarelo!
    Colocamos formicida e adubo em cima da grama envolta do tronco!
    Teria mais alguma coisa a se fazer?
    Qual melhor formicida a aplicar?
    Posso aplicar o adubo so por cima da grama ou seria melhor mexer na terra antes?
    Como sei se o ipe ainda esta vivo?
    Por favor se puderem me ajudar, estou realmente preocupada em perder essa arvore tao magnifica!
    Obrigada
    Líndsey
    __________
    resposta do blog:

    Lindsey:

    Formicida (granulado) você usa para combater formigas vermelhas (saúvas e quenquéns), cabeçudas.

    Formigas pretas ou escuras, use inseticida comum, borrifado (pouco) sobre as “carreiras” de formigas subindo pelo tronco. Ataque os formigueiros usando areia seca e peneirada (sem detritos e folhas). Derrame areia sobre as entradas do formigueiro, vedando a entrada e a saída desses insetos. As formigas vão abrir novas saídas; tape-as também, e continue na luta, até vencer.

    No caso da sua árvore, o problema não deve ser por falta de adubo. Se o solo onde a planta está for normal, sem lixo ou entulho, as raízes vão achar, aprofundando-se no solo, todos os nutrientes de que a planta necessita. Cuide apenas para que a água das chuvas penetre em quantidade no solo. Se a parte não calçada, em torno do tronco, for muito pequena (exemplo, quadradinho de 50 cm por 50 cm), procure alargá-la de lado, transformando o quadradinho num retângulo com pelo menos 2 metros de comprimento, o comprimento acompanhando a guia da calçada.

    Quanto a saber se ainda está vivo, não faça nada; apenas espere pelo menos 1 mês pela reação dele.

  330. Lindsey Pereira Says:

    Esqueci de falar que o remedio que apliquei foi Termidor e alem do adubo coloquei terra vegetal junto!
    Se precisar mando foto do ipe….
    __________
    resposta do blog:

    Lindsey: mande as fotos para o endereço (e-mail) indicado no quadro “em azul” chamado CONTATO, na coluna direita do blog.

  331. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Boa tarde.
    No dia 02/01/2014, fiz uma pergunta referente aos cupins, segui a sua orientação, mas no dia 23/01 as folhas começaram a enrolar e ficar secas, descobri um trilha de formigas, acompanhei as resposta anteriores e fiz as orientações como colocar areia nos ninhos de formigas, só não entendi é escolher as pontas de ramos, pegar as folhas enroladas, levar longe e queimar. Por que? Existe esperança de sobreviver?
    Detalhe: Aqui no Rio de Janeiro está 40 graus. É prejudicial com tudo que está acontecendo???
    __________
    resposta do blog:

    Josébio:

    Pontas dos ramos porque é aí que estão as folhas novas, atacadas pelos fungos. Se retirar as folhas e deixar perto, os fungos, que permanecem vivos ainda algum tempo, ou estado latente, poderão ser transportados pelas formigas para a mesma árvore, de volta, ou para outra árvore da vizinhança.

  332. Domingos Sávio Says:

    Muito obrigado pelas explicações feitas com tanto cuidado e paciência! Recebi um pé de Ipê com 70 cm e vou plantá-lo com a ajuda que vocês me deram! Sávio.
    saviollleal@yahoo.com.br

  333. Rogério Trespach Nênes Says:

    Boa tarde. Há alguma restrição ao plantio em pátio residencial gramado? Neste caso, é necessário deixar rebaixada e aberta a área para penetração de água?
    __________
    resposta do blog:

    Rogério:

    O gramado, em si, vai permitir uma excelente infiltração da água da chuva. Só seria necessária medida complementar se o terreno for bem inclinado. Nesse caso, fazer uma “meia lua” de terra em torno do tronco (na parte mais baixa, claro), para que seja retida quantidade maior da água da chuva.

  334. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Boa tarde.
    Em relação as respostas anteriores ao ataque de fungos que as folhas se enrolaram, agora elas estão todas secas e referente as formigas já não tem. A minha dúvida se o ipe amarelo vai sobreviver. Constatei que ainda tem seiva no tronco. Será que é um bom sinal? E as folhas secas devo retirar elas para depois aparecer as novas? Elas demoram em cair. Me ajude!
    __________
    resposta do blog:

    Melhor arrancá-las, Josébio, e torcer para que a planta rebrote. Se o problema eram os fungos, certamente vai rebrotar.

  335. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Boa Noite.
    Referente a pergunta anterior, já estou achando que ela morreu, porque iniciei a retiradas das folhas e constatei que os galhos estão secos e não encontro no tronco a seiva (verde), cortei os galhos até o tronco que estão totalmente secos e também aqui no Rio de Janeiro fez muito calor acima de 40 graus que seria outro motivo da situação dela. Na sua opinião. Qual foi a causa realmente? Tenho uma muda dela e estou com vontade de plantar no mesmo lugar, ela tem 80 cm. Seria melhor plantar depois desse calor? Existe um tratamento especial para plantar no mesmo local?
    Obrigado!

    Esqueci de dizer que cortei e deixei o tronco em forma de Y. Será que vai brotar? Devo aguardar antes de plantar a muda???

    __________
    resposta do blog:

    Um diagnóstico preciso só seria possível no início da decadência da planta. Funcionários da prefeitura (setor de parques e jardins ou ecológico) poderiam ter visitado o local e diagnosticado o problema, sem ônus para você, pois é interesse da prefeitura cuidar da sanidade das plantas existentes em lugares públicos.

    Quanto a cortar a árvore, antes entre em contato com a prefeitura, para não receber, eventualmente, uma multa. Explique o problema ocorrido e talvez algum funcionário apareça para confirmar (e depois autorizar o corte) e até diagnosticar a causa desse problema.

    Plantar no mesmo local vai ser problemático. Melhor deixar o toco (cortado rente ao solo e plantar a nova muda ao lado.

  336. Gyzeli Says:

    Gostaria de saber como devo podar meu Ipê para que fique mais robusto?

    __________
    resposta do blog:

    Gyzeli:

    Podar só enfraquece a árvore. Só se deve podar em casos excepcionais: um galho que atrapalha a passagem, um galho seco, etc.

    Adubação, também só em caso excepcional, se ficar comprovado que o solo onde a planta está tem carência de determinados nutrientes.

    O importante é que a árvore cresça harmoniosamente (a poda de muitos galhos quebra essa harmonia), pois essa harmonia e beleza significa que ela está saudável.

  337. Valdir Says:

    OLA..adorei…Gostaria de saber um que meses do ano o ipe roxo ou amarelo fica com folhas , e ele faz bastante sombra neste periodo??

    Obrigado
    __________
    resposta do blog:

    Valdir:

    Os ipês geralmente perdem as folhas antes do início da Primavera, num período de estio mais prolongado (20 dias ou mais sem chuva). Vem então, com as primeiras chuvas, a floração e a frutificação. Em seguida a planta ganha nova folhagem, que perdura até o próximo estio prolongado, geralmente 9 ou 10 meses depois.

    Os ipês não dão a sombra mais fechada, mas dão boa sombra (sombra média).

  338. jorge Says:

    boa noite!gostaria de saber se pelo tamanho do tronco de ipe se sabe a idade dele?

    ____________________
    resposta do blog:

    Jorge:

    É possível, sim, mas do tipo “mais de x anos”. Os ipês crescem (e engrossam) até um certo ponto, limite da espécie. Depois desse ponto, o tamanho é praticamente mantido, e a árvore apenas renova galhos menores e a folhação.

  339. Josébio de Oliveira Varelo Says:

    Boa tarde.
    O meu Ipê Amarelo realmente ele secou e não brotou, constatei que ele morreu, fiz a retirada do tronco e encontrei as raízes muito podre já que terra é muito úmida até nos dias quentes aqui no Rio de Janeiro. Plantei uma muda no outro local da calçada e encontrei o solo úmido. Será que vai prejudicar o desenvolvimento dele na terra úmida? Devo evitar em molhar e deixar a chuva fazer a sua parte?
    __________
    resposta do blog:

    As plantas se adaptam, mesmo a solos ocasionalmente muito úmidos.
    Se a nova muda for pequena, seria bom irrigá-la se o solo estiver seco, e se estiver vários dias sem chover. Se a planta tiver mais de 1 ano, ou mais de 1 metro de altura, deixe por conta da Natureza, e só irrigue se houver uma seca muito brava (digamos uns 30 dias ou mais sem chuva).

  340. Michel Says:

    Tenho um ipe amarelo n meu lote ele esta muito seco acho q esta morrendo gostaria de uma ajuda obrigado.
    __________
    resposta do blog:

    Michel:

    Mande-nos algumas fotos do seu ipê, mostrando a árvore e o local onde ela está. O nosso e-mail está indicado no campo (em azul) CONTATO, na página principal do blog.

  341. Cátia Cirlene Abreu de Jesus Says:

    Olá, gostaria de saber se eu posso cultivar um ipê amarelo em vaso grande? Tenho vontade de ter um na minha calçada, mas passa a fiação em cima e canos de água embaixo, traria problemas, por isso pensei no vaso, de repente a árvore ficaria com um porte menor! Desde já , agradeço!
    __________
    resposta do blog:

    Cátia:

    É possível, sim. A sua planta ficará num ponto intermediário entre uma árvore normal e um bonsai.

    Assim, você terá que aplicar algumas técnicas de Bonsai, principalmente no tocante à adubação, para evitar que a planta, com o tempo, enfraqueça (pela falta de nutrientes).

  342. Yasmin Says:

    Boa noite,
    Gostaria de saber quantos centímetros podem chegar as raízes de um ipê, quero plantar em casa mas estou achando um pouco arriscado exatamente por não saber até quantos centímetros pode crescer as raízes.
    Obrigada desde já.
    __________
    resposta do blog:

    Yasmin:

    Qualquer árvore, inclusive os ipês, tendem a formar debaixo da superfície do solo, em condições ideais, uma estrutura de raízes parecida com a estrutura de galhos, ramos e folhas da sua copa. As raízes, portanto, podem chegar a mais de 5 metros de distância do tronco da árvore.

    Não é aconselhável plantar árvores a menos de 4 metros da parede mais próxima de uma casa.

  343. dalvete campos muscardi Says:

    Boa noite. Maravilhoso o blog, tudo muito bem explicado. As fotos dos ipês estão simplesmente lindas. Vocês estão de parabéns! Para mim os ipês amarelos são as árvores mais belas do Brasil. Aqui na região de Minas Gerais se vê bastante. Eu amo planta, e mesmo sem espaço fiz algumas mudas dessa maravilha .Vou me arriscar em um vaso bem grande e ver se terei sucesso. Quem sabe um bonsai gigante . Fico por aqui desejando à todos muitos IPÊS…Até mais….

  344. Rogério Trespach Nênes Says:

    Boa tarde. Esta espécie enfrenta bem, desde o plantio, o clima do RS ? Pretendo plantar uma muda em meu jardim gramado no feriado de Páscoa.
    __________
    resposta do blog:

    Rogério:

    Não temos informação sobre o cultivo de ipês no RS. Mas a árvore suporta bem geadas. Assim, vale a pena tentar, esperando que ela se adapte ao clima mais frio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 69 outros seguidores