Suel : tostões contra milhões

.
Capitalistas mostraram,
mal começou a campanha,
dinheiro que vão gastar,
maquete d’uma montanha.

Soltar money, sugar votos
(eleição é só barganha ?!);
o Capital paga osso
e quer levar a picanha.

O candidato a prefeito,
na mais falsa artimanha,
esbanja sorrisos, certo
de que o cargo já abocanha.

Tomara o povo perceba
o tamanho da patranha
e defenestre essa gente
que da peta não se acanha.

Pagar para pedir votos
é pagar voto com tanha.
E quem paga pelo voto
ao povo só agadanha.

__________

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, eleições 2012.

Enquanto o candidato situacionista, apoiado pelo prefeito e pelo governador, declara provável gasto oficial de 20 milhões de reais, o candidato do pequeno PSTU, Suel Ferranti, fica nos 25 mil, ou 1 oitocentos avos do gasto do outro.  Suel só vai contar com a ajuda de correligionários militantes, e não cabos eleitorais pagos. Um bom motivo para o eleitor campograndense pensar em dedicar o seu voto a um Ser Humano, e não a uma Máquina Propagandista-Sugadora-de-Votos…

Abaixo, aspecto da campanha (fotos tiradas em 28/07/2012) do nosso Dom Quixote del Campo Grande, para quem vai o voto do blogueiro para prefeito (para vereador, naturalmente voto num dos três candidatos do mesmo partido):

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: