A Floração do Faveiro

Visto de longe, o Faveiro, ou Fava de Anta (nome científico, Dimorphandra Mollis Benth) tem uma floração bonita e peculiar, com seus corimbos compostos por outros corimbos e estes, por sua vez, por um bom número de espigas. Mas vista de perto, bem perto, a floração dessa árvore surpreende e deslumbra. (CLIQUE NAS FOTOS PARA AUMENTAR).

faveiro_1c

Um exemplar jovem (com seus cachos florais sempre dispersos), medindo cerca de 4 metros de altura.

faveiro_2b

A floração em sua fase de botões, ainda verdes. Foto feita em uma manhã chuvosa.

faveiro_2c

Aqui os botões começam a ficar amarelos, deixando ver em destaque as pétalas prestes a se abrirem.

faveiro_3b

Os estiletes começam a aparecer. Diâmetro do botão: 0,25 cm.

faveiro_3c

Além dos estiletes, agora as anteras dos estames pedem passagem para a luz.

faveiro_3d

Os botões começam a abrir, regaçando as pétalas e deixando à mostra as magníficas anteras brancas.

faveiro_3e

Nesta espiga praticamente todos os botões estão abertos. Passadas algumas horas a cor das anteras começa a escurecer.

faveiro_3f

A flor do faveiro. Seu diâmetro, cerca de meio centímetro. Observem que há em cada flor 1 estilete (central), 5 estames e 5 estaminódios (estames que não se desenvolveram).

Anúncios

3 Respostas to “A Floração do Faveiro”

  1. Edna Says:

    Fotos belíssimas. Realmente, olhando de perto, a visão é outra. Adorei

  2. Cláudia Says:

    Caro valdir, gostaria de citar suas fotos na minha tese de doutorado, pois não consegui tirar nenhuma tão bonita quanto as suas. Vc permite que eu as coloque, citando claro o devido autor?
    _____
    resposta do blog:
    Claro, Cláudia, será um prazer colaborar. Te mando e-mail confirmando.

  3. Alan Says:

    Por favor, alguém tem algum dado sobre a maturidade ou tempo da primeira floração do faveiro? Obrigado!!!

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: