Cartórios Lucram com Mãos de Detran ?

Li hoje na coluna do Cláudio Humberto (sempre venenoso, mas no presente caso – e em muitos outros – justo) :

Detrans Impõem Registro Ilegal em Cartório

Os cartórios faturam cerca de R$ 7 bilhões por ano, mas acham pouco. Contrariando decisões do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça, fazem lobby e “convencem” os Detrans a exigirem ilegalmente o registro, em cartório, dos contratos de financiamento de automóvel. Além dos altos custos da compra de um carro, o consumidor ainda é obrigado a pagar até R$ 700 para registrar o financiamento.

Abuso

Detrans do DF, Rio de Janeiro e Goiás exigem o registro, em cartório, de contratos de financiamentos de carros, apesar de o Código Civil proibir.

Comentários do blog:

1. Na lista acima, CH esqueceu de Mato Grosso do Sul, cujo governo peemedebista-demo-peessedebista também detran-espolia o consumidor (e eleitor);

2. A função dos detrans não é aumentar a concentração de renda no país, tirando da classe média para dar aos ricos, e muito menos cobrar percentagem (em MS, de 30%) por esse serviço sujo;

3. Se você é eleitor, não é da panelinha e foi espoliado pelo Detran, vote ( já agora, em outubro ) contra o partido ou coligação que governa o seu Estado. Dê o seu recado, no ítem prefeito e no ítem vereador! Como se sabe, mesmo sendo autarquia, o Detran não pode fazer uma pataquada dessas sem a anuência do governador . . .

4. “Mãos de Detran” é o mesmo que “mãos de gato”. Vejam aqui como o Macaco da fábula de La Fontaine ficou com a melhor parte da gatunagem, enquanto o Gato ficou com as patas queimadas e as vassouradas. Bom, o nosso Gato já está mais escolado do que esse da fábula . . .

Anúncios

Uma resposta to “Cartórios Lucram com Mãos de Detran ?”

  1. Missao Tanizaki Says:

    Essa e outros questões ocorrem em praticamente todos os DETRAN’s do Brasil e muita gente grande e Parlamentares sabem disso.

    Uma CPI como aberta no RS pode sanar apenas parte dos problemas do País como um todo.

    Precisamos forçar aberturas de novas CPI para apurar uma série de outros INTERESSES, assim como revisar a legislação dos Cargos de Confiança, onde a Politicagem ocupa espaço do ESTADO e vem desmontando o SERVIÇO PÚBLICO, em todas as esferas.

    ESTADO é diferente de GOVERNO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    MISSAO TANIZAKI
    Fiscal Federal Agropecuário
    Bacharel em Química
    missao.tanizaki@agricultura.gov.br
    Esplanada dos Ministérios, Bloco “D”, Sala 346-B, Brasíla/DF

    TUDO POR UM BRASIL / MUNDO MELHOR

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: