Queimadas

Em Mato Grosso do Sul, todo ano é a mesma coisa: tão certas quanto a morte e os impostos são as queimadas de inverno, rurais e urbanas. Alguém bota fogo num trecho de cerrado ou num terreno abandonado, e quando o fogo se alastra, chamam-se os bombeiros, que nessa altura pouco podem fazer para evitar o dano ao meio ambiente.

Não se faz nenhum estudo a respeito dessas queimadas sempre repetidas, e nem se procura descobrir os seus autores e a motivação de cada um. Às vezes funcionários de órgãos ambientais jogam poeira nos olhos da população, vindo com a estranha história de que há muita “combustão espontânea”, ou seja, que o Sol, incidindo repetidamente sobre uma latinha ou caco de vidro, produziria um início de incêndio. Isto não é impossível, mas a probabilidade é de uma em milhões, e não justifica o imobilismo desses órgãos.

Moro numa chácara, a 12 quilômetros do centro da cidade. De manhã, passo por uma área loteada há mais de 15 anos, mas não urbanizada e quase deserta. Um cerrado contínuo, de cerca de 50 ou 60 hectares. Há uns dez dias acontece o seguinte: de manhã, quando passo, está tudo normal. Às treze horas, quando volto, o fogo campeia em vários pontos. Parece que o objetivo de alguém ou de alguma entidade é queimar toda a área.

Ora, seria preciso que órgãos ambientais, e mesmo ongs, deixassem os seus escritórios refrigerados e fizessem um efetivo trabalho de campo. Quem está iniciando esses focos de incêndio? Se isto é feito sempre no mesmo horário, e sistematicamente, não deveriam organizar patrulha para identificar o incendiário ou impedir a sua ação? Ou esses órgãos tomam como justificativa para a sua existência apenas dar explicações falsas sobre alterações climáticas reais e desastres verdadeiros?

blog024.jpg

Acima, trecho queimando. Abaixo, trecho queimado.

blog023.jpg

Anúncios

Uma resposta to “Queimadas”

  1. Rosângela Says:

    acredito que há especulações imobiliarias atras dessas queimadas,é a minha opinião,devia ter um jornalista de tocaia,assim pegaria esse não ser humano,e faria uma ótima matéria.

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: