União 1 x Itaporã 1

Quarta-feira, 18/03/2009. Com início às 15 horas, sob um sol ainda escaldante, jogaram no Estádio Morenão, em Campo Grande, pelo Campeonato Sul-matogrossense de Futebol, o Clube de Esportes União, de Camapuã, mandante do jogo, e o Itaporã F.C., da cidade do mesmo nome. Ingressos a R$ 5,00.

O Itaporã vinha de uma excelente campanha, com 8 vitórias em 8 jogos. O União, de uma derrota nos minutos finais do jogo, para o Cene – Clube Esportivo Nova Esperança, de Campo Grande. O primeiro time apresentou um bonito futebol, com muita movimentação em campo; a equipe camapuanense tentou o tempo todo travar o jogo, estratégia que acabou mostrando-se correta, dada a sua inferioridade técnica.

Do futebol jogado falarão as fotos abaixo. Queremos agora destacar que no Brasil, depois da Democracia sem Povo (conforme insiste a revista Carta Capital), Obra sem Licitação e Imprensa sem Leitor, temos agora o Futebol sem Torcedor. Esta última maravilha, invenção sul-matogrossense. Diz a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul que o Estádio Morenão poderá receber 35.000 pessoas no próximo mês, quando aqui estará o Corinthians Paulista; mas não libera a parte sombreada (porém não coberta) do estádio para meia dúzia de torcedores, que tem que torrar sob sol inclemente (os guardassóis não espantam o mormaço). Não é estranho isto? Porque iria a laje da arquibancada coberta soltar fragmentos de concreto (antes dos remendos previstos) se não haveria uma multidão fazendo barulho e provocando fortes vibrações na estrutura? Mesmo que, por artes do Demo (não o partido), caíssem alguns fragmentos sem quê nem porquê, esses fragmentos não atingiriam a arquibancada descoberta, a não ser que a Lei da Gravidade fosse revogada e os fragmentos resolvessem fazer trajetória diferente da prevista nos manuais de Física. Isto posto, porque não liberam a parte sombreada do estádio? Desejo de espantar os poucos torcedores antigos, desestimulando os novos (como este blogueiro)?

futebol_40

O jogo vai começar. Do outro lado do campo, uma sombra magnífica, sob a cobertura e fora dela. Mas os torcedores não tem acesso a esse conforto…

futebol_41

No primeiro tempo, o Itaporã (de vermelho) atacou muito, mas com falhas na finalização.

futebol_42

O União valeu-se de contra-ataques, alguns perigosos como este.

futebol_43

Os torcedores (cerca de 60) refugiam-se em cantinhos com alguma sombra, mesmo que com péssima visão do campo.

futebol_44

No segundo tempo, o Itaporã começou atacando mais, porém sem objetividade.

futebol_45

Mas foi o União quem marcou primeiro, neste contra-ataque.

futebol_46

O Itaporã continuou atacando, agora com mais determinação, e no fim do jogo conseguiu empatar a partida. A bola, já nas redes, aparece atrás das costas do goleiro do União.

futebol_47

O Itaporã ainda levou perigo para a área adversária, mas não conseguiu virar o jogo.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: