Chuvas Demais

Nunca choveu tanto num mês de março. Venho fazendo registros pluviométricos nas Chácaras dos Poderes, em Campo Grande, há cerca de 20 anos. Nesse local, periferia nordeste da cidade, choveu todos os dias entre 1º e 8, somando um total de 290,5 mm! E entre os dias 10 e 22, mais 96,6. Número total de março, até aqui: 387 mm.

Estivemos anteontem no entorno da Estação Guavira, 15 km a sudoeste de Campo Grande, e encontramos  estradas barrentas, terras ainda alagadas e lavouras perdidas…

Aqui o alagamento do terreno próximo à estrada e o encharcamento das outras áreas impossibilitaram a colheita da soja.

A mesma área, câmera voltada para a esquerda.

Do outro lado da estrada, outra lavoura de soja perdida.

Solo encharcado, alta umidade, infestação de pequenos caramujos (pontos brancos no solo e nas plantas).

Um trecho da estrada que demanda a Estação Guavira, nos 6 quilômetros entre a rodovia BR-060 e a linha ferroviária. À esquerda, canavial em crescimento.

Esta propriedade, que não plantou soja, teve tempo de plantar o milho safrinha.

Mesmo cenário da foto anterior. Ao longe, Campo Grande.

Entrada de uma fazenda.

Defronte à Estação Guavira, um atoleiro. A Prefeitura de Terenos está despejando britas e promovendo a drenagem do local.

P.S.  04/04/2011

Depois do dia 25 de março tivemos outras chuvas, somando 121 mm. Assim, o total para março de 2011 ficou em 508 milímetros! Em outro ponto da cidade (campus da Universidade Anhanguera) o índice chegou a 534 mm.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: