É do gênero Sapium

Com a ajuda do livro “Plantas do Pantanal”, de Arnildo Pott e Vali J. Pott, edição Embrapa, 1994, parece que estou conseguindo identificar um arbusto, muito interessante, que em postagem anterior supus ser uma Stillingia. Pois não é; é uma planta do gênero Sapium (palavra latina para “viscoso”), possivelmente Sapium hasslerianum. É chamada de “leiteirinho”, pois quando ferida solta látex abundante. Dentre a meia dúzia de exemplares que vi, o mais alto tem cerca de 2 metros.

sapium_01

Uma visão geral de planta.

sapium_02

Uma espiga floral, com os botões ainda fechados.

sapium_03

As folhas têm um interessante serrilhamento, e de espaço a espaço pequenas protuberâncias que parecem ser glândulas.

sapium_04

Vários botões já abriram. Essa espiga é de flores masculinas. Cada flor tem duas “anteninhas” amarelas.

sapium_05

Agora, pendão com flores femininas, com seus estiletes de 3 pontas. Observamos que, numa mesma planta, primeiro saem vários pendões com flores de um sexo; depois estes são substituídos por pendões com flores do outro sexo.

sapium_06

Ao lado de flores masculinas, uma flor feminina fecundada. Não me perguntem como esse ovário foi aparecer num pendão masculino…

sapium_07

Frutos que atingiram o crescimento máximo, mas ainda verdes.

sapium_08

O escurecimento dos frutos indica maturação.

Anúncios

3 Respostas to “É do gênero Sapium”

  1. Allan Says:

    Há apenas uma informação incorreta. Na verdade a inflorescência espiciforme é tanto masculina quanto feminina, contudo as flores femininas ficam na base, amadurecendo antes, e as masculinas no ápice, amadurecendo depois, por isso na mesma foto as flores masculinas com uma feminina tardia fecundada.
    _____
    do blog:

    Obrigado pela correção, Allan! Aparentemente, então (pelo menos em algumas plantas), os primeiros cachos florais podem ter 100% de flores femininas; cachos seguintes começam a incorporar cada vez proporção maior de flores masculinas no ápice?

  2. Rita Says:

    A flor cor de rosa de 1,5 cm de diâmetro é: Nome científico: Oxalis corniculata L. Nomes populares: trevo azedo, azedinha, três corações.
    _____
    do blog:

    Informação preciosa, Rita! Muito obrigado. Vou localizar a flor e acrescentar essa informação.

  3. handicraftbrazil Says:

    Bom dia Eu tenho uma planta muito parecida com essa, só que essa espiga que sai na minha é de cor rosa bebe, transparente e a planta foi retirada de uma árvore de casa juntamente com as orquídeas e ela hoje está plantada num vaso com pedriscos apenas, e ela tem raízes que saem do caule dela. Alguém saberia me dizer de qual planta se trata? Tenho fotos dela caso queiram ve-la. Obrigada.

    __________
    resposta do blog:

    Mande-nos as fotos da planta (quanto mais, melhor), que tentaremos identificá-la. Nosso endereço é timblindim@gmail.com

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: