Ipê Amarelo Pouco Conhecido

Trata-se da espécie Tabebuia vellosoi Tol. Nós encontramos vários exemplares na Fazenda Desbarrancado, próximo ao Rio Aquidauana, distrito de Cachoeirão, município de Terenos, onde ocorrem espontaneamente. (CLIQUE NAS FOTOS PARA VÊ-LAS EM RESOLUÇÃO MAIOR).

Este exemplar tem cerca de 10 metros de altura.

A copa do mesmo exemplar.

A mesma copa, vista de outro ângulo.

Outro exemplar, com folhas renovadas, a poucos metros do primeiro.

Os dois exemplares, vistos em conjunto. O ângulo de visão dá a impressão de serem de tamanhos diferentes, mas na realidade os dois têm portes equivalentes.

Fruto vagem característica dessa espécie. Apresenta em sua superfície rugosidades, como se fossem espinhos atrofiados.

Diferente do Ipê Amarelo mais conhecido (o Tabebuia Chrisotricha), os folíolos das folhas do Tabebuia Vellosoi são lisos, sem pelos.

Na falta de uma régua, usei a mão para medir o diâmetro do tronco: cerca de 22 cm.

Anúncios

3 Respostas to “Ipê Amarelo Pouco Conhecido”

  1. Rosangela Says:

    O ipê com as folhas verdinhas se destacou muito bem na foto, deu uma visão muito legal com o ipê florido.

  2. Diego Says:

    Que interessante, esta espécie eu não conhecia. O porte parece um pouco com o Tabebuia serratifolia, porém dá pra ver uma diferença nas folhas, que são aparentemente mais membranosas e brilhantes e sem serrilhado nas bordas.
    _____
    do blog:

    Bom, Diego, os Ipês me confundem um pouco, dada a variedade de espécies, principalmente nos de flor amarela. Acho que os exemplares mostrados podem ser de Tabebuia vellosoi, mas não tenho tanta certeza, e estou aberto a informações complementares e mesmo correções. Não vi, ainda, nenhum exemplar do serratifolia

  3. elmo Says:

    Na avenida beira valão em Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro, tem várias mudas desta espécie plantadas ao longo da via e florescem todos os anos.

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: