Jacarandá (1)

Nome científico: Jacaranda cuspidifolia .

1) Aspecto Geral

2) Floração

3) Flor

4) Fruto

Nas duas primeiras fotos, abaixo, frutos crescidos mas ainda verdes. Nas duas fotos seguintes, frutos maduros e em processo de deiscência. Na quinta foto, fruto recém-extraido da árvore. Na Sexta foto, comparação entre fruto de Jacaranda cuspidifolia (esquerda) e Jacaranda brasiliana (direita).

 

Este fruto foi colhido diretamente da árvore. Por essa pequena abertura já haviam saído todas as sementes.

 

 

À esquerda, fruto de Jacaranda cuspidifolia, com casca lisa e fortemente ondulada; à direita, Jacaranda brasiliana, com casca áspera e achatada.

 

5) Semente

As 5 fotos abaixo são de um mesmo fruto e suas sementes (cerca de 100).

6) Folha

7) Tronco

 

Tronco de exemplar jovem (10 cm de diâmetro).

 

 

Tronco com 20 cm de diâmetro.

 

Tronco com 25 cm de diâmetro.

Tronco trifurcado, com 80 cm de diâmetro na base.

 

22 Respostas to “Jacarandá (1)”

  1. Lúcio Says:

    Qual é o Jacarandá mimoso, é algum destes acima? Tinha visto em outro site dizendo que o mimoso era o “jacaranda mimosaelia?” ou algo parecido, só que pela foto era igual ao primeiro lá de cima. Parabéns pelo site, sou fã dos ipês, mas esse jacarandá azul ou violeta é muito bonito. Tenho uma vontade de plantar vários ipês amarelos, e brancos e quem sabe um desses jacarandás em frente ao meu prédio, onde passa um canal de água, é uma área bem grande, que já tem umas árvores. Outra dúvida é, se esses jacarandá resistem a clima litorâneo, pois moro a uns 300 m da praia e é aqui em João Pessoa, clima tropical. No centro da cidade tem muitos ipês amarelos que se dão muito bem, mas aqui na praia não tem nenhum, não sei se é porque não plantaram ou porque não se adaptam, vou no viveiro da prefeitura qualquer dia pegar umas mudas e tirar umas dúvidas, muito obrigado! Ah, pesquisa no google, ipes joao pessoa pra vc ver as fotos dos ipês amarelos, é um show.
    _____
    do blog:

    Lúcio:

    1. O Jacarandá Mimoso propriamente dito é uma espécie que nasce naturalmente na Argentina e Rio Grande do Sul. É muito parecido com o Jacaranda cuspidifolia (talvez ambos sejam variedades de uma mesma espécie; a Botânica está cheia de vaidosos que caçam a glória de descobrir espécies novas). Pessoalmente, ainda não vi um exemplar do Mimoso para comparar e determinar as diferenças. Comparando por fotos, o Cuspidifolia, para justificar o nome, tem folíolos mais “pontudos” (principalmente na extremidade da folha), mais compridos que os folíolos do Mimosifolia. E tem frutos um pouco mais encurvados.

    2. As leguminosas (ou fabáceas) são plantas extremamente adaptáveis, e creio que a 300 metros da praia não haverá problemas de adaptação a um solo potencialmente “salgado”. Acho que vale a pena plantar para ver…

  2. isabel Says:

    meu deus nem tem o nome do fruto

  3. Lúcio Says:

    Olá estou novamente aqui no seu site para tirar dúvidas, adquiri há pouco temo pelo Mercado Livre sementes deste jacarandá mimoso oriundo de São Paulo, as sementes são idênticas à estas. Já plantei algumas em pequenos potes com o substrato de terra, folhagens secas e um pouco de humus, achei que ficou um bom substrato, coloquei cerca de três sementes em dois potes e cobri só um pouco com a terra. Só que já faz aproximadamente umas duas semanas e ainda nem sinal , será que as sementes são velhas ou estou errando em alguma coisa?
    _____
    resposta do blog:

    Lúcio:

    1. Se você regou as embalagens diariamente, com cuidado para não deslocar as sementes, fez tudo certo.
    2. Sementes, principalmente de ipês e jacarandás, devem ser semeadas o mais rápido possível, depois dos frutos abrirem. Quando mais tempo passa, menor a taxa de germinação. Pode ter acontecido isto: sementes “velhas”…

  4. Marcelo Says:

    Olá! Adquiri 05 mudas de árvores Jacarandá Mimoso, cada uma tem cerca de 10 cm, gostaria de saber como deve ser o procedimento para planta-las em meu jardim, qual o espaçamento entre elas e a área necessária para sustententa-las? Também gostaria de saber com quanto tempo chegam a maturidade (flores)(idade)? Com qual altura aproximada passam a florir? Li que seu crescimento é rápido, isso procede? Desde já agradeço e aguardo sua resposta.

    __________

    resposta do blog:

    Marcelo:

    1. Muito parecido com o Jacarandá Cuspidifolia, o Jacarandá Mimoso, originário da Argentina, Bolívia e Paraguai (segundo Harri Lorenzi em “Árvores Exóticas no Brasil”, pode chegar a 15 metros de altura. Seria, de acordo com a mesma fonte, de “crescimento rápido”, mas isto pode significar que demoraria “apenas” 5 anos para se tornar adulta.

    2. Quanto mais próximos os exemplares forem plantados, mais tenderão a privilegiar crescimento em altura, e não em largura da copa. No caso de apenas 5 exemplares, como é o seu caso, a tendência será de elas se expandirem para a área contrária à das outras árvores (se houver essa possibilidade), com o tronco e galhos de cada uma desviando do tronco e dos galhos das outras.

    3. De qualquer forma, plantas são muito adaptáveis. Tudo vai depender do suprimento de água da chuva para as raízes dessas árvores. Deve infiltrar no solo, para o conjunto das 5 árvores, toda a água da chuva que cair na copa projetada (copa expandida, no futuro) do conjunto. Cremos que o mínimo de espaço requerido para cada árvore, para um aspecto “natural” e bonito, seria de 10 metros quadrados para cada exemplar (estamos pensando nas árvores adultas). 5 exemplares exigiriam 50 m2 (espaçamento de 3 m entre as árvores). Área menor, menos exemplares.

    4. Quanto à primeira floração, não conhecemos estudos disponíveis. Mas pode-se “chutar” em 4 ou 5 anos, mas a Natureza costuma às vezes nos surpreender agradavelmente…

  5. Marta Says:

    Tenho um jacaranda mimoso. Já com florido pela 2 vez , queria arrancá-lo para mudá-lo de lugar. Gostaria de saber se é fácil, se tem raiz longas e também sobre o ype amarelo.

    __________

    resposta do blog:

    Marta:

    1. Mudar uma árvore de lugar é tarefa complicada, que exige uma série de cuidados. Melhor você contratar um viveirista com experiência nesse trabalho. Sem esses cuidados especiais, a planta pode morrer.

    2. Em geral, as raízes das árvores formam, solo adentro, uma espécie de “copa” invertida, com o tamanho e a forma da copa aérea. Se um galho da árvore chega, por exemplo, a 2 metros de distância do tronco, é bem provável que as raízes tenham o mesmo comprimento.

  6. Weslley Jesus Says:

    Como é a raiz desta árvore?? Aparentemente ela não cresce para os lados evitando quebrar calçadas, estou certo?
    __________

    resposta do blog:

    Weslley:

    As árvores em geral, e os jacarandás em particular, têm o mesmo comportamento: em condições ideais, as raízes procuram se expandir no solo, para baixo e para os lados, formando como que uma copa subterrânea (só que sem folhas, evidentemente).

    O que faz uma árvore quebrar calçadas não é a sua espécie, mas sim, as condições do terreno onde ela vive. Nas cidades, geralmente elas estão em passeios estreitos (digamos de 1,5 metro de largura), calçados em quase toda a sua extensão. Sobra sem calçamento apenas um quadradinho de meio metro por meio metro, e ainda por cima com a terra na mesma altura da calçada. Nessas condições, qualquer espécie de árvore terá uma irrigação (pelas águas das chuvas) insuficiente, concentrada junto ao tronco. Como só há humidade junto ao tronco, as raízes não se expandem (elas não vão a lugares permanentemente secos), e acabam engrossando próximo ao tronco, na superfície e acima do solo. E assim rachando a área calçada próxima ao tronco.

    O ideal seria deixar, na calçada, uma faixa apenas gramada, entre o meio-fio e a parte onde as pessoas passarão. Essa parte gramada deve estar rebaixada (pelo menos 10 cm) em relação à parte calçada e ao meio-fio, de modo que, nas chuvas, boa parte da água caída na parte calçada acabe retida na faixa gramada (formando um “laguinho” provisório). Essa retenção propiciará irrigação abundante para a árvore, e, assim, irrigação suficiente para as suas raízes se expandirem normalmente (isto é, solo adentro, longe da vista dos humanos)

  7. Silvio Says:

    Moro em João Pessoa e plantei minha muda de jacarandá, há 2 anos e já está com quase 3 metros de altura, só que está totalmente reto, sem nenhum galho saindo, é assim mesmo? ou precisa de alguma poda?
    __________
    resposta do blog:

    Silvio:

    Os troncos das árvores costumam crescer verticalmente, sem ramificação, quando há sombreamento próximo a elas. Nesse caso, quando elas ultrapassarem, no alto, a zona de sombreamento, os galhos brotarão naturalmente.

    Não pode a sua planta. Aguarde que os galhos vão sair.

  8. flavia Says:

    Tenho um fruto ainda verde de jacaranda porem fora da arvore ele ira secar, poderei usar as sementes?
    __________
    resposta do blog:

    Depende do estado de maturação, Flavia!

    Se o fruto estiver bem “cheinho”, com uma espessura de 1 cm ou mais, certamente vingará, depois de deixado a secar.

  9. Maria Estlänver Says:

    Olá, moro no nordeste e gostaria muito de plantar um jacarandá mimoso no quintal. Mas gostaria de comprar uma muda do maior tamanho possível. Até que tamanho é seguro para a muda ser transplantada?
    Sabe onde posso comprar as mudas?

    Obrigada!
    __________
    resposta do blog:

    Maria:

    Procure um viveiro de mudas aí da sua região. Se ele não tiver a muda de Jacarandá, possivelmente poderá fazer encaminhamento para a sua compra.

    Outra alternativa é pesquisar pela Internet (google ou outro), usando os termos: “mudas de jacarandá”. Há firmas que podem despachar as mudas pelos Correios ou por transportadora…

  10. Felipe Bruschi Says:

    Olá tenho um Jacarandá em meu jardim, está com 2 metros e meio aproximadamente e há uns 2 meses começaram a brotar 2 galhos na parte inferior, e estão crescendo muito rápido e com muito vigor, só que a parte superior o “tronco” principal parou de crescer, e o broto desse tronco ficou com aparência de seco, eu gostaria de mandar umas fotos por email para poder ilustrar melhor, eu queria saber se ela está crescendo corretamente, obrigado!
    __________
    O blog diz:

    Felipe:

    Mande as fotos, como anexo, para o endereço indicado no quadro (em azul) CONTATO, na página principal do blog.

  11. Frota Says:

    Olá, gostaria de saber em quais épocas do ano o jacarandá mimoso da florada?
    __________
    resposta do blog:

    Frota:

    Como os ipês, os jacarandás florescem quando ocorre uma chuva após um período de estio. Geralmente em setembro.

  12. vitória Régia Galdino Câmara Says:

    Se eu já era completamente apaixonada por essa árvore, você imagina como estou agora, depois dessa leitura.

  13. Martha Says:

    olá, gostaria de saber se o jacarandá pega de galho. e se sim, qual o melhor procedimento e época. moro no RS e aqui no momento todos estao floridos! abraço
    __________
    resposta do blog:

    Martha:

    Não temos conhecimento dessa experiência. Mas vale a pena tentar.

  14. joao Says:

    queria plantar uma muda em meu quintal, mas tenho medo das raízes. o que me fala? meu quintal é enorme 400 mts quadrado
    __________
    resposta do blog:

    João:

    Plante a muda a pelo menos 4 metros de distância da casa e dos muros. Deixe em torno da árvore uma área sem calçamento (pelo menos
    3 metros de diâmetro), de forma que a água da chuva ali permaneça e infiltre, sem escorrer para fora dessa área. Assim as raízes da árvore vão penetrar fundo no solo, não causando problemas às construções e calçadas vizinhas.

  15. Cláudio Barbosa Says:

    Bom dia, estou construindo um setor na minha cidade, e gostaria de fazer um tunel de jacarandás em uma das ruas.
    A extensão da rua é de aproximadamente 400m, qual a distancia entre uma árvore e outra para que possa fechar como um tunel quando floridas?
    Quanto tempo levaria para que ficassem adultas, com aproximadamente 10m de altura?
    Em Goiás floresce bem?
    __________
    resposta do blog:

    Cláudio:

    Os jacarandás se desenvolvem bem em regiões de cerrado, e dependendo da qualidade do solo vão crescer mais ou menos. Solos muito arenosos costumam retardar o crescimento, exigindo uma adubação inicial apropriada. Se plantados nos passeios, deixar o máximo possível de área não calçada – gramada ou com plantas rasteiras – (uns 10 cm pelo menos abaixo do topo das guias – para reter toda a água da chuva que cair naquele espaço), nem que seja área retangular (faixa estreita, mas ligando todas as árvores, a não ser, é claro, nas entradas para os terrenos).

    Em Campo Grande – MS, temos visto jacarandás mimoso (o mais comum nas cidades brasileiras) de 6 a 8 metros de altura, não mais (diâmetro de 30 cm). Jacarandá micrantha (carobão), espécie próxima do mimoso, usada em alguns reflorestamentos em SP e PR, deram, como melhor resultado (em Santa Helena – PR, dados do livro Espécies Arbóreas Brasileiras, da Embrapa), depois de 9 (nove) anos, altura média de 5,04 metros, com espaçamento de 4 m por 3 metros. Árvores mais espaçadas (no mínimo 6 metros ou mais) entre si , e com apenas 2 fileiras, como no seu caso, devem crescer melhor.

  16. Samuel Silveira Says:

    Prezados, Boa Tarde.

    Plantei 6 mudas de jacarandá mimoso com espaçamento de 4 Metros uma da outra , as mudas estão com 1,5 Metros aproximadamente, só que onde plantei é uma faixa de grama com 25 Metros de comprimento e somente 3 metros de largura, sendo que tem um muro que ficou a aproximadamente 1,5 Metros das mudas.
    Você acha que terei algum problema com o crescimento da árvore, elas podem afetar a estrutura do muro?
    Outra duvida é o seguinte, coloquei estacas em todas as mudas para proteger do vento(não ficar balançando) e para o crescimento reto, está correto este procedimento ou as mudas não precisam serem estacadas?
    __________
    resposta do blog:

    Samuel:

    A faixa de grama (3 por 25 m) é excelente para o crescimento das plantas e deve propiciar que a água da chuva infiltre bem no solo. Isto fará com que as raízes se aprofundem no solo (em vez de engrossarem junto ao tronco e na superfície). com as raízes crescendo normalmente, solo adentro, não deve haver problema para o muro. Entretanto, o problema poderá vir dos galhos, quando as plantas se tornarem adultas. Principalmente se depois do muro existir um quintal de vizinho…

    Quanto ao estaqueamento, ótima providência. Só pode ajudar, desde que você amarre a muda à estaca com corda frouxa, não apertada (para não sufocar o engrossamento do tronco da planta).

    Desde já agradeço.

    Abraços

  17. Samuel Silveira Says:

    Boa Tarde!

    Gostaria de saber se posso estar aguando as mudas plantadas recentemente, de manhã e a tarde?
    __________
    resposta do blog:

    Melhor à tarde, Samuel. Assim a água penetra bem no solo, e não evapora em seguida, pois o tempo está mais fresco.

  18. Marcia Says:

    Olá!

    1. Meu experimento: Plantei em um pequeno canteiro na calçada em frente da minha casa um exemplar do jacarandá-mimoso. Antes a muda ficou quase um ano em um pequeno vaso plástico, pois estava destinada a ser plantada em um terreno de uma cidade serrana. Por ainda não estar cercado e existir a presença de gado na vizinhança, desisti. Como moro no RJ e nosso clima é muito quente, fiquei preocupada com a questão da irrigação. Mas depois me dei conta que o local onde moro (onde todos os terrenos são em aclive e a maioria com cerca de 50 m de comprimento) possui demasiada umidade no solo e resolvi acreditar. Me surpreendi! Em dois meses ele quase triplicou de tamanho! Está lindo! Então acho que deu certo, mesmo sendo o canteiro aberto na calçada bem pequeno e sem elevação nas bordas. Futuramente pretendo ampliar mais e fazer a borda depois que li as suas dicas acima.

    2. Uma dica de um espetáculo da natureza: Em visita as cidades históricas de Minas Gerais, em abril de 2013, me deparei por diversas vezes com exemplares de uma árvore intensamente florida, com tonalidade beirando ao roxo. A curiosidade me fez parar perto de uma e fotografar de perto as folhas e flores. De volta ao RJ descobri tratar-se do jacarandá-de-espinho. Embora belíssima, é uma árvore pouco utilizada no paisagismo por conta da presença dos tais espinhos (enormes), mas ela é realmente linda. As sementes só ficam disponíveis em setembro. Não consegui encontra-las disponíveis para venda na internet. Então terei que fazer o (maravilhoso) sacrifício de voltar à Estrada Real de Minas em setembro!!

    Abraços!

  19. Elemar Says:

    Bom dia tenho uma muda de jacarandá mimoso ,porém tem algumas folhas amarelas o que pode ser ,como posso cuidar e cultivar o jacarandá mimoso?
    __________
    resposta do blog:

    Elemar:

    Folhas amarelas podem significar irrigação insuficiente. Se se trata de muda, irrigue todo dia, de preferência à tardinha. E cuide para que o sol não incida diretamente sobre o solo em torno do tronco da muda (evitando assim o esquentamento do solo e a rápida evaporação de sua umidade). E se puder, providencie sombra ou meia-sombra para a muda, na hora mais quente do dia (entre 11 e 15 horas).

  20. ana paula benedito da silva Says:

    Boa tarde,tenho um pé de jacarandá que esta bem grande bem ramificado porém nunca floresceu gostaria de saber o por que,e o que faço pra que ele floresça.

  21. Parapsique Says:

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida. Eu plantei uma sementes de jacarandá mimoso e as folhinhas começaram a aparecer umas manchas como se tivesse sidos queimadas e morreram. O que ocorreu? Tem algum produto para reverter? Será que foi o sol ou algum fungo?

  22. Sergio Matos Says:

    Bom dia. Tenho um jacarandá mimoso que abriu uma fenda vertical com cerca de 50 cm de comprimento e 5 cm de profundidade. Aparentemente a planta está bem, mas gostaria de saber se a fenda é um problema grave ou se é comum. Obrigado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: