ONGs : Melhor não Tê-las

O comentarista Carlos Chagas às vezes se deixa vencer pelo bom senso. É o caso do ítem abaixo, inserido no seu artigo de hoje no excelente Tribuna da Imprensa Online :

São Todas Governamentais

Para confirmar a farsa da existência das ONGs que se dizem não governamentais, mas mamam nas tetas do governo, eclodiu a crise envolvendo o deputado Paulo Pereira da Silva, do PDT. A pergunta que não quer calar é sobre a reação de Leonel Brizola se estivesse entre nós. Porque a lambança promovida pelas ONGs fajutas, em muito maior número do que as sérias, transformaram-se num meio de vida para os parasitas agarrados ao poder.

E olhem que o número de ONGs conduzidas pelo PDT é infinitamente inferior ao daquelas funcionando sob os auspícios do PT. Tem gente ganhando dinheiro aos montes, o que faz parte do sistema capitalista, mas dinheiro do governo, o que caracteriza corrupção da grossa, em especial quando se trata de entidades-fantasma, que nem serviços prestam à população.

Fôssemos um país sério e o Congresso já teria votado lei determinando que nenhuma ONG, direta ou indiretamente, poderia receber recursos do poder público, mesmo através de entidades financeiras ou empresariais dirigidas pelo governo. Nem Banco do Brasil, nem Petrobras, nem Caixa Econômica e, muito menos, nem o BNDES. Constituem-se empresas não governamentais, que vão buscar doações na iniciativa privada.

O problema é que em maioria as ONGs têm sido fundadas e são geridas por companheiros e penduricalhos, estes encontrados em todos os partidos da base de apoio oficial. Trata-se de expediente mais simples do que sair atrás de nomeações para o serviço público, feitas aos montes, porém mais complicadas. As ONGs sequer estão obrigadas a prestar contas do dinheiro que recebem do governo. Negócio melhor que o dos cartões corporativos.

Comentários do Blog:

  1. Aparentemente o Carlos Chagas, mesmo em seus melhores momentos, nunca resiste ao viés preconceituoso. Não são apenas as ONGs “petistas” ou de partidos aliados do Governo Federal que recebem generosas verbas públicas. Consta que até uma ONG do ex-presidente FHC (a Fundação que cultua a sua evanescente memória) faz por merecer essa generosidade. Sem contar a poderosa Fundação Roberto Marinho, insuspeita de ser petista ou democrática.

  2. O blog é contra TODAS as ONGs e OSCIPs que mamam nos cofres públicos federais, estaduais e municipais. É para “dar dinheiro” a essas excrescências que os governos tanto se empenham em aumentar (sempre disfarçadamente) a carga tributária.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: