CGB Capítulo 2 – Fevereiro de 2003

Cap2cgb1

Atuações Político-Administrativas

O prefeito André Puccinelli apreciava os bons resultados dos seus programas habitacionais1 , notadamente o “Mudando para Melhor”, que assentara, nos anos anteriores, em pequenas casas de alvenaria, cerca de 3 mil famílias antes faveladas. Outro programa, a Aldeia Urbana Marçal de Souza, desenvolvido para famílias indígenas desaldeiadas, recebera reconhecimento nacional (com prêmio da Caixa Econômica Federal). Mas havia problemas.

Surgiu a denúncia de que um funcionário da EMHA – Empresa Municipal de Habitação estaria recebendo propina de interessados para que seus nomes fossem escolhidos como beneficiários dos programas da entidade. O prefeito mandou instalar comissão de sindicância, e que o funcionário citado, B.B.C., fosse deslocado para outro setor.2 No dia 11 cerca de 150 pessoas apinhavam-se defronte ao prédio da EMHA. Falava-se que os interessados em “furar a fila” pagavam de 100 a 500 reais a um rapaz, C.R.C., que fazia a intermediação junto ao funcionário B.B.C. Duas pessoas falaram ao Midiamax, confirmando ter efetuado pagamento a C.R.C., crentes de que, sem essa propina, nunca seriam sorteados.3 C.R.C. confirma os repasses a B.B.C., alegando entretanto nada haver ganho do esquema montado, pois “só receberia no final”.4

No dia 13 o diretor-presidente da EMHA, Carlos Marun, disse que no caso a vítima fora a empresa. “Na última terça-feira esse cidadão mandou as pessoas que pagaram a taxa [sic] se dirigirem à EMHA, pensando que iríamos mudar a nossa posição — que é de não atender qualquer tipo de posicionamento que tente burlar o nosso sistema”.5

No dia seguinte Marun informou que 1 ano atrás fora informado de um golpe semelhante e que os funcionários então sob suspeita haviam sido afastados. E asseverou que B.B.C. era o “funcionário-padrão” da EMHA, título concedido há algum tempo por seus colegas.6

Foram entregues pelo prefeito, no mês, uma escola7 para atender aos conjuntos habitacionais Mário Covas, Canguru e Bálsamo (2.788 m2 construidos, 31 salas, para 800 alunos por turno), um CEINF8 (creche com 556 m2, 20 salas, para 250 crianças) no Jardim Canguru, e uma UBS9 (construção com 654 m2) no Parque do Sol.

No item Saude, os casos suspeitos de Dengue somaram em janeiro 381 (sendo 30 confirmados), contra 5.412 ocorridos em janeiro de 2002.10

Quanto ao Governo Estadual, o LACEN – Laboratório Central do Estado começava a realizar o isolamento viral para diagnóstico da Dengue (em 5 horas), que antes era realizado em São Paulo – SP, pelo Instituto Adolfo Lutz (demandando três dias entre idas e vindas do material coletado).11

Eventos Culturais e Esportivos

Dia 7 a cantora Emilinha Borba se apresentou na “Noite da Seresta”, programa das sextas-feiras apresentados na Praça do Rádio pela FUNCESP.12

De 13 a 16 aconteceu, no Parque Laucídio Coelho, a sexta edição do Moto Road, com shows de rock, de manobras radicais com motos, de demolição de carros, além de gincanas e brincadeiras. Promoveu-se também um desfile que reuniu, na Avenida Afonso Pena, centenas de motociclistas e motoqueiros. Segundo os organizadores do evento, nos quatro dias 135 mil pessoas passaram pelo Parque. 13 Mas fora dali motoqueiros entusiasmados emulavam nas ruas os profissionais dos shows, causando transtornos e acidentes.14

No Horto Florestal, dia 23, recomeçou a apresentação do programa “A Praça é o Show”, que a FUNCESP sempre marca para o último domingo de cada mês. Com a proximidade do Carnaval, esse foi o tema agraciado, reunindo cerca de 15 mil pessoas para ver passistas e os grupos Raízes do Samba e Kelly Ramos e Banda.15

Dia 28, na Praça Ary Coelho, a mesma FUNCESP realizava “Arte na Praça”, com os grupos “Na Gandaia” e Karisma, e ainda o grupo de danças “Dinâmica The Boys”.

Encargos da População

Enquanto isto, a população da cidade ia convivendo com diversos tipos de dramas, perigos, injustiças e contratempos.

No campo policial, alguns destaques mais escabrosos:

Dia 14 a Polícia exibiu um maníaco de 25 anos, E.S.O., que fora reconhecido por 7 mulheres como seu estuprador. Ele admitiu os crimes, culpando pelo seu vício o padrasto, que lhe teria infringido muitos castigos quando criança, e as bebibas alcoólicas. Ele era foragido da comarca de Dourados, onde fora condenado a 25 anos de prisão por roubos e… estupros.16

Na madrugada do dia 1º a agência do HSBC da Avenida Mato Grosso foi invadida por assaltantes, que arrombaram os caixas eletrônicos com um maçarico e levaram mais de 80 mil reais.

Numa lanchonete do Lar do Trabalhador, na madrugada do dia 3, o segurança E.J.S., de 38 anos, estava com a ex-esposa de L.N.S., de 45. Este surpreendeu o casal e esfaqueou o segurança várias vezes, levando-o à morte.17

Dia 27, uma mulher sacara R$ 3.173,00 de uma agência bancária e caminhava pela Avenida Afonso Pena, próximo de uma concessionária de veículos. Passou uma moto com 2 homens e um deles agarrou e levou a sua bolsa.18

A imprensa noticiava, no dia 28, a condenação de Juliano F.L., pelo Tribunal do Júri, a 20 anos de cárcere, sendo 6 pelo estupro e 14 pelo assassinato da estudante universitária Alessandra, crimes ocorridos na manhã do dia 23/06/2001, na construção abandonada que pretendera ser o Mercado do Produtor (governo Pedrossian), entre a Rua Japão e a Avenida Ernesto Geisel. A sentença foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul. Os cúmplices de Juliano, Wanderson P.A. e Misael C.B., foram também condenados às mesmas penas, sendo as de Misael confirmadas e as de Wanderson aumentadas (para 26 anos) pelo TJMS.19

Falando de contratempos não-policiais, mais especificamente de encargos impostos a toda a população ou a alguns de seus segmentos:

foi anunciada a inflação, na cidade, referente ao mês de janeiro de 2003: 1,72%. Para os últimos 12 meses (fevereiro de 2002 a janeiro de 2003), o índice acumulava 21,18%.20

O Shopping Campo Grande iniciava, no dia 7, a cobrança pelo estacionamento em seu pátio. O valor era de R$ 2,00, independente do tempo em que o veículo ali permanecesse. Estavam isentas as permanências inferiores a 15 minutos.

A tarifa de ônibus urbanos foi aumentada, a partir do dia 25, de R$ 1,35 para R$ 1,70 (aumento de 26%). Os “fresquinhos”, ônibus com ar condicionado, passaram a cobrar R$ 2,20.21

Mas setores privilegiados recebiam generosas doações dos Cofres Públicos municipais: a prefeitura repassava 1,9 milhão de reais para 52 ONGs que “prestavam serviços na área de assistência social”.22

Eventos Políticos

Já nos primeiros dias de fevereiro César Disney (ex-PSDB, então sem partido) mostrava, em matéria do Midiamax, que seria um vereador atuante. Com 2.845 votos23 obtidos nas eleições de 2000 (contra 3.52824 em 1996), não conseguira ser reeleito, mas ficara como suplente da coligação pela qual concorrera. Afastando-se do PSDB, exercera, de 22/08/2001 a 31/12/2002, no Governo Estadual (do PT), o cargo de Secretário Extraordinário de Ações Integradas.25

Na nova legislatura municipal, que iniciaria em 17 de fevereiro de 2003, ele iria substituir Nelsinho Trad, que fora guindado ao cargo de Deputado Estadual. César pretendia inicialmente batalhar pela sincronização dos semáforos e pela aposição de guard-rails nos espaços entre os córregos e as vias movimentadas com que faziam limite.26 Iniciada a legislatura, o novo vereador foi designado presidente da Comissão de Transportes e Trânsito.

Com a direção nacional do PTB pretendendo desbancar seu pai do cargo, até aí “vitalício”, de presidente regional do partido, Nelsinho Trad marcou seu inconformismo com estas palavras: “O PT tem a senadora Heloisa Helena como dissidente. Aqui em Mato Grosso do Sul, a bancada do PTB terá o deputado Nelsinho Trad”.27

Relativamente bem humorado, o prefeito Puccinelli rebateu críticas do vereador Cabo Almi, que o chamara de “intransigente” por não aceitar a antecipação do encontro com os profissionais de enfermagem, agendado para março. André fez um xingamento, mas num torneio verbal reticente, que o disfarçava: “Ele pode me chamar de intransigente e do que quiser, menos de viado. Não importo com o que ele fala. Quem ele pensa que é? Ele apenas é um mal-educado.”28

______________________________

1 Midiamax 34490.

2 Midiamax 35799.

3 Midiamax 35892.

4 Midiamax 35926.

5 Midiamax 36042.

6 Midiamax 36202.

7 Midiamax 36196.

8 Centro de Educação Infantil. Midiamax 37335.

9 Unidade Básica de Saude. Midiamax 37815 e 37770.

10 Midiamax 34880.

11 Midiamax 35036.

12 Midiamax 35099.

13 Midiamax 36036 e 36620.

14 Midiamax 36470.

15 Midiamax 37760.

16 Midiamax 36309.

17 Midiamax 34440.

18 Midiamax 38321.

19 TJMS APR 659, APR 5159 e APR 5201.

20 Midiamax 34978.

21 Midiamax 37224 e 37236.

22 Midiamax 38061.

23 http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tre-ms-resultado-eleicao-municipal-2000-campo-grande

24 http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tre-ms-resultado-eleicao-municipal-1996-campo-grande

25 http://www.acritica-cg.inf.br/contents.asp?index=4896; Diosul 5578 pág. 14, e 5907 pág. 3.

26 Midiamax 10513 e 34467.

27 Midiamax 38124.

28 Midiamax 37241.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: