No Museu da FEB

O blog esteve no Museu da FEB – Força Expedicionária Brasileira. Como se sabe, a FEB participou, em 1944 e 1945, em terras italianas, dos combates da Segunda Guerra Mundial, ao lado das forças anti-nazistas.

O museu tem mais de 200 peças entre fotografias da época, roupas e equipamentos utilizados pelos soldados (“pracinhas”), equipamentos de combate e de sobrevivência em condições adversas, objetos trazidos das frentes de batalha, armamentos e outros. Levamos 1 hora para ver, detalhadamente, cada ítem.

O Museu da FEB fica na Avenida Afonso Pena, número 2270 (entre a 13 e a Rui Barbosa). A visita vale por uma aula de História e pode provocar reflexões sobre a utilidade ou inutilidade das guerras…

(CLIQUE NAS IMAGENS PARA VÊ-LAS COM MAIS DETALHES)

museu_FEB_06

Rio de Janeiro, 20 de setembro de 1944. Soldados se amontoam em alojamento de navio de transporte de tropas. Destino: campos de batalha da Itália.

museu_FEB_01

Na Itália. Sobre os destroços de uma ponte, uma outra, de aço, é construída pelo Batalhão de Engenharia oriundo de Aquidauana.

museu_FEB_03

Itália, dezembro de 1944. Os artilheiros preparam mais um tiro de canhão.

museu_FEB_04

Ataque a Monte Castelo, 21 de fevereiro de 1945. Artilheiros metralham posições alemãs.

museu_FEB_05

Tenente-coronel Aviador Nero Moura, Comandante do 1º Grupo de Caça da FAB.

museu_FEB_07

Revista que circulava entre as tropas brasileiras na Itália, aqui mostrando como foram encontrados prisioneiros ingleses que permaneceram 4 anos no Campo de Prisioneiros de Goettingen, na Alemanha.

museu_FEB_08

Aos cuidados da 2ª Tenente Enfermeira, dois soldados se recuperam de ferimentos sofridos em combate. Hospital Geral 185, de Nápoles, Itália, 1945.

museu_FEB_09

Rendição, às tropas brasileiras, da 148ª Divisão Alemã.

museu_FEB_10

Estatística de mortos, feridos e aprisionados no teatro de guerra percorrido pelos expedicionários brasileiros. Um contraponto interessante seria saber, não apenas quantos alemães foram aprisionados, mas também quantos foram mortos e quantos foram feridos nesse mesmo teatro de operações…

museu_FEB_11

Marechal Mascarenhas de Moraes, comandante da Força Expedicionária Brasileira que atuou na Itália.

museu_FEB_12

Armamentos leves utilizados pelos soldados brasileiros na Campanha da Itália.

museu_FEB_02

Um clarim utilizado na época.

museu_FEB_13

Uma caprichada nota alemã da época.

museu_FEB_14

Horários de visita ao Museu da FEB.

Anúncios

9 Respostas to “No Museu da FEB”

  1. lins Says:

    excelente postagem. até hj não fui a esse museu. em breve… em breve…

  2. Vanessa Martins Says:

    Vc poderia entrar em contato comigo? Creio q pode me ajudar imensamente… vani_produtora@hotmail.com

    Abraços!

  3. Alex rocha Says:

    gostaria de saber
    quanto que custaria,a viagem de 50 alunos
    de escola pública aqui de SP embu das Artes…
    pára visitar esse museu ?

    se tiver alguma informção
    responda no meu email
    atendimentoalex@gmail.com

    obs:preferência viagem de ônibus.
    _____
    resposta do blog:
    Alex: vou verificar e informo pelo e-mail. O fim-de-semana vai atrapalhar um pouco…

  4. érica andrade Says:

    eu ameeei a postageem, muito bem feita, as fotos são pefeitas. Eu ainda não tive a oportunidade de ir nesse museu. Mas me foi muito util sua postagem, vou usa-la para um trabalho da escola sobre esse tema FEB.
    _______
    do blog:
    Que bom que você gostou, Érica!

  5. Rogério Joaquim Sarczuk Says:

    Estou tentando obter imagens do facão dobrável usado pelos soldados americanos na campanha do Pacífico, tembém conhecido como facão-canivete. Alguém pode me ajudar com uma indicação de onde conseguir essas imagens?

  6. João Paulo Says:

    Oi! Gostaria de saber todas as informações desse museu, cidade, estado e endereço.
    moro em Alagoas e aqui tem um museu da II Guerra Mundial, com relatos da FEB.

    Obrigado, espero resposta.
    _____
    resposta do blog:

    João Paulo:

    Esse Museu da FEB fica em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, na Avenida Afonso Pena, 2270 – Centro. Em São João Del Rei, Minas Gerais, vimos um museu semelhante, com objetos, equipamentos e fotos da Segunda Guerra Mundial…

  7. Alexandre Cesar Silva Says:

    Olá tudo bem! eu sou neto de um expedicionário da 2ºguerra, cujo os mesmos partiram de Taubaté para a Itália. É a primeira vez que acesso o site de vcs. Gostaria de manter contato e se possivel, trocar idéias. Eu ainda possuo as medalhas do meu avô, assim como o brasão da cobra vai fumar em metal. Gosto muito de ler a respeito da FEB. Desde já muito lhe agradeço, um grande abraço.
    _____
    do blog:

    Alexandre: vou ver se consigo o endereço da turma daqui e te mando por e-mail, ok?

  8. rosalina ramalho da silva Says:

    Bom dia.
    Sou Secretária da FEB Jacareí SP
    Praça dos Expedicionários nº1 Bairro Bela Vista- Cidade Jacareí SP
    Em Jacareí estamos reformando nossa sede, gostaríamos muito de tornar o espaço um acervo histórico mas temos poucos objetos e fotos . Será que seria possível conseguirmos cópias das fotos que vocês tem expormos em nossa sede?
    Desde já agradeço muito.

    __________

    resposta do blog:

    Rosalina: vamos ver se encontramos, ainda, as fotos originais, que estão em maior definição. Mandaremos breve um e-mail informando se conseguimos ou não…

  9. Alexandre Mattos Says:

    Ola, fui até o endereço do museu na rua das marrecas no centro do Rio, mas fui informado que o museu nao funciona mais la.
    Gostaria de saber o novo endereço
    __________
    resposta do blog>

    Alexandre: acesse o saite da FEB (clique aqui) e tente entrar em contato telefônico ou por e-mail…

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: