Três Melastomatáceas (2)

A segunda melastomatácea é esta. É um arbusto de no máximo metro e meio de altura. A flor (com 1 cm de diãmetro) é muito parecida com a da espécie anteriormente mostrada, mas tem particularidades, mostradas nas duas primeiras fotos.

melastomatacea_b1

Ao contrário das outras 2 melastomatáceas, esta tem estames com anteras amarelas, e não brancas.

melastomatacea_b2

Os estames, ao fenecerem as anteras, dão um espetáculo à parte, tingindo seus filetes de vermelho translúcido.

melastomatacea_b3

Os frutos têm o mesmo formato e o mesmo tamanho do da espécie anteriormente mostrada. Mas é preto ao invés de verde.

Anúncios

2 Respostas to “Três Melastomatáceas (2)”

  1. Pimentinha Says:

    Floração magnífica (mais uma)! A Natureza não se cansa de surpreender quem tem olhos para vê-la. Que seriam esses pequenos “tentáculos”, melhor visualizados na primeira foto?
    _____
    resposta do blog:
    Pimentinha: esses tentáculos (amarelos) são as anteras, órgãos sexuais masculinos, que liberam os grãos de pólen que irão fertilizar o órgão feminino. Este receberá os grãos de pólen no estigma, a ponta do estilete, que é o filete branco no centro da flor. Esse estilete desce até o ovário, onde o fruto será formado.

  2. Pimentinha Says:

    Perdão, Timblindim, não me expressei direito. Refiro-me, na pergunta, às formações existentes nas bordas das pétalas, vísíveis mesmo naquelas flores que ainda não desabrocharam.
    _____
    resposta do blog:
    Taí uma boa pergunta, Pimentinha! A foto está na resolução máxima que pude obter, mas seria preciso um estudo laboratorial para determinar se esses tricomas (se é que podem ser chamados assim) são glândulas ou tem outro tipo de função. Como tese de mestrado ou doutorado, seria muito interessante, e de grande valor para a Ciência…

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: